Carta com pó suspeito era dirigida a Fernando Medina e vinha do Reino Unido

Miguel A. Lopes / Lusa

Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa.

A carta com um pó suspeito que levou uma funcionária da Câmara de Lisboa ao hospital era dirigida ao presidente da autarquia, Fernando Medina, e foi remetida no Reino Unido. A Polícia Judiciária está a investigar o caso.

O jornal Correio da Manhã adianta que a carta que provocou ferimentos ligeiros a uma responsável de triagem da correspondência da Câmara de Lisboa, que teve mesmo que ser hospitalizada, era dirigida ao presidente Fernando Medina.

A carta terá sido remetida do Reino Unido, de acordo com o mesmo diário, e vai ser analisada por elementos do Centro de Inactivação de Explosivos e Segurança em Subsolo, da Polícia Judiciária, para apurar qual era a substância que continha.

A funcionária sentiu-se mal quando abriu a carta, sofrendo tonturas, dores de cabeça, irritação nos olhos e bloqueio das vias respiratórias. Acabou por ser hospitalizada com ferimentos ligeiros.

Dentro da carta de aspecto “inofensivo” estava um pó branco com um cheiro muito intenso, conforme referem funcionários da autarquia ao CM. Suspeita-se que se possa tratar de uma substância perigosa.

A Polícia Judiciária está a investigar o caso.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Algum pó enviado por alguma turista inglesa que passou por Lisboa e se apaixonou pelo autarca para lhe demonstrar a sua paixão!

RESPONDER

CTT reclamam dívidas de 67 milhões ao Estado

Os CTT iniciaram um processo de arbitragem contra o Estado, reclamando um total de 67 milhões de euros em compensações pelo impacto da pandemia de covid-19 e pela extensão unilateral do contrato de concessão. "Os CTT …

O candidato de Costa ao Porto só durou 24 horas (e a "asneira" pode sair-lhe cara)

Está lançada a confusão no PS Porto com a escolha do candidato do partido às próximas eleições autárquicas. O secretário de Estado da Mobilidade, Eduardo Pinheiro, não resistiu às reacções negativas à sua escolha para …

Mourinho Félix ao ataque. BdP "subjugou-se" à ex-ministra das Finanças

O antigo secretário de Estado Adjunto e das Finanças criticou, esta sexta-feira, a "falha grave" do Banco de Portugal (BdP) ao se ter subjugado à antiga ministra das Finanças quanto à capitalização inicial do Novo …

Castillo obtém a maioria dos votos nas Presidenciais peruanas

Pedro Castillo obteve a maioria dos votos nas eleições presidenciais de domingo no Peru, com 50,168% dos votos, restando apenas 0,328% para contar, uma distância que a sua rival, Keiko Fujimori, não será capaz de …

Câmara de Lisboa arrisca multa de 80 milhões devido à partilha de dados

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) terá cometido quatro violações à lei da Proteção de Dados, puníveis cada uma com uma coima até aos 20 milhões de euros. Em declarações ao jornal Público, Elsa Veloso, advogada …

Joanetes e ossos partidos. A moda dos sapatos pontiagudos teve um alto custo na Inglaterra medieval

A moda dos sapatos pontiagudos na Inglaterra medieval desencadeou uma onda de joanetes, que, por sua vez, levaram a que as pessoas caíssem e partissem ossos. O século XIV assistiu à chegada de uma abundância de …

Sir António Horta Osório. Português foi condecorado pela Rainha Isabel II

O gestor português do setor da banca foi condecorado, este sábado, pela Rainha Isabel II com o grau de cavaleiro da Ordem do Império britânico, passando a ter direito ao título de "Sir" antes do …

Época balnear abre este sábado na maioria das praias (mas com regras)

A época balnear abre oficialmente este sábado na grande maioria das praias portuguesas, sujeitas pelo segundo ano consecutivo a regras para prevenção, contenção e mitigação da transmissão da infeção por covid-19. Segundo uma portaria publicada em …

Pessoas com pupilas grandes são mais inteligentes

O tamanho das nossas pupilas diz mais sobre nós do que imaginávamos. Cientistas descobriram que há uma surpreendente correlação entre o tamanho inicial da pupila e a inteligência fluida. Um novo estudo sugere que o tamanho …

EUA retiram milhões de doses da vacina Johnson & Johnson de circulação

A agência norte-americana do medicamento (FDA) mandou descartar milhões de vacinas Johnson & Johnson contra a covid-19 após problemas detetados na fábrica em Baltimore, divulgaram vários órgãos de comunicação social. Apesar da decisão, dois lotes daquela …