Brasil vai transferir mais de mil venezuelanos para evitar um “derramamento de sangue”

Marcelo Carmargo / ABr

Cerca de 60 mil imigrantes e refugiados venezuelanos entraram no Brasil no último ano e meio

O Governo brasileiro anunciou na terça-feira que mais de mil venezuelanos que estavam acampados no estado fronteiriço de Roraima serão transferidos para outras cidades do país, após violentos confrontos no sábado entre migrantes e a população local.

Uma representante do Governo, Viviane Esse, disse aos jornalistas em Boa Vista, capital do estado do Roraima localizada a cerca de 200 quilómetros a sul da fronteira, que o “processo de distribuição interna” dos imigrantes venezuelanos começará no final de agosto, sem especificar as cidades de destino.

Viviane Esse integra a comissão interministerial que visitou a cidade fronteiriça de Paracaima no sábado, onde ocorreram confrontos violentos entre a população local e os refugiados venezuelanos.

O estado brasileiro de Roraima já tinha solicitado ao Supremo Tribunal Federal o encerramento da fronteira com a Venezuela após o registo de ataques contra imigrantes venezuelanos, bem como o envio dos imigrantes venezuelanos para outros estados brasileiros.

A governadora de Roraima, Suely Campos, justificou a medida alegando que poderá evitar o “derramamento de sangue” entre brasileiros e venezuelanos.

Violência em Roraima

Casos de violência em Roraima foram registados no sábado contra acampamentos de imigrantes venezuelanos na cidade de Pacaraima, no lado brasileiro da fronteira com a Venezuela, depois de um comerciante local ter sido alegadamente agredido por assaltantes.

Os habitantes de Pacaraima, cidade que conta pouco mais de 12 mil pessoas, protestaram contra a presença dos venezuelanos expulsando-os das tendas de campismo onde dormiam e queimaram os seus objetos pessoais.

O prefeito da cidade, Juliano Torquato, disse que a situação ainda não está controlada e que, segundo sabe, os venezuelanos continuam a ser perseguidos para fora de Pacaraima.

“Lamentamos muito que isto esteja a acontecer, mas não foi por falta de aviso. Ficamos tristes pelos venezuelanos, sabemos da situação difícil, mas infelizmente entram no Brasil pessoas que não têm boas intenções”, disse Torquato.

Geraldo Maia / EFE / ABr

De acordo com estimativas das autoridades brasileiras, cerca de 60 mil imigrantes e refugiados venezuelanos entraram no país por Pacaraima no último ano e meio, fugindo da crise política e económica na Venezuela.

Grupos numerosos de imigrantes permanecem nesta pequena cidade ou em Boa Vista, facto que gerou uma crise humanitária em Roraima, um dos estados mais pobre do Brasil.

ZAP // Lusa / Cibéria

PARTILHAR

RESPONDER

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …

Especialistas alemães consideram que país já está a ter uma segunda vaga

Especialistas alemães consideram que o país já está a passar por uma segunda vaga de covid-19, ainda que não seja comparável à primeira. De acordo com o sindicato dos médicos Marburger Bund, o país já está …