Bosques ibéricos podem emitir mais carbono do que absorvem

titoalfredo / Flickr

-

Os ecossistemas florestais ibéricos podem emitir a partir da segunda metade do século XXI mais dióxido de carbono do que absorvem de acordo com um estudo realizado pela Universidade de Barcelona (UB) com simuladores sobre alterações climáticas.

O estudo, elaborado pelos professores de Ecologia da UB e do Centro de Pesquisa Ecológica e Aplicações Florestais (CREAF) Santiago Sabate e Carlos Santiago Gracia e pelo especialista Daniel Nadal, foi publicado na revista científica Ecossistema, da Associação Espanhola de Ecologia Terrestre.

Segundo os investigadores, há um alto risco de que alguns dos ecossistemas florestais espanhóis podem tornar-se emissores de carbono líquido na segunda metade do século.

O estudo analisou os resultados da aplicação do modelo de simulação de floresta Gotilwa +, uma ferramenta capaz de simular o crescimento da floresta em diferentes condições ambientais e que permite otimizar a gestão florestal da floresta mediterrânica, no contexto das alterações climáticas.

Com base no estudo foram analisados modelos de efeitos esperados das alterações climáticas sobre os ecossistemas florestais em condições ambientais variáveis.

Para cenários de alterações climáticas simuladas, a produção líquida das florestas, ou seja, o carbono fixado pela fotossíntese ao qual se subtrai o carbono que as plantas passam na respiração, será reduzido a partir da segunda metade deste século.

Os especialistas alertam, por isso, que as florestas, que atualmente atuam como absorventes de carbono, podem passar a ser emissoras de carbono líquido, como a respiração das plantas.

Fluxo da água

O Gotilwa + também é capaz de simular o fluxo de água em diferentes tipos de ecossistemas florestais.

No contexto atual de alterações climáticas, com o aumento da aridez e maior procura evaporativa, um aumento projetado na evapotranspiração das florestas espanholas pode ter um impacto negativo sobre outros ecossistemas, como os rios.

De acordo com especialistas, as áreas mais sensíveis às mudanças climáticas são as florestas mediterrânicas de carvalho, pinheiro branco e pinheiro vermelho, localizado no sul e sudoeste da Península Ibérica.

A floresta no nordeste também seria afetada, já que as projeções indicam uma redução severa de chuvas na região.

O simulador mostra uma maior sensibilidade de algumas destas florestas ao aumento da aridez, como florestas de faias, que são particularmente sensíveis a um aumento moderado da temperatura média, ou florestas nas altitudes mais baixas, com possível migração de espécies.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Do empréstimo milionário à nacionalização. As soluções da TAP para resistir à crise

A TAP está a enfrentar uma das suas piores crises, face à pandemia de covid-19, e há várias soluções em cima da mesa, desde um empréstimo com aval do Estado à nacionalização da empresa. Para fazer …

"Matem-nos". Presidente das Filipinas autoriza disparos contra quem violar quarentena

O Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, ordenou aos agentes da polícia e aos militares que disparem sobre qualquer pessoa que esteja a causar "problemas" durante o isolamento obrigatório, decretado devido à da pandemia de Covid-19. De …

Há mais de nove mil casos de covid-19 em Portugal. Número de recuperados sobe para 68

Um mês desde o primeiro teste positivo confirmado do novo coronavírus no país, Portugal tem um total de 9.034 casos confirmados de Covid-19, segundo o Relatório da Direção Geral da Saúde sobre a situação epidemiológica …

Ramalho Eanes: "Nós, os velhos, se for necessário oferecemos o nosso ventilador"

O antigo Presidente da República apelou aos mais "velhos", como ele, para darem o exemplo neste combate ao coronavírus, caso Portugal passe por uma situação semelhante à de Itália ou Espanha. Em entrevista à RTP, o …

"Profundamente preocupados". 13 países enviam recado a Viktor Orbán

Portugal e mais 12 países, entre os quais França, Bélgica e Espanha, garantiram, numa declarações conjunta, que apoiam a iniciativa da Comissão Europeia para verificar se as medidas de emergência implementadas respeitam os valores europeus. Os …

Da gripezinha ao "problema mundial". Bolsonaro fala com Trump e anuncia mais medidas

Jair Bolsonaro mudou de tom. Esta quarta-feira, o Presidente brasileiro anunciou um novo pacote financeiro de apoio a medidas para "manutenção de empregos", uma das suas maiores preocupações diante da pandemia de covid-19. O Presidente brasileiro, …

Bale não abdica de salário milionário e quer ficar em Madrid

Bale vai rejeitar todas as propostas que receber para sair do Real Madrid no final da temporada. O jogador não aceita uma redução do seu salário de 19 milhões de euros anuais. Gareth Bale não tem …

"Abuso da força é recorrente". Imprensa ucraniana levanta suspeitas sobre o SEF no aeroporto de Lisboa

A imprensa ucraniana tem estado a dar grande destaque à morte de Igor Homenyuk nas instalações do aeroporto de Lisboa. Em causa está a morte de um cidadão ucraniano que desembarcou no aeroporto de Lisboa, com …

Benfica pagou 34,2 milhões em comissões a intermediários. Sporting gastou metade

Entre os clubes portugueses, o Benfica foi quem mais gastou em comissões a intermediários. O FC Porto gastou 23,7 milhões de euros e o Sporting CP desembolsou 15,9 milhões. O SL Benfica foi o clube português …

EUA atingem recorde diário de 884 mortes. Quarentena chega aos campos de refugiados

Os Estados Unidos são, atualmente, o país do mundo com o maior número de casos de infeções pelo novo coronavírus: mais de 210 mil infetados. Os Estados Unidos registaram, esta quarta-feira, um novo recorde diário de …