A vida veio do Espaço? Encontradas bases de ADN e ARN em meteoritos

4

CC0 Public Domain

Uma equipa de cientistas descobriu os quatro blocos de construção de ADN em amostras de meteoritos. A descoberta sugere que as rochas espaciais podem ter entregue à Terra os compostos para a origem da vida.

Há um total de 5 nucleobases no ADN e ARN: citosina, guanina e adenina (encontradas tanto no ADN como no ARN), timina (encontrada apenas no ADN) e uracil (encontrada apenas no ARN).

O ADN tem uma estrutura em espiral que consiste em pares destas moléculas. Duas destas quatro nucleobases – adenina e guanina, que pertencem a um grupo de compostos químicos chamados purinas – foram detetadas, pela primeira vez, em meteoritos nos anos 60.

Recentemente, uma equipa da Universidade de Hokkaido, no Japão, identificou as duas nucleobases de ADN restantes – citosina e timina, conhecidas como pirimidinas – em vários meteoritos.

Segundo a New Scientist, os investigadores encontraram as moléculas em cerca de 2 gramas de rocha de três meteoritos. As nucleobases contêm as instruções para construir e operar toda a vida na Terra, mas, até agora, só tinham sido encontradas três destas moléculas em amostras extraterrestres.

Temos agora evidências que completam o conjunto de nucleobases usado na vida que conhecemos hoje e que podia estar disponível na Terra quando surgiu a vida”, resumiu Danny Glavin, co-autor do estudo e membro da equipa do Goddard Space Flight Center, da NASA.

As rochas que continham nucleobases podem ter atingido a Terra entre 4 e 3,8 mil milhões de anos atrás, no Bombardeamento Pesado Tardio. O fenómeno precede os mais antigos fósseis micróbios conhecidos, que têm cerca de 3,4 mil milhões de anos.

O artigo científico foi publicado, no dia 26 de abril, na Nature Communications.

  ZAP //

4 Comments

  1. Nós somos os ET’s. Essa pelo menos é a minha teoria. E o mais certo é que os primórdios de vida do planeta Terra tenham vindo de Marte, através de poeiras cósmicas. Digo eu…

  2. Lá se vai a teoria de Oparin, ou não….. a terra formou-se a partir de poeiras cósmicas, por isso é natural que sejamos originários dessas poeiras cósmicas. Podiam era estudar a possibilidade de mais poeiras cósmicas darem origem a planetas com vida e aonde eles estarão.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.