Benfica-PAOK. Jesus tem surpresas no onze e “grande ambição” na Europa

Jorge Jesus vai promover dois reforços ao onze titular do Benfica frente ao PAOK, esta terça-feira. Ambos os técnicos concordam que o favoritismo está do lado benfiquista.

O SL Benfica tem o seu primeiro teste oficial esta terça-feira, preparando-se para enfrentar o PAOK, em jogo da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Nesta, que é a segunda vinda de Jesus, o treinador benfiquista reservou algumas novidades no onze, que deverá incluir dois reforços.

O jornal A BOLA avança com o onze provável das ‘águias’ para o encontro que tem hora marcada para as 19h00: Vlachodimos; André Almeida, Rúben Dias, Vertonghen e Grimaldo; Rafa Silva, Weigl, Taarabt e Everton; Pizzi e Seferovic.

Assim, Jorge Jesus deverá promover os reforços Jan Vertonghen e Everton Cebolinha ao onze titular.

“É a nossa primeira final”, declarou Jorge Jesus na conferência de imprensa de antevisão da partida contra os gregos, treinados pelo português Abel Ferreira, assumindo ainda o favoritismo, que “não é um sinónimo de ser vencedor antecipado”, neste como em qualquer jogo dos ‘encarnados’.

Para o técnico, essa declaração de Abel, que tinha passado o favoritismo aos portugueses, “é um bom sinal, de qualidade e de uma equipa forte”, ainda que tenha elencado os gregos como “uma boa equipa”, com um treinador a fazer “um excelente trabalho”.

“Temos tudo para fazer um excelente jogo, independentemente de ser a primeira partida oficial. [Ganhar] é o grande objetivo“, atirou.

https://www.instagram.com/p/CFIZt3zgjqQ/

Descartando a pressão “zero” que sente, uma marca “dos grandes treinadores e equipas”, o Benfica tem “responsabilidade de passar a eliminatória”, com vista a chegar à fase de grupos.

Sobre a pandemia de covid-19, doença com a qual está infetado o guarda-redes Mile Svilar, Jesus disse que é preciso “saber conviver com a covid-19” e lembrou que, no Flamengo, teve 11 jogadores infetados.

Ainda assim, o lado negativo da pandemia prende-se com os jogos à porta fechada, defende o técnico, porque este sistema, a uma só mão e sem adeptos, “não beneficia ninguém, nem quem joga fora nem quem joga em casa”.

Falta “a mesma adrenalina”, afiançou, mas ainda assim este primeiro jogo oficial dos lisboetas “é uma final”, que se enquadra na ambição de Jesus e do Benfica de “chegar o mais longe possível nas competições europeias”.

Também presente na conferência de imprensa em Salónica, o médio Pizzi disse que o Benfica entra “em todos os jogos para vencer” e, para isso, os jogadores terão de “entrar fortes, concentrados e determinados”.

“Temos vindo a trabalhar muito bem nesta pré-época, a assimilar as ideias do treinador. (…) Os reforços são jogadores de muita qualidade, vêm acrescentar muita coisa à nossa equipa”, afirmou.

Sobre a formação de Salónica, o internacional português destaca os “bons jogadores” e um treinador “com provas dadas no futebol português” e que garante equipas com “uma maneira muito positiva de jogar”, o que permite “um grande jogo, difícil, contra uma equipa de qualidade”.

Abel não esconde favoritismo do Benfica

O treinador do PAOK, Abel Ferreira, assumiu o “objetivo” de atingir, pela primeira vez, a fase de grupos da Liga dos Campeões de futebol, embora admitindo que o Benfica é favorito para o embate da terceira pré-eliminatória.

“O Benfica é favorito, não vamos esconder isso, mas o PAOK quer fazer história, tem o objetivo de passar à próxima fase e é isso que vamos procurar fazer”, afirmou o técnico português, na conferência de imprensa de antevisão da partida.

