Bill Gates quer criar uma task force global contra novas pandemias

Na conferencia anual do TED, em Vancouver, no Canadá, Bill Gates instou os líderes mundiais a criarem uma equipa de responsáveis que ajudaria a identificar e rastrear os vírus emergentes. 

Bill Gates não está convencido de que a pandemia de covid-19 será a última que o mundo terá de enfrentar nos próximos anos. Para que os países estejam preparados contra o próximo agente infeccioso desconhecido, o fundador da Microsoft propõe a criação de uma task force internacional de vigilância.

A ideia da criação da equipa GERM (Global Epidemic Response and Mobilization) para resposta e mobilização global contra epidemias envolve um investimento de mil milhões de dólares por ano, além de investimentos em investigação para diagnósticos e em sistemas de saúde em todo o mundo.

De acordo com o Fast Company, a equipa seria composta por cerca de três mil pessoas, coordenadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), cuja única prioridade seria prevenir pandemias.

A GERM seria constituída por vários especialistas, desde epidemiologistas e cientistas de dados a peritos em logística, assim como especialistas com capacidades de comunicação e diplomacia.

Gates espera que a ideia se materialize numa proposta real nos próximos meses. Apesar de admitir que será necessário um debate para descobrir como organizar e financiar esta task force, o filantropo defende que deviam ser os países mais ricos a fazê-lo.

“A missão é parar os surtos antes que se transformem em pandemias“, sublinhou Bill Gates durante a sua intervenção, frisando que a rapidez é crucial: se os governos tivessem sido capazes de impedir a propagação da covid-19 nos seus primeiros 100 dias, teria poupado “mais de 98% das vidas perdidas”.

“Quando a covid-19 atingiu, éramos como Roma antes de ter baldes de incêndio e bombeiros”, disse o empresário, numa analogia que serviu para lembrar que o que mundo viveu (e vive) nos últimos anos é como “um terrível incêndio”.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.