Bebés aprendem melhor se dormirem a seguir

D. Garding / Flickr

-

As longas sestas são essenciais para a aprendizagem na primeira infância, de acordo com um estudo da Universidade de Sheffield.

Pesquisas com 216 bebés de até 12 meses indicam que estes não conseguiam recordar novas tarefas se não tirassem uma longa sesta pouco depois de aprender alguma coisa nova.

A equipa de investigadores da Universidade de Sheffield sugere que o melhor momento para aprender parece ser pouco antes de dormir, e enfatiza ainda a importância de ler histórias antes de as crianças dormirem.

Os especialistas acreditam que o sono seja muito mais importante nos primeiros anos de vida do que em outras idades.

As pessoas passam a maior parte do tempo enquanto bebés a dormir, em comparação com outros anos da vida. Apesar disso, os investigadores de Sheffield e da Ruhr University Bochum, na Alemanha, dizem que “pouco se sabe” a respeito do papel desempenhado pelo sono no primeiro ano de vida do bebé.

Aprender, dormir, repetir

Os cientistas ensinaram novas tarefas, sob a forma de brincadeiras com marionetas, a bebés de 6 a 12 meses de idade.

Metade dos bebés dormiu até quatro horas depois da aprendizagem, enquanto os demais não dormiram ou tiraram sestas curtas, de menos de 30 minutos.

No dia seguinte, os bebés foram estimulados a repetir o que tinham aprendido.

Os resultados, publicados na revista Proceedings of the National Academy of Sciences, mostram que o ato de “dormir como um bebé” foi vital para a aprendizagem.

Em média, uma tarefa e meia puderam ser repetidas após uma longa sesta.

Por comparação, os bebés não conseguiam repetir nenhuma tarefa se não tivessem dormido o suficiente.

“Os que dormiram após aprender conseguiram assimilar bem; os que não dormiram não aprenderam nada”, disse à BBC Jane Herbert, do departamento de psicologia da Universidade de Sheffield.

A investigadorea explicou que se presumia que os bebés conseguiam aprender melhor quando estavam mais despertos. No entanto, “talvez os eventos ocorridos pouco antes do sono sejam os mais importantes”.

As descobertas mostraram também o quão valioso é ler livros com as crianças antes de estas dormirem.

Estes resultados são reforçados por um estudo do ano passado que identificou os mecanismos da memória durante o sono, que apontou como novas ligações entre as células cerebrais são formadas durante o sono.

Ressalvas

“Talvez o sono seja muito mais importante em algumas idades do que em outras, mas tudo isso ainda precisa ser estabelecido de forma mais rigorosa”, ressalta o profesor Derk-Jan Dijk, cientista do sono na Universidade de Surrey.

O especialista afirma que os bebés “certamente precisam dormir bastante” para estimular a aprendizagem, mas concentrar essa aprendizagem nos momentos pouco antes de dormir talvez não seja a melhor alternativa.

“O que os dados nos mostram é que dormir depois de aprender é positivo, mas não que estar com sono durante a aprendizagem seja positivo”.

Também há um crescente interesse no sono e na memória no outro extremo da vida: na terceira idade, principalmente levando-se em conta problemas neurodegenerativos, como a demência.

Acredita-se que estimular o sono possa retardar a deterioração da função da memória.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Recurso de Rui Rangel foi distribuído sem sorteio. Procedimento é ilegal

O recurso que opunha o juiz Rui Rangel ao Correio da Manhã foi distribuído diretamente a Orlando Nascimento, atual presidente da Relação de Lisboa, sem que tivesse sido feito o sorteio eletrónico obrigatório por lei, …

"Não pôr o dedo no nariz". Livro medieval ensinava as regras de etiqueta às crianças do século XV

Um livro de boas maneiras do século XV, digitalizado recentemente pela Biblioteca Britânica, está cheio de regras de etiqueta que não são muito diferentes das de hoje. O manuscrito chama-se "The Lytille Childrenes Lytil Boke", as …

Abanca pagou menos de 250 milhões pelo EuroBic

O Abanca ofereceu menos de 250 milhões de euros por 95% do EuroBic, segundo avança o Jornal Económico, o que significa que o banco espanhol avaliou o EuroBic ligeiramente abaixo do múltiplo a que transaciona …

Alegado escritor-fantasma confessa que recebeu pagamentos de Sócrates

Domingos Farinho, alegado escritor-fantasma do livro de José Sócrates "A Confiança no Mundo", confessou que recebeu pagamentos do ex-primeiro-ministro através da RMF Consulting. No requerimento de abertura de instrução que apresentou em janeiro de 2020, o …

Os cavalos perdem quatro dedos no útero

Os cavalos têm apenas um dedo em cada pata, sendo os cascos o equivalente à falange dos nossos dedos médios. No entanto, os seus ancestrais tinham mais dedos em cada pata, variando entre três e …

"Década perdida". Novo Banco com prejuízos de 1.058,8 milhões em 2019

O presidente executivo do Novo Banco disse esta sexta-feira que os últimos dez anos foram uma "década perdida" para a empresa que começou por ser BES e passou em 2014 a Novo Banco, mas …

Estados Unidos assinam acordo de paz com os talibãs no Afeganistão

O presidente norte-americano, Donald Trump, pediu esta sexta-feira aos afegãos para "aproveitar a oportunidade de paz", ao abrigo do acordo de paz que os Estados Unidos vão assinar no sábado com os rebeldes talibãs. A …

Portugal poderá ter um milhão de infetados (e ser decretada quarentena obrigatória)

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, admite que poderá haver um milhão de portugueses infetados pelo Covid-19, 21.000 na semana mais crítica, assegurando que as autoridades de saúde estão a preparar-se para esta possibilidade. “Estamos a …

Descobertos na Sibéria vestígios do Evento de Tunguska, um dos maiores impactos na Terra

Um grupo de investigadores russos que investigam o fenómeno de Tunguska de 1908, o maior impacto terrestre registado na história moderna, descobriu camadas em sedimentos locais que podem conter substâncias de origem extraterrestre. A 30 de …

Exoplaneta gigante pode ter as condições ideais para abrigar vida

Uma equipa de cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, descobriu que o enorme exoplaneta K2-18b - tem duas vezes o tamanho da Terra - pode reunir as condições ideais para abrigar vida. Depois de …