Beber refrigerantes acelera o envelhecimento (tanto como fumar)

lanier67 / Flickr

Afinal, não dá mais vida.

Afinal, não dá mais vida.

Segundo um estudo da UCSF, publicado no American Journal of Public Health, beber diariamente refrigerantes ricos em açúcar pode acelerar o envelhecimento tanto quanto fumar.

Ao que tudo indica, o velho slogan de uma conhecida marca de refrigerantes, “dá mais vida”, não é verdade. Antes pelo contrário.

Segundo um estudo de investigadores da Universidade da Califórnia, de São Francisco, nos Estados Unidos, publicado em 2014 no American Journal of Public Health, o consumo diário de bebidas açucaradas aumenta a velocidade a que as células envelhecem.

A pesquisa mostrou que indivíduos que bebiam o equivalente a duas latas de refrigerante açucarado por dia registaram mudanças no DNA que tornaram as células 4,6 anos mais velhas do que realmente eram.

“O consumo regular de bebidas açucaradas influencia o desenvolvimento de doenças – não apenas desregulando o controlo do metabolismo dos açúcares, mas também acelerando o envelhecimento do tecido celular”, disse à revista da UCSF a psiquiatra Elissa Epel, principal autora do estudo.

A análise de milhares de amostras de DNA mostrou que pessoas que ingerem a bebida regularmente apresentam telómeros mais curtos do que as que não têm esse hábito.

Estas estruturas, encontradas nas extremidades dos cromossomas, protegem o material genético, e são um indicador do estado de saúde do organismo.

Telómeros mais curtos do que a média são vistos como um sinal de doenças e morte prematura.

À medida que o envelhecimento avança, os telómeros ficam cada vez mais curtos, o que danifica o DNA e aumenta as probabilidades de doenças relacionadas com a idade, como o Alzheimer,

Este estudo foi a primeira prova de ligação das bebidas açucaradas ao tamanho dos telómeros – e veio juntar-se a uma longa lista de estudos a associar o consumo de refrigerantes à obesidade, diabetes tipo 2, doenças cardíacas, e a um aumento da mortalidade em todo o mundo.

ZAP / Move

PARTILHAR

RESPONDER

Os cavalos perdem quatro dedos no útero

Os cavalos têm apenas um dedo em cada pata, sendo os cascos o equivalente à falange dos nossos dedos médios. No entanto, os seus ancestrais tinham mais dedos em cada pata, variando entre três e …

"Década perdida". Novo Banco com prejuízos de 1.058,8 milhões em 2019

O presidente executivo do Novo Banco disse esta sexta-feira que os últimos dez anos foram uma "década perdida" para a empresa que começou por ser BES e passou em 2014 a Novo Banco, mas …

Estados Unidos assinam acordo de paz com os talibãs no Afeganistão

O presidente norte-americano, Donald Trump, pediu esta sexta-feira aos afegãos para "aproveitar a oportunidade de paz", ao abrigo do acordo de paz que os Estados Unidos vão assinar no sábado com os rebeldes talibãs. A …

Portugal poderá ter um milhão de infetados (e ser decretada quarentena obrigatória)

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, admite que poderá haver um milhão de portugueses infetados pelo Covid-19, 21.000 na semana mais crítica, assegurando que as autoridades de saúde estão a preparar-se para esta possibilidade. “Estamos a …

Descobertos na Sibéria vestígios do Evento de Tunguska, um dos maiores impactos na Terra

Um grupo de investigadores russos que investigam o fenómeno de Tunguska de 1908, o maior impacto terrestre registado na história moderna, descobriu camadas em sedimentos locais que podem conter substâncias de origem extraterrestre. A 30 de …

Exoplaneta gigante pode ter as condições ideais para abrigar vida

Uma equipa de cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, descobriu que o enorme exoplaneta K2-18b - tem duas vezes o tamanho da Terra - pode reunir as condições ideais para abrigar vida. Depois de …

A Terra pode ter uma nova (e temporária) mini-lua

A Terra pode ter um novo vizinho, ainda que temporário. Astrónomos do Catalina Sky Survey, programa financiado pela NASA, acreditam ter identificado um asteróide que ficou preso na gravidade da Terra - pode ser a …

Príncipe italiano vende massa fresca numa roulote nos Estados Unidos

O príncipe italiano Emanuele Filiberto é dono da "Princípe de Veneza", a única roulote que vende massa fresca em Los Angeles, nos Estados Unidos. Harry e Meghan Markle podem bem pôr os olhos neste exemplo de …

Há 140 anos, "choveu" carne nos Estados Unidos (e ainda não se sabe porquê)

Há 140 anos, em 1876, uma quinta no estado norte-americano de Kentucky testemunhou uma "chuva" de carne cuja origem permanece um mistério. Tudo começou quando, em 3 de março de 1876, a mulher do agricultor Allen …

"Posso sempre confiar" nos americanos. Coleção de cartas manuscritas da princesa Diana vai a leilão

Em 25 de junho de 1997, alguns meses antes da morte da princesa Diana em agosto, dezenas dos seus vestidos foram leiloados na Christie's, em Nova Iorque. Agora, algumas das suas cartas manuscritas sobre esse …