Benfica 2-1 Santa Clara | “Águia” sofrível arranca vitória a ferros

Foi com muito sofrimento à mistura que o Benfica alcançou uma vitória arrancada a ferros, a culminar mais uma exibição que deverá ter deixado Jorge Jesus com mais cabelos brancos.

Na 29ª jornada da Liga NOS, o triunfo sorriu ao emblema da Luz por 2-1, na recepção ao Santa Clara, mas a forma como os ilhéus chegaram a banalizar os “encarnados”, com um futebol envolvente, agressivo, organizado e dinâmico, que apenas pecou no momento da finalização, merecia outro resultado. Carlos Júnior (na própria baliza), Anderson Carvalho e Chiquinho foram os marcadores de serviço no final da tarde desta segunda-feira no Estádio da Luz. 

O jogo explicado em números

  • Weigl e Everton foram novidades nas escolhas iniciais de Jorge Jesus, em sentido inverso Gabriel (a cumprir um jogo de castigo) e Taarabt (problemas físicos) ficaram de fora, comparativamente com o “onze” que defrontou o Portimonense. Do lado açoriano, que empatou ante o Moreirense, Fábio Cardoso (castigado) foi substituído por João Afonso.
  • Aos 11 minutos o perigo já tinha rondado as duas balizas. Allano foi o autor dos dois remates desenquadrados dos visitantes e Carlos Júnior obrigou Helton Leite a mostrar reflexos. Everton e Pizzi protagonizaram os lances por parte dos donos da casa, que tentavam assumir as despesas do encontro diante de um opositor que era agressivo a defender e tentava atacar de forma rápida e objectiva.
  • Numa fase em que o Santa Clara dominava e ia desperdiçando algumas boas situações de perigo, foi o Benfica a inaugurar o marcador numa rara aparição na área adversária. Everton centrou e Carlos Júnior, com as coordenadas trocadas, cabeceou em direcção à baliza açoriana e apontou um autogolo, decorria o minuto 26. 
  • Em cima dos 30 minutos, Seferovic fez o mais difícil e desperdiçou flagrante ocasião para ampliar a vantagem na sequência de um cruzamento bem gizado por Diogo Gonçalves. Na resposta, Carlos Júnior cabeceou e levou perigo à baliza “encarnada”. Os números diziam que a equipa de Daniel Ramos já tinha seis remates (dois enquadrados), face aos quatro das “águias” (todos desenquadrados), que tinham 60% da posse. Helton Leite, com duas intervenções importantes, era a unidade em destaque nesta fase da partida, com um rating de 6.2.
  • Intervalo Os primeiros 47 minutos de acção na Luz poderão ser vistos de dois prismas. Para os lisboetas, a vantagem de um 1-0 era muito melhor do que a exibição e praticamente caiu do céu, face a mais uma prestação cinzenta que colocou a nu as diversas maleitas que a formação tem apresentado ao longo de toda a época – falta de pressão, pouca dinâmica e imaginação na construção dos lances ofensivos e muita descoordenação entre sectores. Na outra face da moeda, estavam os açorianos que desde os instantes iniciais demonstraram ao que vinham, conseguiram a pressionar a primeira fase de construção contrária, eram cirúrgicos e objectivos sempre que tinham a bola e apenas pecaram na finalização e na mira trocada de Carlos Júnior. Helton Leite, com duas defesas, 100% de acerto nos 12 passes feitos e 23 acções com a bola, era o melhor em campo com GoalPoint Rating de 6.2. Anderson Carvalho, autor de dois passes para finalização, cinco recuperações de bola e quatro desarmes, era o melhor homem do Santa Clara.
  • No regresso, a toada prosseguiu e só dava Santa Clara, que ameaçou em duas ocasiões, primeiro por intermédio de Cryzan (53′),  pouco depois foi Anderson (54′) a atirar ao lado. Aos 56 minutos, Otamendi falhou em zona proibitiva, mas Carlos Júnior não foi a tempo de rematar e, aos 60, Helton voou e impediu o empate por parte de Rafael Ramos.
  • A falta de agressividade sobre o portador da bola por parte dos vice-campeões nacionais acabava por estender uma espécie de passadeira no corredor central que os açorianos iam aproveitando para dominar: tinham 12 remates (quatro enquadrados), face aos sete (nenhum no alvo) por parte dos da casa, que na etapa complementar ainda não tinham visado a baliza dos forasteiros.
  • Aos 62 minutos, e sem qualquer tipo de surpresa, o Santa Clara alcançou o merecido golo que tanto procurou. A pressão alta funcionou na perfeição, Lincoln bloqueou um passe de Otamendi, a bola sobrou para Cryzan que centrou e Anderson Carvalho atirou com precisão para o fundo das redes benfiquistas. Foi o 14º remate dos visitantes contra sete do Benfica.
  • Contra a corrente, o Benfica voltou a colocar-se na liderança do marcador na primeira vez que enquadrou um remate no alvo: Rafa arrancou, Diogo Gonçalves centrou e Chiquinho, de primeira, com o pé esquerdo, rematou de forma certeira para carimbar o 2-1 à passagem do minuto 73. Foi o segundo golo do médio na prova e o quarto no decurso da temporada, já Diogo Gonçalves chegou à quinta assistência no campeonato.
  • A dez minutos dos 90, Diogo Gonçalves voltou a oferecer um golo em bandeja, mas nem Seferovic, nem Darwin lograram chegar à bola, e cinco minutos volvidos, Pedrinho falhou o alvo, finalizando uma das melhores acções que a equipa da Luz conseguiu criar. Aos 88, Darwin definiu mal uma jogada que poderia ter terminado de outra forma.
  • Já em período de descontos, Nené ameaçou o empate, mas Helton Leite, a dois tempos, travou a investida açoriana. Dos 16 remates do conjunto de São Miguel, sete levaram a direcção da baliza.
  • Os “encarnados” conseguiram aproveitar o triunfo para dilatar a vantagem na corrida pelo terceiro lugar. Por sua vez, o Santa Clara, que sofre golos fora de casa há 14 jornadas consecutivas, e apenas venceu uma vez nas últimas seis rondas da competição.