Depois de ter eliminado o Besiktas, na segunda pré-eliminatória, a formação grega está decidida a ultrapassar o Benfica nesta eliminatória a um só jogo, para seguir para os ‘play-offs’ e ficar ainda mais próxima de uma inédita presença na fase de grupos da ‘Champions’.

“Temos a mesma pressão que tínhamos contra o Besiktas. Aliás, agora até aumentei a pressão, porque [a qualificação] deixou de ser um sonho e passou a ser um objetivo. Quem representa o PAOK tem de estar preparado para vencer qualquer adversário e em qualquer estádio”, vincou o antigo técnico do Sporting de Braga, de 41 anos.

Embora considere que o Benfica “tem um bom treinador, bons jogadores e fez um dos maiores investimentos da história”, Abel Ferreira assegurou que os ‘encarnados’ vão ter pela frente “uma equipa com muita ambição e disciplina”, reforçando: “Enquanto treinador, sempre fui habituado a fazer mais com menos. Foi assim que cresci como treinador.”

O sérvio Andrija Zivkovic, que há poucas semanas reforçou o PAOK, depois de rescindir contrato com o Benfica, mereceu elogios de Abel Ferreira, que se regozijou com a chegada de “um jogador de muita qualidade” ao plantel da formação helénica.

Por outro lado, o treinador lamentou a ausência de público nas bancadas do estádio Toumba, face à pandemia de covid-19, salientando que “a força” do clube de Salónica “vem muito também dos seus adeptos”, que acrescentam “mais 50% de motivação, ambição e exigência” à equipa.

Já o defesa José Ángel Crespo antecipou “um jogo difícil”, perante um Benfica que é “uma grande equipa, agressiva, que faz muita pressão quando não tem a bola, com um grande jogo entre linhas e com muita qualidade individual”.

“Conhecemos a equipa um pouco melhor por termos jogado com eles há dois anos [nos ‘play-offs’ da Liga dos Campeões], mas eles também mudaram muitos jogadores. É uma grande equipa, mas vamos dar o nosso melhor”, disse o espanhol.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …

Emirados Árabes Unidos anunciam missão espacial à Lua para 2024

Um alto responsável dos Emirados Árabes Unidos disse hoje que o país tenciona enviar para a Lua uma nave com um veículo não tripulado em 2024. O desejo de pisar a lua é uma ambição de …

Exército norte-americano quer ter acesso à rede de satélites da SpaceX

O exército dos Estados Unidos está de olho na Starlink, a constelação de satélites da SpaceX, cujo CEO é o multimilionário Elon Musk e que tem como objetivo levar Internet de banda larga a todos …

Portugal tem cada vez menos água disponível

Portugal tem cada vez menos água disponível e nos próximos cem anos a precipitação em certas regiões do país, como o Algarve, pode sofrer uma redução de até 30%, alertou esta terça-feira a Associação Natureza …

Tel Aviv vai ter estradas elétricas que recarregam autocarros em movimento

Tel Aviv, em Israel, está a trabalhar na criação de estradas elétricas sem fios para carregar e fornecer energia aos transportes públicos da cidade. As estradas elétricas são parte de um programa piloto liderado pelo município …

Suicídio entre militares norte-americanos aumenta 20% em época de covid-19

Os suicídios entre os militares subiram 20% este ano em comparação com o mesmo período de 2019, registando-se um aumento nos incidentes de comportamento violento à medida que as tropas lutam contra a covid-19 e …

Turista apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma. Arrisca ser condenado a prisão

Um turista foi apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma, em Itália, e arrisca ser punido com um até um ano de prisão. De acordo com o diário italiano La Repubblica, o turista, …

Função Pública. Fesap exige subida de remuneração mínima para 693 euros

A Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap) exige que a primeira posição da Tabela Remuneratória Única avance para 693,13 euros em 2021 e uma atualização do subsídio de refeição para seis euros. Estas duas medidas …