Brexit tem sido uma “vacina” contra a propaganda anti-europeia, diz Tusk

PlatformaRP / Flickr

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, garantiu esta terça-feira que os resultados das eleições europeias do passado fim-de-semana mostram o apoio maciço dos europeus a uma União Europeia “forte e unida”.

No entender de Donald Tusk, citado pela agência de notícias Europa Press, o Brexit tem sido uma espécie de “vacina” contra a propaganda anti-europeia.

“Não tenho dúvidas de que uma das razões pelas quais as pessoas votaram numa maioria pró-europeia foi Brexit. O Brexit tem sido uma vacina contra a propaganda anti-europeia e contra falsas notícias”, argumentou Tusk em uma entrevista coletiva. em Bruxelas, no final da cimeira extraordinária.

Tusk mostrou-se agradado com o facto de uma “ampla maioria” ter escolhido em partidos que apostam numa Europa mais forte, considerando a votação como “um forte sinal” de que a Europa é a vencedora destas eleições.

No seu entender, até os partidos com tendência eurocética abandonaram os slogans anti-europeus, optando antes por se apresentar como “refomadores da União Europeia”.

Bercow não pretende deixar a Câmara dos Comuns

Também esta terça-feira, presidente da Câmara dos Comuns do Reino Unido, John Bercow, disse que não pretende deixar o cargo em breve, apesar das advertências dos defensores mais radicais do Brexit que acreditam que o líder tory poderia atrapalhar uma saída da União Europeia sem qualquer acordo.

Foi em declarações ao britânico The Guardian que Bercow esclareceu a sua posição: “Eu nunca disse nada sobre sair em julho deste ano”, apontou, observando que há “questões importantes para serem resolvidas” e, nesse sentido, diz não ser “sensato” deixar o cargo na Câmara dos Comuns. “Se eu tivesse a intenção de anunciar algo sobre o cargo, falaria no Parlamento em primeiro lugar”, rematou.

O Reino Unido ainda não finalizou os termos para a saída da União Europeia, cujo deadline está agora balizado para 31 de outubro. Com a saída da primeira-ministra Theresa May e a corrida pela sucessão, o debate já em aberto sobre o acordo reacendeu.

Candidatos como Boris Johnson, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros, defenderam a rutura com a União Euroepia com ou sem acordo, algo que Bercow se opõe.

ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. faço questao de quando falo com britanicos ,puxar o assunto do brexit , a resposta dos que votaram a favor tem sempre uma razao racista ou de xenofobia ( alguns disseram que nao o diriam em publico ) estamos a assistir um retrocesso da civilizaçao

RESPONDER

22 mil pessoas vão assistir (no estádio) ao Super Bowl

Um terço das pessoas presentes será composto por profissionais de saúde. Quatro equipas ainda na luta pelo título do campeonato principal de futebol americano. O dia 7 de fevereiro vai contar com uma "visão rara" nos …

Investigadores "voltam atrás no tempo" para calcular idade e local de explosão de supernova

Os astrónomos estão a "voltar atrás no tempo" num remanescente de supernova. Usando o Telescópio Espacial Hubble da NASA, refizeram o percurso dos estilhaços velozes da explosão a fim de calcular uma estimativa mais precisa …

Cientista dos EUA acredita que o monstro do Lago Ness pode ser uma antiga tartaruga marinha

Um importante cientista dos Estados Unidos acredita que desvendou o mistério do Monstro de Lago Ness e pensa que a criatura é uma espécie ancestral de tartaruga marinha. Henry Bauer, professor aposentado de Química e Estudos …

Biden quer banir uma palavra das leis de imigração dos Estados Unidos

Se o projeto de lei proposto por Joe Biden, recém-eleito Presidente dos Estados Unidos, for aprovado, a palavra alien ("estrangeiro") vai desaparecer das leis de imigração norte-americanas, sendo substituída pelo termo noncitizen ("não cidadão"). A …

“As pessoas são mortas na mesquita, na rua e no trabalho". Em Cabul, reina o medo

Os assassínios seletivos de jornalistas, políticos e defensores dos direitos humanos são cada vez mais frequentes no país, com Cabul e várias províncias a registarem um aumento da violência nos últimos meses. O medo está …

"Fiquem em casa". Enfermeiros deixam "grito de alerta desesperado" aos portugueses

A Ordem dos Enfermeiros lançou esta sexta-feira uma campanha de sensibilização a apelar aos portugueses para ficarem em casa, afirmando que é “um grito de alerta desesperado face à situação de catástrofe que se vive …

Senado francês aprovou lei que protege os sons e cheiros do campo

O Senado francês aprovou a lei, esta quinta-feira, que protege o "património sensorial" das áreas rurais do país, depois de várias queixas sobre os ruídos e cheiros típicos do campo. De acordo com o canal televisivo …

Identificado em Portugal o primeiro caso da variante da África do Sul

O primeiro caso de covid-19 associado à variante genética da África do Sul foi identificado esta sexta-feira em Portugal pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA), adiantou à agência Lusa a instituição. O caso identificado …

Está a nascer o primeiro comboio português a hidrogénio (e vai substituir o Vouguinha)

Já arrancou o projecto para o desenvolvimento do primeiro comboio português a hidrogénio. A iniciativa visa transformar as automotoras a gasóleo que circulam na Linha do Vouga - o comboio chamado Vouguinha - por células …

Guardiola diz que Bernardo Silva "sempre foi importante" para City

O treinador Pep Guardiola disse esta sexta-feira que o português Bernardo Silva “está de volta” ao melhor nível e que “sempre foi importante" para o Manchester City, depois de ter "sentido" dificuldades na temporada passada. “Ele …