O melhor em campo GoalPoint

Óptima “performance” de Anderson Carvalho, que ordenou as iniciativas da equipa e brilhou a grande altura. Sempre de cabeça levantada, foi o “maestro” dos açorianos. Marcou um tento num dos dois remates que fez, delineou dois passes para finalização, acertou 80% dos passes feitos (24 certos em 30 tentados), recuperou a posse em nove ocasiões, fez seis desarmes e amealhou quatro acções defensivas no meio-campo do Benfica. Fruto de tudo o que foi descrito, o médio foi o MVP da partida com GoalPoint Rating de 7.6.

Miguel A. Lopes / Lusa



Jogadores em foco

  • Diogo Gonçalves 7.1 – Uma espécie de oásis no deserto de ideias benfiquista. Mais uma vez, o internacional sub-21 esteve envolvido em quase todas as acções perigosas da equipa, demonstrando que é uma das unidades em melhor forma da equipa neste período da temporada. Desta feitas ofereceu o 2-1 a Chiquinho, realizou mais outros dois passes para finalização que Seferovic e Darwin não conseguiram aproveita e recuperou a bola em cinco oportunidades.
  • Helton Leite 6.9 – Trabalho não faltou ao guardião face à avalancha de ocasiões criadas pelos contrários. Das seis intervenções que fez, quatro foram de elevado grau de dificuldade. Na retina, a forma como negou o 1-1 a Rafael Ramos perto dos 60 minutos.
  • Lincoln 6.2 – Um médio a pedir outros patamares. Muita qualidade imprimida pelo brasileiro, que foi um dos principais dínamos do Santa Clara. A destacar, os três passes para finalização, oito recuperações feitas, 44 acções com o esférico e a forma como acreditou e roubou a bola a Otamendi na jogada que culminou no 1-1. A melhorar os quatro maus controlos de bola que teve.
  • Chiquinho 6.2 – Um remate, um golo de belo efeito e uma ajuda preciosa à formação “encarnada” numa fase em que os homens de JJ estavam à deriva. Em apenas 33 minutos, o médio voltou a demonstrar que merece mais oportunidades entre as primeiras escolhas.
  • Allano 5.8 – Enquanto teve “pilhas”, foi um pesadelo à solta na Luz, rápido e vertical, esteve em todo o lado e baralhou as contas aos defensores adversários. As sete faltas que sofreu – máximo na partida – atestam isso mesmo. Saiu aos 77 minutos completamente esgotado.
  • Otamendi 4.7 – Recuperou a bola em seis ocasiões, as mesmas em que perdeu o esférico, e ficou umbilicalmente ligado ao golo açoriano. Exibição sofrível do experiente defesa-central.

