Bósnia fecha campo improvisado e transfere quase 800 pessoas para Sarajevo

Djordje Savic / EPA

A Bósnia fechou, esta quarta-feira, um campo de refugiados, montado num local onde antes funcionava um aterro de lixo, que não tem água potável nem eletricidade.

As autoridades bósnias fecharam esta quarta-feira um campo acolhimento de migrantes improvisado, perto da fronteira com a Croácia, onde a comunidade internacional denunciou condições de vida deploráveis, transferindo centenas de pessoas para Sarajevo, segundo uma fonte policial.

O campo, aberto em junho perto de Bihac, no noroeste da Bósnia-Herzegovina, sobre o local onde antes funcionava um aterro de lixo e perto de terrenos minados durante a guerra dos anos 90, não tem água potável nem eletricidade e os migrantes viviam em tendas em condições deploráveis.

“No total, 770 pessoas foram transferidas para Sarajevo, a bordo de 15 autocarros”, disse Ale Siljdedic, porta-voz da polícia de Bihac, à agência France-Presse. Segundo a mesma fonte, os serviços municipais e a Cruz Vermelha vão desmontar as tendas durante o dia de hoje e proceder depois à limpeza do terreno.

O campo foi particularmente criticado por Bruxelas que financia a operação de vários centros de migrantes administrados na Bósnia pela Organização Internacional das Migrações (OIM).

No passado dia 3 de dezembro, o Conselho da Europa voltou a exigir a evacuação urgente do campo de refugiados de Vucjak, alertando que as centenas de pessoas que viviam no local em situação precária podiam morrer devido ao frio.

Sob pressão internacional, à medida que as temperaturas baixavam, as autoridades decidiram abrir um novo campo num antigo quartel em Blazuj, perto de Sarajevo. Os refugiados são principalmente jovens de países da Ásia e do norte da África.

De acordo com Ale Siljdedic, atualmente cerca de 3.200 migrantes estão em quatro campos geridos pela OIM na cidade de Bihac, próxima da fronteira croata. Milhares vivem fora dos campos, em residências particulares ou em casas e prédios abandonados.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …

Governo admite retirar cidadãos nacionais de Wuhan

As autoridades portuguesas estão a cooperar com outros países europeus para reforçar o apoio aos cidadãos nacionais que se encontram em Wuhan, onde ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus, admitindo a possibilidade de retirá-los …

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …