Brasil vai transferir mais de mil venezuelanos para evitar um “derramamento de sangue”

Marcelo Carmargo / ABr

Cerca de 60 mil imigrantes e refugiados venezuelanos entraram no Brasil no último ano e meio

O Governo brasileiro anunciou na terça-feira que mais de mil venezuelanos que estavam acampados no estado fronteiriço de Roraima serão transferidos para outras cidades do país, após violentos confrontos no sábado entre migrantes e a população local.

Uma representante do Governo, Viviane Esse, disse aos jornalistas em Boa Vista, capital do estado do Roraima localizada a cerca de 200 quilómetros a sul da fronteira, que o “processo de distribuição interna” dos imigrantes venezuelanos começará no final de agosto, sem especificar as cidades de destino.

Viviane Esse integra a comissão interministerial que visitou a cidade fronteiriça de Paracaima no sábado, onde ocorreram confrontos violentos entre a população local e os refugiados venezuelanos.

O estado brasileiro de Roraima já tinha solicitado ao Supremo Tribunal Federal o encerramento da fronteira com a Venezuela após o registo de ataques contra imigrantes venezuelanos, bem como o envio dos imigrantes venezuelanos para outros estados brasileiros.

A governadora de Roraima, Suely Campos, justificou a medida alegando que poderá evitar o “derramamento de sangue” entre brasileiros e venezuelanos.

Violência em Roraima

Casos de violência em Roraima foram registados no sábado contra acampamentos de imigrantes venezuelanos na cidade de Pacaraima, no lado brasileiro da fronteira com a Venezuela, depois de um comerciante local ter sido alegadamente agredido por assaltantes.

Os habitantes de Pacaraima, cidade que conta pouco mais de 12 mil pessoas, protestaram contra a presença dos venezuelanos expulsando-os das tendas de campismo onde dormiam e queimaram os seus objetos pessoais.

O prefeito da cidade, Juliano Torquato, disse que a situação ainda não está controlada e que, segundo sabe, os venezuelanos continuam a ser perseguidos para fora de Pacaraima.

“Lamentamos muito que isto esteja a acontecer, mas não foi por falta de aviso. Ficamos tristes pelos venezuelanos, sabemos da situação difícil, mas infelizmente entram no Brasil pessoas que não têm boas intenções”, disse Torquato.

Geraldo Maia / EFE / ABr

De acordo com estimativas das autoridades brasileiras, cerca de 60 mil imigrantes e refugiados venezuelanos entraram no país por Pacaraima no último ano e meio, fugindo da crise política e económica na Venezuela.

Grupos numerosos de imigrantes permanecem nesta pequena cidade ou em Boa Vista, facto que gerou uma crise humanitária em Roraima, um dos estados mais pobre do Brasil.

ZAP // Lusa / Cibéria

PARTILHAR

RESPONDER

Bolsonaro critica "ataques injustificados" sobre a desflorestação da Amazónia

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, considerou durante a cimeira virtual do G20, que as críticas sobre o aumento da desflorestação são "ataques injustificados" e "demagógicos" que surgem de países "menos competitivos". “Eu apresento factos, dados …

Dois novos casos de legionella diagnosticados no Grande Porto

Mais duas pessoas foram diagnosticadas com legionella, esta segunda-feira, na região do Grande Porto, elevando para 87 o número de casos identificados desde o início do surto. Fonte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) …

Reformaram-se 1.649 professores este ano. É o valor mais alto desde 2013

Este ano, reformaram-se mais 1.649 professores em Portugal continental. É o valor mais alto dos últimos sete anos. De acordo com o Correio da Manhã, entre janeiro e dezembro deste ano, aposentaram-se 1.649 professores em Portugal …

Já foram assassinadas 30 mulheres este ano, metade por violência doméstica

O Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA) contabilizou 30 mulheres assassinadas entre 1 de janeiro e o dia 15 de novembro, 16 das quais em contexto de relações de intimidade, um valor abaixo das 21 registadas …

Netanyahu terá visitado Arábia Saudita (e reunido com Mike Pompeo e o príncipe herdeiro em segredo)

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, terá viajado no domingo em segredo à Arábia Saudita para se encontrar com o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman, divulgaram esta segunda-feira vários meios de comunicação de Israel. De acordo …

Arguidos no processo da queda da árvore na Madeira vão a julgamento

O Tribunal da Comarca da Madeira decidiu, esta segunda-feira, após a fase de instrução, levar a julgamento os dois arguidos no caso da queda da árvore no Funchal que, em agosto de 2017, provocou a …

Ausência de máscara na via pública dá multa a pelo menos 7 pessoas por dia

Entre 28 de outubro e 16 de novembro, a GNR e a PSP aplicaram 825 coimas por incumprimento relativo ao uso de máscara, sendo que mais de 130 foram por falta dela na via pública. De …

França cria "crime de ecocídio" para punir danos graves ao ambiente

A ministra da Transição Ecológica, Barbara Pompili, e o ministro da Justiça de França, Eric Dupont-Moretti, anunciaram a criação do "crime de ecocídio", que visa prevenir e punir os danos graves ao ambiente. Ao Journal du Dimanche, explicaram …

BCE reitera que retoma económica só em 2022 (e "enfraquecida")

Para Philip Lane, economista-chefe do Banco Central Europeu, a vacina traz uma perspetiva para o final do próximo ano e para 2022, mas não para os próximos seis meses. O economista-chefe do Banco Central Europeu (BCE), …

Ventura notificado para apresentar defesa em processo por discriminação

A Comissão para a Igualdade e contra a Discriminação Racial (CICDR) notificou André Ventura para apresentar a sua defesa na sequência de alegadas declarações de carácter discriminatório em relação à etnia cigana no Facebook. A comissão …