GoalPoint

  // GoalPoint

PARTILHAR

RESPONDER

Pessoas a explorar o mapa 3D mais detalhado do Universo com realidade virtual

Google Earth do Espaço. Já é possível navegar pelo mapa mais detalhado do Universo

Investigadores da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, lançaram este mês um software de código aberto que permite visitas virtuais ao Espaço. O Virtual Reality Universe Project (VIRUP) utiliza o maior conjunto de dados do …

Otamendi e Vertonghen disputam a bola com Lewandowski

Benfica 0-4 Bayern | Primeiro a ilusão, depois o rolo bávaro

A ilusão durou 70 minutos. Ao longo de toda a partida, o Bayern foi melhor, criou inúmeros lances de golo, viu dois anulados, acertou no ferro, Vlachodimos fez defesas importantes, mas o Benfica deu luta, …

China quer punir pais de crianças mal-educadas

O regime chinês está a analisar um projeto de lei que prevê que os pais possam ser punidos se os seus filhos exibirem um mau comportamento ou cometerem crimes. De acordo com a agência Reuters, o …

Rui Moreira com Francisco Rodrigues dos Santos e Carlos Moedas

Rui Moreira promete manter a "identidade do Porto" e concluir os projetos que a pandemia atrasou

O presidente da Câmara Municipal do Porto tomou posse, esta quarta-feira, e comprometeu-se a "tudo fazer" para manter a identidade do Porto e a concluir os projetos que a pandemia atrasou. "Quero concluir os projetos que …

Já há um medicamento para tratar a covid-19 em casa (e vários países assinaram acordos de compra)

Países asiáticos já estão na luta pelo novo comprimido antiviral, cujo uso ainda nem sequer foi autorizado, contra a covid-19. Países da região asiática estão já a fazer encomendas da mais recente arma contra a covid-19: …

A Facebook vai implementar uma nova estratégia e o nome vai ser das primeiras coisas a mudar

As últimas semanas têm sido tumultuosas para a empresa de Mark Zuckerberg, que se viu confrontada com os testemunhos de antigos trabalhadores no Senado norte-americano. As notícias da última semana que resultaram do testemunho, no Senado …

Cadetes da Escola Naval investigados por alegados comportamentos abusivos

A Marinha está a investigar uma denúncia sobre alegados comportamentos abusivos entre cadetes da Escola Naval. "A Marinha informa que hoje, 19 de outubro, teve conhecimento de uma denúncia sobre alegados comportamentos abusivos praticados entre cadetes …

Índia. "Montanha de lixo" que garante sobrevivência de pobres será substituída por estação de tratamento

As "montanhas de lixo" das cidades da Índia em breve serão substituídas por estações de tratamento de detritos. A maior de todas — equivalente a um prédio de 18 andares — garante a sobrevivência de …

Candidatura de Nuno Melo acusa direção de não facultar cadernos eleitorais e de sanear senadores

A candidatura de Nuno Melo à liderança do CDS-PP acusou, esta quarta-feira, os opositores de não facultarem os cadernos eleitorais nem possibilitarem a fiscalização da eleição de delegados ao congresso, apontando também a substituição de …

Bolsonaro acusado de nove crimes pela comissão de inquérito sobre gestão da pandemia

O relatório apresentado, esta quarta-feira, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado brasileiro pede o indiciamento do Presidente por nove crimes durante a pandemia de covid-19. No texto, com mais de 1200 páginas, pede-se que …