Boris reúne-se com primeiro-ministro irlandês para falar sobre o Brexit

Neil Hall / EPA

O novo primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson

Os primeiros-ministros britânico e irlandês vão encontrar-se, esta quinta-feira, no noroeste de Inglaterra para falar sobre o Brexit, acompanhados de assessores para “discussões detalhadas”.

A reunião de Boris Johnson com Leo Varadkar, à hora de almoço, será “privada, para permitir que os líderes e as suas equipas tenham discussões detalhadas”, segundo um comunicado do gabinete do chefe do Governo britânico, divulgado quarta-feira. O local não foi especificado e não serão feitas declarações à imprensa.

Para sexta-feira também está marcado um encontro em Bruxelas entre o ministro para o Brexit britânico, Steve Barclay, e o negociador-chefe da União Europeia, Michel Barnier, para fazer um balanço sobre as negociações técnicas para alcançar um acordo de saída.

Na quarta-feira, Barnier explicou no Parlamento Europeu os argumentos para rejeitar a proposta do Governo britânico de criar uma zona regulatória comum entre a Irlanda do Norte e a vizinha Irlanda para facilitar a circulação de bens agroalimentares e industriais.

“O primeiro-ministro Johnson reconhece que um alinhamento para os bens é indispensável e estamos de acordo neste aspeto. No entanto, para resolver o problema dos controlos aduaneiros, o Reino Unido propõe unicamente que, no acordo internacional que nos vai unir, exista um compromisso jurídico para evitar, em qualquer circunstância, os controlos regulatórios na fronteira entre a Irlanda e a Irlanda do Norte. Obviamente, partilhamos este objetivo, mas a nossa dúvida prende-se com aceitar um sistema que não existe, não foi testado, de controlo disperso na ilha da Irlanda”, indicou.

Barnier defendeu a necessidade de “controlos aduaneiros rigorosos em todos os limites do nosso território, nas fronteiras externas do nosso mercado único. Precisamos de controlos credíveis porque é a credibilidade do nosso mercado único que está em causa”.

Questionou também o papel reservado à Irlanda do Norte, cujas autoridades autónomas teriam o poder de autorizar (ou revogar) o alinhamento com as regras do mercado comum naquele território todos os quatro anos.

A proposta do Governo britânico pretende substituir o mecanismo de salvaguarda designado por backstop e desenhado para proteger o processo de paz na Irlanda do Norte que impõe a ausência de uma fronteira física ou controlos aduaneiros na circulação de bens com a vizinha República da Irlanda, membro da UE.

“No momento em que estamos agora, permaneceremos calmos, permaneceremos construtivos e respeitaremos o Reino Unido e aqueles que o lideram. Essa é a nossa abordagem e esperamos que, com essa atitude de ambos, possamos chegar a um acordo que funcione para todos”, disse ainda no Parlamento Europeu.

Segundo o jornal The Guardian, este aviso será uma espécie de reprimenda ao primeiro-ministro britânico. Em causa está a divulgação do telefonema entre Boris e a chanceler alemã, Angela Merkel, por fonte de Downing Street. No telefonema desta terça-feira, Merkel deixou claro que é “imensamente improvável” haver um acordo para o Brexit.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Fenómeno extremo ameaça corais na Grande Barreira na Austrália. E já matou quase metade

A Grande Barreira de Coral da Austrália pode estar a enfrentar a terceira "descoloração" no espaço de cinco anos, fenómeno provocado por um aumento da temperatura das águas do mar. Como avançou o Expresso, este fenómeno …

Trump critica cerimónia dos Óscares, "Parasitas" e Brad Pitt

O Presidente norte-americano criticou a cerimónia dos Óscares, esta quinta-feira, nomeadamente a atribuição do prémio de Melhor Filme para o sul-coreano "Parasitas" e ainda o ator Brad Pitt. Na noite desta quinta-feira, num comício em Colorado …

Paris lança número de emergência para fazer frente à crise de percevejos

O Governo francês lançou uma campanha, esta quinta-feira, para fazer frente à crise de percevejos que se instalou em Paris. Segundo a agência France-Press, citada pelo The Guardian, casas e hotéis da capital francesa estão a …

"Radical chique" e "ressentido". Filho de Paulo Branco pode ter sido o pivot do escândalo sexual em França

Juan Branco, o filho do produtor de cinema Paulo Branco, é o homem do momento em França. O advogado de 30 anos saltou para as luzes dos média no âmbito da divulgação do vídeo sexual …

Alcochete. "Se Mustafá estivesse lá aquilo não tinha acontecido"

O arguido Emanuel Calças disse, esta sexta-feira, em tribunal que, se Mustafá estivesse com o grupo que invadiu a academia do Sporting, "aquilo não tinha acontecido". "Tenho a certeza de que se o Mustafá estivesse presente …

Coronavírus ameaça o têxtil português (mas também é uma "oportunidade")

O sector têxtil nacional está ameaçado e pode parar a produção já em Março. Tudo devido à falta de matéria-prima que vem da China e que se deve à epidemia do novo coronavírus. A "situação …

Governo diz que prejuízo da TAP "não foi um desvio qualquer" e que já devia ter tido lucro em 2018 e 2019

O ministro das Infraestruturas disse, esta sexta-feira, que o orçamento que a comissão executiva da TAP apresentou ao Conselho de Administração para 2018 e 2019 previa lucro e que o prejuízo de 105,6 milhões "não …

João Lourenço duplica valor de subsídio de antigos Presidentes de Angola

O Presidente angolano, João Lourenço, duplicou o valor do subsídio de fim de mandato pago a antigos chefes de Estado, mas cortou outras regalias, nomeadamente a nível da segurança e quadro de pessoal. O decreto-presidencial 32/20, …

FC Porto castigado com um jogo à porta fechada

O FC Porto foi punido com um jogo à porta fechada, esta sexta-feira, devido a "um ato de ofensa corporal a agente desportivo" na final da Taça de Portugal. A punição aplicada pelo Conselho de Disciplina …

Cientistas condenam teorias da conspiração sobre a origem do surto do coronavírus

Um grupo de 27 cientistas da área de saúde pública condenou, através de um comunicado, o fluxo de histórias e um artigo científico que sigerem que um laboratório em Wuhan, na China, pode ser a …