Candidatos ao ensino superior atinge valor mais alto em duas décadas. Desemprego ajuda a explicar aumento

Rodrigo Antunes / Lusa

O próximo ano letivo conta com quase 63 mil candidatos ao ensino superior, o número mais elevado em mais de duas décadas, situação que pode ser explicada, em parte, pela diminuição do emprego, motivada pela crise da covid-19.

“O impacto da crise já se está a fazer sentir no emprego. No imediato, há menos oferta para os jovens, fazendo com que os estudantes e as famílias decidam protelar a entrada no mercado de trabalho para um momento em que ele possa estar mais favorável”, explicou o sociólogo Elísio Estanque, do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.

Segundo noticiou esta terça-feira o Público, análises ao longo do tempo de economistas e sociólogos revelam que, em períodos de retração do mercado de trabalho, há um aumento da procura formação, porque o custo para estudar é mais baixo. Já em períodos de expansão, acontece o inverso.

A 1.ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior público encerrou na noite de domingo com 62.675 candidatos, um crescimento de 11.384 face a 2019 (18%), sendo o número mais elevado de candidatos desde 1996. O número de candidatos é também muito superior ao das 51.408 vagas disponíveis.

Este é um “aumento inédito” e que “promove o alargamento da base social do ensino superior”, indicou em comunicado o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Para o diretor do Centro de Investigação em Políticas do Ensino Superior (CIPES), Pedro Teixeira, apostar na formação num momento de crise é “uma boa altura para fazê-lo, não só para os jovens como para a requalificação de quem já está no mercado de trabalho”, aconselhando, contudo, “alguma cautela” na leitura dos números, visto que o total de candidaturas está condicionado pelo que designa de “efeito ilusório” dos resultados dos exames nacionais, em que as notas máximas quase duplicaram face ao ano anterior.

De acordo com o Público, as estatísticas mostram que os alunos que entram nas duas primeiras opções do concurso nacional de acesso têm taxas de conclusão muito superiores aos restantes. Entre os que entram nas 5.ª e 6.ª opções, só cerca de 40% completam o curso em que entraram.

Elísio Estanque indicou que, para antecipar as dificuldades, serão necessários “mecanismos que possam superar as dificuldades de muitas famílias e muitos jovens”, reforçando os apoios sociais aos estudantes.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas estudam a presença de água líquida em exoluas de planetas "fugitivos"

Astrofísicos calcularam que tais sistemas poderiam abrigar água suficiente para tornar a vida possível - e sustentá-la. A água - no estado líquido - é o elixir da vida. Tornou a vida possível na Terra e …

Portugal tem o segundo melhor ataque do Euro. E a terceira pior defesa

Fechada a segunda jornada da fase de Grupos do Euro 2020, a seleção nacional tem o segundo melhor ataque da prova, com 5 golos marcados, atrás apenas da Itália. Mas tem também a terceira pior …

Espanha 1-1 Itália | Hino ao desperdício trama La Roja

A Polónia, comandada pelo treinador português Paulo Sousa, empatou hoje a um golo com a Espanha, em Sevilha, em encontro da segunda jornada do Grupo E do Euro2020, mantendo-se ambas sem vitórias. A formação espanhola, que …

Já pode ajudar a NASA a batizar o manequim que vai até à Lua

A agência espacial norte-americana está a pedir ajuda para batizar o "Moonikin", o manequim que vai a bordo da nave Orion, durante a missão lunar Artemis I, ainda este ano. Quando a nave espacial Orion, da …

Portugal em Europeus: as últimas três derrotas foram (todas) contra a Alemanha

Em 90 minutos, Portugal não era derrotado numa fase final de um Europeu desde a estreia no Europeu 2012. Recorde as seleções que bateram Portugal, até agora. "Já não posso ver os franceses à frente". Esta …

Spotify lança Greenroom (e abre concorrência ao Clubhouse)

O Spotify lançou na quarta-feira, dia 16 de junho, uma app de conversas por áudio em direto chamada Greenroom, uma resposta do gigante sueco de streaming de música à popular plataforma Clubhouse. O Greenroom permite que …

"Médicos de árvores" em Singapura ajudam a preservar os seus pacientes gigantes

Arboristas como Eric Ong são responsáveis pelo bem-estar das milhares de árvores em Singapura. O seu trabalho é essencial para a preservação da natureza. A Singapura é uma cidade-estado insular situada ao sul da Malásia, com …

Novo primeiro-ministro de Israel dá 14 dias a Netanyahu para deixar residência oficial

O novo primeiro-ministro de Israel, Naftali Benet, deu duas semanas ao antecessor Benjamin Netanyahu para abandonar a residência oficial do chefe de Governo, em Jerusalém, segundo adianta hoje a imprensa local. Benet terá enviado na sexta-feira …

Ponte inca com mais de 500 anos é reconstruída após cair durante a pandemia

Peruanos da comunidade Huinchiri, localizada na região de Cusco, estão a reconstruir uma ponte inca com 500 anos. Esta foi feita a partir de técnicas tradicionais de tecelagem para criar uma passagem sob o Rio …

Portugal 2-4 Alemanha | Reality check ao plano do engenheiro

A seleção portuguesa de futebol, campeã em título, caiu hoje para o terceiro lugar do Grupo F do Euro2020, ao perder por 4-2 com a Alemanha, em encontro da segunda jornada, disputado no Allianz Arena, …