Cansado de denúncias, Betis pede aos seus sócios: “Portem-se bem”

Real Betis Balompié

Adeptos do Betis nas bancadas

Clube onde jogam dois portugueses quer que os adeptos tenham um “comportamento adequado” durante os jogos no Benito Villamarín.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O Betis de Sevilha jogou seis vezes até agora, nesta época. Quatro desses encontros foram disputados em casa – e nesses quatro as autoridades receberam denúncias por causa de mau comportamento dos seus adeptos.

Cansado das denúncias apresentadas, quando ainda estamos no início da temporada, e com receio de possíveis castigos mais severos, o clube decidiu escrever um comunicado dirigido aos seus sócios.

Pode ser encarado como um pequeno aviso, pode ser classificado como um alerta sério.

O comunicado ainda começa com “estimado sócio”, mas na introdução o Betis pede logo que os seus sócios tenham um “comportamento adequado” durante os jogos disputados no seu estádio, o Benito Villamarín. Pede apoio até ao fim de cada jogo mas sem “qualquer tipo de conduta que possa ser classificada como falta de civismo“.

Em causa estão cânticos de alguns adeptos, que apelam à violência, ao racismo, à xenofobia ou à intolerância no desporto, explica o emblema espanhol.

O clube afasta-se dessas posturas mas informa os seus sócios que já está a pagar multas “importantes” por causa desses comportamentos. E avisa: a repetição destes insultos pode originar um “risco claro” de o Betis jogar à porta fechada, em casa.

Assim, a direcção do clube da capital da Andaluzia pede aos seus sócios que não repitam este comportamento. Senão, o próprio Betis vai tentar “perseguir e erradicar” este tipo de atitudes no seu estádio, expulsando os sócios identificados.

O Betis, onde jogam Rui Silva e William Carvalho, está no 12.º lugar do campeonato, com apenas uma vitória (e três empates) em cinco jornadas. Na Liga Europa começou bem, ao derrotar em casa o Celtic.

  Nuno Teixeira, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.