Bielorrússia faz detenções arbitrárias e tortura manifestantes, acusa ONU

Andrei Stasevich / (H) Belta

Aleksandr Lukashenko, Presidente da Bielorrússia

A Organização das Nações Unidas (ONU) acusou esta segunda-feira as autoridades bielorrussas de fazerem detenções arbitrárias e torturarem manifestantes que estão em protesto desde o início de agosto contra a reeleição que consideram fraudulenta do Presidente Aleksandr Lukashenko.

A pedido do representante permanente da França na ONU em Genebra, François Rivasseau, vários diplomatas sucederam-se a exigir às autoridades de Minsk que ponham fim à repressão, libertem os manifestantes detidos e investiguem as acusações de tortura e de maus tratos, noticiou a agência Lusa.

“A França reitera o seu apelo às autoridades bielorrussas para que libertem todos os presos políticos e todas as pessoas detidas arbitrariamente, investiguem, aprofundadamente, todas as violações dos Direitos Humanos e cooperem no quadro do mecanismo de Moscovo da OSCE [Organização para a Cooperação e Desenvolvimento da Europa]”, declarou o diplomata francês, perante uma sala do plenário quase vazia, devido à pandemia.

“Estamos muito preocupados com o uso constante de violência, de intimidação e da repressão contra o povo bielorrusso”, indicou, por seu lado, por videoconferência, o embaixador permanente dos Estados Unidos na ONU em Genebra, Andrew Bremberg.

A Bielorrússia submeteu-se hoje à Revisão Periódica Universal (RPU), um processo que avalia o desempenho dos países em matéria de direitos humanos sob a liderança do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas.

A partir de Minsk, também por videoconferência, as autoridades bielorrussas defenderam-se, alegando que reagiram de “forma apropriada” a “atos ilegais”.

Depois da sua contestada reeleição, a 09 de agosto, o Presidente bielorrusso, de 66 anos, há 26 no poder, enfrenta um movimento de protesto inédito, que reúne semanalmente dezenas de milhares de manifestantes, apesar da violência policial e dos milhares de detenções.

O representante bielorrusso na ONU, Youri Ambrazevirch, admitiu que “existem alguns problemas que necessitam de ser trabalhados”, salientando, no entanto, que só é possível obter progressos num quadro de respeito mútuo, sem pressões externas, de chantagens e impondo condições.

A Bielorrússia recebeu o apoio da Rússia durante a sessão, bem como de outros países da sua esfera política, que insistiram para que a comunidade internacional “evite interferir nos assuntos internos de um país soberano”.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Watakano, a “ilha da prostituição” que teve o seu auge nos anos 80, está agora vazia

Conhecida como “ilha da prostituição”, Watakano já foi considera um pequeno paraíso sexual. No seu auge, do final dos anos 70 a meados dos anos 80, homens faziam um curta viagem de barco até ao …

Deputado norte-americano quer banir GTA 5 e outros jogos violentos. Tudo para diminuir roubos de carros

O deputado norte-americano Marcus Evans quer proibir a venda de videojogos violentos que promovam atividades criminosas, como o GTA 5, face ao aumento dos roubos de automóveis em Chicago e um pouco por todo o …

Estudante projetou um casaco que se transforma num saco-cama para os sem-abrigo. E deu-lhes um emprego

Nos Estados Unidos, há pelo menos 567.715 pessoas que vivem nas ruas. Embora há quem vire as costas a essas estas, também há quem esteja disposto a fazer tudo para ajudar os necessitados e tirá-los …

Um livro e uma reclusa-mediterrânica. Aranhas venenosas obrigam a encerramento temporário de biblioteca nos EUA

Aranhas venenosas da espécie reclusa-mediterrânica apareceram na cave de uma biblioteca na Universidade do Michigan, nos Estados Unidos. Os funcionários de uma biblioteca da Universidade do Michigan, nos Estados Unidos, foram obrigados a encerrar temporariamente o …

Bolsonaro diz que máscaras causam "efeitos colaterais"

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse que as máscaras causam "efeitos colaterais" e citou um alegado estudo alemão, sem acrescentar mais detalhes. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, causou polémica esta quinta-feira ao dizer que as …

Pilotos aprovam acordo de emergência na TAP

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou esta sexta-feira o acordo de emergência na TAP, adiantaram vários pilotos à Lusa. O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou o acordo de emergência na …

Britânico enviava dinheiro a residentes de uma cidade britânica. Era "um ato generoso de bondade"

Os habitantes de Frome, no Reino Unido, estão constantemente à espera do correio, depois de ter sido revelado que um homem misterioso estava a entregar dinheiro nas casas dos residentes locais. A polícia da cidade inglesa …

Cidade sueca vai tornar-se mais sustentável (com um empurrão da IKEA)

A IKEA fez uma parceria com o município de Helsingborg, na Suécia, para dar início a um projeto de comunidade verde, conhecido como H22. A empresa sueca IKEA vai ajudar a desenvolver uma comunidade verde na …

Obras completas de Mário Soares começam a ser publicadas este trimestre pela Imprensa Nacional

O primeiro volume das Obras Completas do ex-Presidente da República Mário Soares vai ser publicado até ao final do primeiro trimestre deste ano, pela Imprensa Nacional (IN), disse à agência Lusa fonte da editora. O projeto …

Exército norte-americano está a construir a arma laser "mais poderosa" do mundo

O Exército norte-americano está a desenvolver uma potente arma laser, cerca de um milhão de vezes mais poderosa do que qualquer outra já existente. A Tactical Ultrashort Pulsed Laser (UPSL) será diferente das plataformas já existentes …