Bolsonaro desembarca em Washington para primeiro encontro com Trump

Tânia Rêgo / Agência Brasil

Jair Bolsonaro chegou a Washington para a sua primeira visita oficial a um governante de outro país. O Presidente brasileiro visita Donald Trump na Casa Branca esta terça-feira.

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, chegou este domingo a Washington, nos Estados Unidos, para iniciar uma visita oficial ao país, durante a qual irá reunir-se com o seu homólogo Donald Trump, para reforçar uma “aliança pela liberdade e a prosperidade”.

“Pela primeira vez em muito tempo, um Presidente brasileiro que não é anti-americano chega a Washington. É o começo de uma parceria pela liberdade e prosperidade, como os brasileiros sempre desejaram”, lê-se numa mensagem publicada no Twitter de Bolsonaro pouco depois de o Presidente brasileiro ter aterrado na base aérea de Washington.

Também no Twitter, Jair Bolsonaro defendeu que “Brasil e Estados Unidos juntos assustam os defensores do atraso e da tirania ao redor do mundo”. “Quem tem medo de parcerias com um país livre e próspero? É o que viemos buscar!“, lê-se na mensagem.

Numa outra publicação, o Presidente do Brasil refere que ficará alojado na Blair House, situada junto à Casa Branca, “uma honraria concedida a pouquíssimos chefes de Estado, além de não custar um centavo aos cofres públicos”, escreveu Jair Bolsonaro, agradecendo “ao Governo americano todo respeito e carinho” que está a ser dado à comitiva.

Esta segunda-feira, o chefe de Estado participará num fórum de investimentos e noutro sobre “o futuro da economia brasileira”, organizado pelo Comité Empresarial Brasil-Estados Unidos, além de se encontrar com o ex-secretário do Tesouro norte-americano, Henry Merritt Paulson.

O líder ultraconservador brasileiro, que viajou acompanhado de seis ministros, será recebido na terça-feira na Casa Branca por Donald Trump, que Bolsonaro considera um modelo e com quem irá assinar vários acordos e discutirá vários assuntos, incluindo a situação na Venezuela.

O Brasil e os Estados Unidos foram dos primeiros países a reconhecer Juan Guaidó, o presidente do parlamento venezuelano, como o legítimo Presidente da Venezuela, e é esperado que Bolsonaro e Trump abordem possíveis medidas para fazer chegar ajuda humanitária àquele país.

Os dois líderes terão um almoço de trabalho e uma reunião prolongada com os ministros dos dois países e darão uma conferência de imprensa no final.

Em Washington, Bolsonaro planeia assinar acordos na área da energia, segurança e defesa nacional, assim como salvaguardas tecnológicas, para permitir que os Estados Unidos utilizem a base brasileira de Alcântara para lançar foguetes espaciais.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ana Gomes aponta o dedo a Costa e à esquerda e diz que travou Ventura sozinha

Ana Gomes considera que a sua candidatura conseguiu travar "a progressão da extrema direita" quando os partidos de esquerda se preocuparam apenas com as suas "agendas políticas". No rescaldo da reeleição de Marcelo Rebelo de …

De diferentes cidades, mas com o mesmo nome. Quatro estranhos chamados Paul O'Sullivan formaram uma banda

A banda Paul O'Sullivan apresenta Paul O'Sullivan no baixo, guitarra, bateria e voz. Porém, não é uma banda de um homem só. Cada membro é um músico diferente com o mesmo nome: Paul O'Sullivan. "Uma noite, …

Ventura celebrou "noite histórica", demitiu-se do Chega e avisou o PSD

André Ventura começou por assinalar a "noite histórica" face aos resultados que obteve nas eleições presidenciais 2021. Mas como ficou em 3º lugar, atrás de Ana Gomes, anunciou a demissão do Chega. "Fiquei aquém dos 15% …

Região italiana da Lombardia esteve confinada durante uma semana por engano

A Lombardia, coração económico do norte de Itália, foi confinada e classificada como zona vermelha por engano durante uma semana, devido a estatísticas erradas sobre covid-19, e só ontem um decreto governamental retificou a situação. Devido …

Rio destaca "esmagamento da esquerda" e pede a Marcelo para ser "um bocadinho mais exigente"

"A marca mais forte" destas eleições presidenciais é "a derrota do PS". A análise é de Rui Rio, presidente do PSD, que fala do "esmagamento da esquerda" e da "vitória do candidato do centro", apelando …

Há uma nova explicação para o facto de bebés amamentados terem sistemas imunitários mais saudáveis

Um novo estudo realizado por investigadores da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, descobriu que o leite materno promove o crescimento de importantes células imunitárias que ajudam a controlar eventuais inflamações. De acordo com o site …

PS diz que Marcelo deve vitória aos socialistas (e cobra-lhe apoio em tempos difíceis)

"A democracia venceu na primeira volta e o extremismo de direita foi derrotado". É desta forma que o presidente do PS, Carlos César, comenta os resultados das eleições presidenciais ganhas por Marcelo Rebelo de Sousa, …

"Liberdade para a Dinamarca". Novos incidentes em manifestação contra restrições

Uma manifestação contra as restrições impostas para conter a pandemia, organizada por um grupo radical, em Copenhaga, originou novos incidentes na noite de sábado e resultou em cinco detenções, relataram a polícia e os meios …

Pela primeira vez, um restaurante vegan ganha uma estrela Michelin em França

Um restaurante de comida totalmente vegan em França foi o primeiro do país a receber a desejada estrela Michelin. Localiza-se perto de Bordéus. A concessão da estrela ao ONA (Origine Non-Animale) é mais uma evidência de …

Onze mineiros resgatados com vida de uma mina de ouro na China

Onze mineiros presos há duas semanas dentro de uma mina de ouro na China, devido a uma explosão, foram hoje trazidos em segurança para a superfície, informou a televisão estatal chinesa. No dia 10 de janeiro, …