Bruxelas propõe pagar 6 mil euros aos Estados-membros por cada migrante que acolham

A Comissão Europeia propôs oferecer aos Governos europeus 6 mil euros por cada migrante que resgatem de barcos no Mediterrâneo. 

A Comissão Europeia vai oferecer aos Governos Europeus 6 mil euros por cada migrante que resgatem. A intenção, inicialmente avançada pelo Financial Times, tem como objetivo aliviar a pressão sobre a Itália.

“Mais do que nunca, precisamos de soluções comuns europeias em matéria de migração”, disse o comissário Avramopoulos, em comunicado. “Estamos prontos para apoiar os Estados-Membros e os países terceiros a melhorar a cooperação em matéria de desembarque das pessoas socorridas no mar. Mas para tal funcione imediatamente no terreno, temos de estar unidos – não só agora, mas também a longo prazo.”

O Jornal de Negócios adianta que as propostas incluem ajuda financeira para criar os “centros de controlo” para os países que os queiram instalar. Estes centros serão responsáveis pela avaliação dos pedidos de asilo assim como pelo reenvio dos requerentes que não cumpram as condições para os países de origem.

Geridos pelo Estado-membro de acolhimento, sempre com apoio das agências da União Europeia, estes centros de controlo poderiam ser temporários ou pontuais, sublinha a Comissão Europeia, desde que mantenham o propósito de garantir o apoio operacional através de equipas que tenham guardas de fronteira europeu, peritos sobre asilo, agentes de regresso e segurança.

A Comissão Europeia garante assim “pleno apoio financeiro” aos países voluntários, estando incluído o apoio de 6 mil euros por cada migrante resgatado.

Espanha será, provavelmente, o país mais beneficiado com os incentivos financeiros propostos pela Comissão Europei, isto porque, recentemente, o Governo de Pedro Sánchez decidiu acolher vários navios carregados de migrantes. Só na semana passada, Espanha resgatou resgatou 1.200 pessoas do mar.

Portugal, França, Holanda e Malta também deverão ser abrangidos pela medida.

Está também em desenvolvimento a ideia de “convénios regionais de desembarque sem detenção e sem campos”, em colaboração com o ACNUR e a Organização Internacional para as Migrações (OIM), refere o Negócios.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Sporting 2-2 Belenenses SAD | Líder salva virgindade nos descontos

A Belenenses SAD esteve a segundos de cumprir a promessa de Petit, que na antevisão da partida apontava para a primeira derrota do Sporting. Os “azuis” estiveram a vencer por 2-0, graças a uma eficácia …

Quatro anos depois, Danny recuperou a sua prancha. Estava a 2700 quilómetros

Um surfista australiano recuperou a sua prancha quatro anos depois de a ter perdido. Estava a 2700 quilómetros do sítio onde a tinha visto pela última vez. Danny Griffiths, um surfista habituado a ondas grandes, perdeu …

Os astronautas precisam de um frigorífico. Engenheiros trabalham num que funciona de "cabeça para baixo"

Para que os astronautas façam longas missões à Lua ou a Marte, precisam de um frigorífico, mas estes eletrodomésticos não são projetados para funcionar em gravidade zero. Os astronautas precisam de frigoríficos para as missões prolongadas …

A maior "cidade-fantasma" da China voltou a florescer (graças à educação)

Kangbashi, na Mongólia Interior, é considerada há muitos anos a maior "cidade-fantasma" da China. Agora, tem muito a agradecer a uma jogada inesperada, mas muito eficaz: o setor da Educação. Há alguns anos que Kangbashi, uma …

Carro da Tesla ajuda o FBI a capturar homem suspeito de atear fogo em igreja

As câmaras de um Tesla ajudaram as autoridades a prender um homem suspeito de atear fogo numa igreja na cidade de Springfield, no estado de Massachusetts. A congregação foi atacada mais de uma vez em …

Destemida e aventureira. Com apenas 18 anos, Simone Segouin ajudou a França a derrotar os nazis

Quando tinha apenas 18 anos, Simone Segouin juntou-se à Resistência Francesa para capturar as tropas nazis, sabotar os planos alemães e lutar contra o fascismo no seu país. Apesar de ter abandonado a escola bastante cedo, …

Orgulho e ciúmes. Corrida armamentista entre Coreias coloca ambiente de paz em risco

A relação entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul é conhecida por ser bastante conturbada, sendo que nos últimos anos já ocorreram alguns incidentes entre os países. Agora, as duas nações peninsulares …

"Estória mal contada": a saída de João Marques do Famalicão

Perto do final do campeonato feminino de futebol, o treinador das candidatas ao título abandona o emblema minhoto. Provavelmente porque vai liderar outra equipa minhota. Adeptos não gostaram. A Liga BPI, a primeira divisão nacional feminina …

Livre cede lugares à IL e ao Volt. Vasco Lourenço fala em "chicana política"

O Livre cedeu, esta quarta-feira, quatro lugares da sua comitiva no desfile que assinala o 25 de Abril à Iniciativa Liberal e ao Volt Portugal, depois da comissão promotora os ter informado de que não …

Pena de morte diminuiu. Execuções globais atingem o número mais baixo numa década

Globalmente, foram executadas 483 pessoas em 2020, o número mais baixo registado pela Amnistia Internacional (AI) numa década, marcando uma redução de 26% em relação a 2019 e 70% comparativamente a 2015. Segundo um artigo da …