Hubble descobre o buraco negro mais brilhante dos primórdios do Universo

O telescópio espacial Hubble descobriu um buraco negro excecionalmente amplo e brilhante no início do Universo, que atingiu uma massa incrivelmente alta apenas 850 milhões de anos depois do Big Bang.

“Temos procurado por tal objeto há muito tempo, estudando arredores mais distantes do espaço. Os nossos cálculos mostram que provavelmente não há quasares mais brilhantes no Universo primordial e até mesmo moderno”, declarou Xiaohui Fan da Universidade do Arizona, nos EUA.

Acredita-se que buracos negros super-maciços, cuja massa pode ser várias vezes maior do que a solar, habitam o centro da maioria das galáxias massivas.

Nos últimos anos, o Hubble e outros poderosos telescópios do mundo têm procurado os buracos negros antigos e os seus potenciais “embriões”, usando lentes gravitacionais. Em alguns casos, a curvatura do espaço ajuda os astrónomos a verem os objetos super-distantes do Universo.

Recentemente, Fan e a sua equipa tiveram sorte: conseguiram encontrar uma lente gravitacional, gerada por uma galáxia muito opaca, localizada a oito mil milhões de anos-luz da Terra. A sua atração aumentou e distorceu a luz de uma galáxia ainda mais distante e antiga na constelação de Touro, que está a 12,8 mil milhões de anos-luz de distância, o que tornou o objeto visível para o Hubble.

Esta “megacidade estrelar”, chamada J0439+1634, é única e extremamente interessante. Há um buraco negro e brilhante no seu centro que produz cerca de 600 mil milhões de vezes mais luz e outras formas de radiação do que o Sol. A sua massa, de acordo com as estimativas mais conservadoras dos astrónomos, deve ser pelo menos 430 milhões de vezes maior que a da nossa estrela – mas pode ser muito maior.

Além disso, os cientistas conseguiram estudar não apenas o quasar em si, mas também as nuvens vizinhas de gás e mostraram que J0439+1634 está a experimentar um recorde de boom de nascimento”. Todos os anos, dezenas de milhares de novas estrelas são formadas neste quasar, o que é três vezes mais do que na Via Láctea e outras galáxias modernas.

Segundo Fan, este fenómeno pode explicar como um buraco negro no centro desta antiga galáxia atingiu este tamanho imenso em tão pouco tempo. Uma taxa tão alta de formação de novas estrelas somente é possível se grandes quantidades de gás “fresco” e frio atingir constantemente o centro da galáxia.

Os cientistas planeiam testar a teoria depois de lançar o telescópio James Webb, o sucessor do Hubble, que poderá observar como o gás flui nas proximidades do centro do J0439+1634. Estas observações mostrarão a quantidade do gás dentro do buraco negro e como a sua atração afeta a velocidade da formação de estrelas.

ZAP // Sputnik

PARTILHAR

RESPONDER

Afinal, os deuses da Antiguidade eram às cores (e já as podemos ver)

https://vimeo.com/379277357 Nos nossos livros da escola e em museus de todo o mundo, as obras de arte da antiga Grécia e Roma não têm cores: são simples, puro e branco mármore. Mas será este apenas um mito? …

A sede do petróleo está a levar os povos indígenas do Equador à extinção

Os povos indígenas do Equador estão sob ameaça dos interesses do território em que habitam. Quase metade das reservas equatorianas de petróleo estão debaixo do Parque Nacional Yasuní. Os interesses dos políticos e dos grandes magnatas …

"Lesmas-leopardo" acasalam da forma mais espantosamente bizarra (e ninguém sabe porquê)

As "lesmas-leopardo" têm talvez o acasalamento mais intrigante e espantoso de todo o reino animal. Os biólogos ainda não conseguiram decifrar porque razão estes moluscos acasalam desta forma. Na escuridão da noite, duas grandes "lesmas-leopardo" começam …

Naufrágio romano com 2.000 anos encontrado na Grécia. É um dos maiores do Mar Mediterrâneo

Uma equipa de cientistas da Universidade de Patras, na Grécia, descobriu os vestígios de um navio romano que naufragou há cerca de 2.000 anos perto da ilha grega de Kefalonia, avança o Greek City Times.  …

Qual é o verdadeiro significado da vida? Um novo estudo pode ajudar com a resposta

Um novo estudo aponta que encontrar significado na nossa vida é algo positivo para a nossa saúde e bem-estar mental, mas o processo de procura tem o efeito contrário. Encontrar significado na nossa vida é uma …

A crise climática vista do Espaço. Vídeo da NASA revela degelo dos glaciares no Alasca

https://vimeo.com/379314673 Um vídeo publicado recentemente pela NASA mostra o derretimento dos glaciares do Alasca visto do Espaço. Algumas imagens revelam mudanças de quase 50 anos. O nosso planeta está a caminhar a passos largos para uma situação …

Ciência explica porque é que alguns cheiros desencadeiam memórias fortes

O cheirinho de pão acabado de sair do forno pode, por exemplo, funcionar como um portal do tempo, levando-nos de volta àquele pequeno café em Paris que visitámos há alguns anos. Os cheiros têm a capacidade …

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …