Bruxelas aprofunda investigações à Google por monopolizar a publicidade online

EPP / Flickr

Margrethe Vestager, comissária europeia da Concorrência

A Comissão Europeia aprofundou as investigações à Google, que estará a abusar da sua posição dominante para “favorecer sistematicamente o seu serviço de comparação de preços nas páginas de resultados de pesquisa”.

Depois da conclusão preliminar de Bruxelas de que a Google viola as regras da União Europeia (UE) sobre práticas de comparação de preços e de publicidade, a comissária europeia responsável pela Concorrência, Margrethe Vestager, informou esta quinta-geira terem sido enviadas duas comunicações de objeções à empresa tecnológica.

O executivo precisou que foi reforçada a conclusão preliminar da existência de “abuso de posição dominante ao favorecer sistematicamente o seu serviço de comparação de preços nas páginas de resultados de pesquisa”, assim como informou a Google sobre o seu ponto de vista preliminar de haver “abuso de posição dominante ao restringir artificialmente a possibilidade de sítios web de terceiros exibirem anúncios associados à pesquisa de concorrentes da Google”.

Margrethe Vestager notou que a empresa criou “muitos produtos inovadores que mudaram vidas”, mas que isso não dá à Google “o direito de negar às outras empresas a possibilidade de competir e inovar”.

Ao reforçar os argumentos de que a Google favoreceu indevidamente os seus serviços, a comissária argumentou que os consumidores ficam impossibilitados de ver os resultados mais significativos para as suas pesquisas.

“Tememos também que a Google tenha impedido a concorrência ao limitar a capacidade de os seus concorrentes apresentarem anúncios de pesquisa em sítios web de terceiros, o que asfixia a escolha dos consumidores e a inovação”, afirmou.

A Comissão considera que a Google tem uma posição dominante na prestação de serviços gerais de pesquisa na Internet, bem como na colocação de publicidade associada à pesquisa em sítios web de terceiros em todo o EEE, com quotas de mercado superiores a 90% e 80%, respetivamente.

“Uma posição dominante não é, em si, um problema à luz do direito da concorrência da UE. No entanto, as empresas em posição dominante têm a responsabilidade de não abusarem da sua forte posição de mercado, restringindo a concorrência tanto no mercado onde são dominantes como em mercados vizinhos”, argumentou a Comissão.

Inovações “aumentaram poder de escolha” dos consumidores

A Google defende que as suas inovações e desenvolvimento dos produtos “aumentaram o poder da escolha dos consumidores” na Europa e “promoveram a concorrência”, depois de Bruxelas ter aprofundado as investigações à tecnológica.

“Acreditamos que as nossas inovações e os desenvolvimentos dos nossos produtos aumentaram o poder de escolha dos consumidores europeus e promoveram a concorrência”, afirmou fonte oficial da Google.

“Vamos analisar a argumentação da Comissão Europeia nestes casos e daremos uma resposta detalhada nas próximas semanas”, concluiu a mesma fonte da multinacional tecnológica.

A Google poderá responder agora a Bruxelas e, caso a Comissão conclua que houve violação das regras, a “Comissão tem o dever de atuar para proteger os consumidores europeus e a concorrência leal nos mercados europeus”, concluiu a comissária.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …

Irão corta acesso à Internet após protestos contra a subida do preço da gasolina

O Irão cortou o acesso à internet no sábado, após os protestos contra o aumento do preço da gasolina, que provocaram fortes confrontos entre manifestantes e forças de segurança. O Irão cortou o acesso à internet …

A maior parte das Testemunhas de Jeová não apresenta queixa em caso de abuso sexual. Mas uma nova lei pode alterar essa realidade

Em casos de abuso sexual dentro organização religiosa Testemunhas de Jeová, a maior parte das vítimas não acusa os agressores por receio de serem excluídas, revelou um artigo da Vice. Agora, uma nova lei norte-americana, …

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …

FC Porto tira pão da boca ao Sporting ao desviar central brasileiro

Os 'dragões' podem estar perto de chegar a acordo para a transferência de Gustavo Henrique. O central do Santos estava em negociações com o Sporting, mas uma forte investida do FC Porto, pode ter mudado …

Será que os cães conseguem farejar uma gravidez?

Já ouvimos falar de cães a farejar bombas e de cães a farejar cancro. E quanto à gravidez, o que poderá o nariz de um cão dizer? Há várias mulheres grávidas a relatar que o cão …