O candidato que não chegou a ser lança um livro e conta tudo

(dr)

Joaquim Jorge ia ser. Mas depois não foi, não chegou a ser. O biólogo e fundador do Clube dos Pensadores vai fazer a sua “última intervenção pública”. E sobre o assunto, segundo conta ao ZAP, “não tecerá mais comentários”.

No concelho de Matosinhos, foi aprovado cinco vezes. O passo seguinte para ser reconhecido como candidato à Câmara de Matosinhos para as autárquicas, que se realizam a 1 de outubro, seria fazer chegar o nome do independente Joaquim Jorge para ser aprovado na distrital do PSD, mas isso nunca aconteceu e entretanto o nome caiu. Porquê?

Foi a convite do presidente da concelhia do PSD de Matosinhos, José António Barbosa, que Joaquim Jorge ponderou aceitar o convite “inesperado”. Depois de ter sido aprovado, a distrital questionou a última votação por não ter sido feita por voto secreto.

Desde o início que a candidatura “que não chegou a sê-lo” do biólogo esteve envolta em polémica: numa das votações na concelhia, António José Barbosa, presidente, teve que usar o voto de qualidade para desempatar a votação. No entanto, a decisão foi polémica, já que havia quem questionasse o uso do voto do presidente.

Dentro do partido – ao qual Joaquim Jorge nunca se associou, por se considerar independente -, havia discórdia e, na altura, diz o jornal Sol, uma fonte social democrata referiu-se ao biólogo como uma “pessoa que deu uma entrevista a um jornal local a dizer que em Matosinhos só o PS ganhava“.

“Quando disse que o PS ganhava sempre em Matosinhos, foi muito antes de me passar pela cabeça ser candidato. E não disse mentira nenhuma“, explica o biólogo ao ZAP.

A verdade é que o independente Joaquim Jorge – ex-militante socialista, desfiliado das hostes do PS desde 2008, após ter alegado que a vida partidária não era aliciante – nunca chegou à luta pela presidência da Câmara Municipal de Matosinhos, com o nome do médico Jorge Magalhães, antigo vereador da Câmara de Matosinhos no mandato de 1997/2001, a surgir em seu lugar.

Joaquim Jorge considera que esta corrida – agora perdida – foi mais difícil para si por não ter cartão de militante do PSD.

Na altura da apresentação do candidato da coligação PSD/CDS para as autárquicas de Matosinhos, o presidente da concelhia demitiu-se em rutura com a distrital e levou consigo mais 13 pessoas.

Agora, toda a jornada é contada na primeira pessoa, ao longo de 90 páginas. No livro – “CANDIDATO que não chegou a sê-lo” – que será apresentado esta quinta-feira, às 21h30, na FNAC do NorteShopping, está inserida uma carta enviada ao líder do PSD, Pedro Passos Coelho, e outra ao presidente da distrital do PSD do Porto, Bragança Fernandes.

Joaquim Jorge garante que Pedro Passos Coelho, por quem tem “grande estima”, lhe respondeu à carta com um telefonema, não querendo revelar o teor da conversa.

Com a candidatura à Câmara, Joaquim Jorge queria uma oportunidade para colocar em prática “o ativismo cívico e a forma de pensar a democracia” já há 11 anos “através do debate no Clube dos Pensadores”.

Apesar de sentir um “misto de impotência e alívio”, o biólogo diz que vai continuar “transparente, livre, independente e insubmisso”.

CF, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Relações "complicadas". Rússia admite abandonar projetos de cooperação com a UE

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergey Lavrov, que se encontrará mais tarde com o Presidente bielorrusso, Alexander Lukashenko, comentou que as relações atuais entre Moscovo e Bruxelas são "complicadas". O Governo russo está a ponderar …

Benfica tem novo central. Luís Filipe Vieira fecha contratação de Lucas Veríssimo

O Benfica deverá pagar 1,3 milhões de euros em mão e outros 5,2 milhões em quatro prestações. Lucas Veríssimo chega do Santos para a posição de defesa central. À semelhança daquilo que fez com Jorge Jesus, …

Apoio à retoma pode prolongar-se pelo menos até setembro de 2021

O mecanismo de apoio à retoma progressiva nas empresas em crise poderá prolongar-se até, pelo menos, setembro do próximo ano, avisou o ministro de Estado e da Economia, Pedro Siza Vieira. O mecanismo sucedâneo do layoff …

Vinícius bisou e assistiu para o Tottenham. Para Mourinho, só há uma coisa a melhorar

O Tottenham de José Mourinho venceu esta quinta-feira o Ludogorets no jogo da 4.ª jornada da fase de grupos da Liga Europa. O ex-Benfica Carlos Vinícius, que não tem sido opção para o campeonato inglês, …

Portugal já terá atingido o pico. Foi na terceira semana de novembro, segundo os peritos do Governo

Portugal já terá atingido o pico de novos casos da segunda vaga de covid-19, de acordo com os cálculos dos peritos consultados pelo Governo. Em declarações ao jornal Observador, engenheiro Carlos Antunes, da Faculdade de …

Benfica colheu um ponto na Escócia. O Rangers "não é uma equipazinha", diz Jesus

O Benfica empatou a dois golos em casa do Rangers, na quarta jornada do Grupo D da Liga Europa, e ficou a uma vitória de seguir para os 16 avos de final. Arfield (7 minutos) e …

Reformas antecipadas sofrem corte de 15,5% em 2021

O valor das pensões antecipadas pedidas no próximo ano terá um corte superior ao que está a ser aplicado em 2020: 15,5%. Os trabalhadores que se reformem antecipadamente em 2021 terão uma penalização de 15,5% na …

Templo de Esna foi restaurado ao fim de 2000 anos (e surpreendeu com misteriosos segredos egípcios)

Descoberto há cerca de 200 anos, o antigo templo egípcio de Esna guardava segredos há mais de 2000 anos. Agora esses segredos foram revelados graças a um projeto de restauração iniciado em 2018, onde foram …

Trabalhadores essenciais vão ter folgas e mais 50% de salário se trabalharem nas vésperas de feriado

Os trabalhadores essenciais da Função Pública que tiverem de trabalhar nos dias 30 de novembro e 1 de dezembro vão ter direito a uma ou duas folgas e vão receber um aumento de 50% do …

"Idiotice criminosa". Agente diz que Maradona não teve assistência médica adequada

Matías Morla, agente e advogado de Diego Maradona, afirmou esta quinta-feira que o ex-futebolista, que morreu na quarta-feira, não teve assistência médica adequada e vai pedir que essa questão seja "investigada até às últimas consequências". "É …