Bosques ibéricos podem emitir mais carbono do que absorvem

titoalfredo / Flickr

-

Os ecossistemas florestais ibéricos podem emitir a partir da segunda metade do século XXI mais dióxido de carbono do que absorvem de acordo com um estudo realizado pela Universidade de Barcelona (UB) com simuladores sobre alterações climáticas.

O estudo, elaborado pelos professores de Ecologia da UB e do Centro de Pesquisa Ecológica e Aplicações Florestais (CREAF) Santiago Sabate e Carlos Santiago Gracia e pelo especialista Daniel Nadal, foi publicado na revista científica Ecossistema, da Associação Espanhola de Ecologia Terrestre.

Segundo os investigadores, há um alto risco de que alguns dos ecossistemas florestais espanhóis podem tornar-se emissores de carbono líquido na segunda metade do século.

O estudo analisou os resultados da aplicação do modelo de simulação de floresta Gotilwa +, uma ferramenta capaz de simular o crescimento da floresta em diferentes condições ambientais e que permite otimizar a gestão florestal da floresta mediterrânica, no contexto das alterações climáticas.

Com base no estudo foram analisados modelos de efeitos esperados das alterações climáticas sobre os ecossistemas florestais em condições ambientais variáveis.

Para cenários de alterações climáticas simuladas, a produção líquida das florestas, ou seja, o carbono fixado pela fotossíntese ao qual se subtrai o carbono que as plantas passam na respiração, será reduzido a partir da segunda metade deste século.

Os especialistas alertam, por isso, que as florestas, que atualmente atuam como absorventes de carbono, podem passar a ser emissoras de carbono líquido, como a respiração das plantas.

Fluxo da água

O Gotilwa + também é capaz de simular o fluxo de água em diferentes tipos de ecossistemas florestais.

No contexto atual de alterações climáticas, com o aumento da aridez e maior procura evaporativa, um aumento projetado na evapotranspiração das florestas espanholas pode ter um impacto negativo sobre outros ecossistemas, como os rios.

De acordo com especialistas, as áreas mais sensíveis às mudanças climáticas são as florestas mediterrânicas de carvalho, pinheiro branco e pinheiro vermelho, localizado no sul e sudoeste da Península Ibérica.

A floresta no nordeste também seria afetada, já que as projeções indicam uma redução severa de chuvas na região.

O simulador mostra uma maior sensibilidade de algumas destas florestas ao aumento da aridez, como florestas de faias, que são particularmente sensíveis a um aumento moderado da temperatura média, ou florestas nas altitudes mais baixas, com possível migração de espécies.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nós, Cidadãos! convida Aliança para coligação. Partido de Santana ainda está "a examinar"

O partido Nós, Cidadãos! desafiou a Aliança para uma coligação eleitoral “ao centro”, mas fonte oficial da força política liderada por Santana Lopes esclareceu que ainda está “a examinar”. O presidente do Nós, Cidadãos!, Mendo Castro Henriques, confirmou à …

Benfica desmente negociações com Atlético de Madrid por João Félix

O Benfica desmentiu, em nota divulgada esta segunda-feira, todas as notícias que dão conta de uma transferência iminente de João Félix para o Atlético de Madrid. João Félix tem feito capa em vários jornais espanhóis, que insistem …

Não havia tantos pré-avisos de greve desde o tempo da troika

Nas próximas semanas, são poucos os dias úteis que não têm pelo menos uma greve. Se o ritmo se mantiver, este será o ano da legislatura com mais pré-avisos. Dos hospitais aos tribunais, passando pelos transportes …

“Maré vermelha” interdita banhos em várias praias do Algarve

As praias entre a Ilha do Farol e Vilamoura, no Algarve, estão interditadas a banhos devido a uma concentração de uma alga marinha que pode ser perigosa para a saúde. As praias algarvias entre a Ilha …

Gulbenkian vende petrolífera Partex por 555 milhões de euros

A Fundação Gulbenkian assinou, esta segunda-feira, um acordo para a venda da Partex com a PTT Exploration and Production por 555 milhões de euros. Em comunicado hoje divulgado, a Fundação Gulbenkian informou que "a operação terá um …

Ex-diretor revela carta que desmente Berardo sobre créditos na CGD

O ex-diretor de grandes empresas da CGD afirmou que José Berardo enviou uma carta dirigida a Carlos Santos Ferreira, ex presidente do banco, a solicitar a abertura do crédito de 350 milhões de euros para …

Suecos burlaram multinacionais em 1,7 milhões de euros a partir de Setúbal

Um casal de suecos burlou várias empresas multinacionais com um esquema de roubo de emails praticado a partir de Setúbal. Estas empresas chegaram a transferir 1,7 milhões de euros até à detenção do casal. Michel M., …

Huawei admite quebra de receitas superior a 26 mil milhões de euros

O fundador da Huawei admitiu esta segunda-feira uma quebra de receitas em 30.000 milhões de dólares (26.760 milhões de euros), face à pressão de Washington, que acusa o grupo de telecomunicações de estar exposto à …

Relação agrava pena de subcomissário da PSP que agrediu adeptos do Benfica

O Tribunal da Relação de Guimarães agravou para três anos e meio a pena de prisão, suspensa na sua execução, de um subcomissário da PSP por agressão a dois adeptos do Benfica naquela cidade, em …

Indonésia devolve aos EUA cinco contentores com resíduos não declarados

A Indonésia devolveu cinco contentores de lixo aos Estados Unidos (EUA) por terem sido encontrados resíduos não declarados no seu interior, informaram esta segunda-feira fontes oficiais. O porta-voz do ministério do Meio Ambiente indonésio, Djati Witjaksono …