Bancos emprestaram 47 milhões por dia às famílias

Os bancos emprestaram, em média, 47 milhões por dia desde janeiro. Os créditos concedidos para compra de casa e bens de consumo continuam a subir.

Só no mês de junho, foram emprestados mil milhões para crédito à habitação e 631 milhões para consumo, avança esta sexta-feira o jornal Público.

Estes números refletem uma subida acentuada no dinheiro concedido a particulares, precisamente no mês anterior à aplicação de regras mais apertadas pelo Banco de Portugal (BdP) no sentido de travar e evitar o endividamento excessivo das famílias.

Os números de junho – que em relação ao crédito à habitação representam o valor mais alto desde 2010, e no crédito ao consumo, apesar de uma queda de 5,7% face a Maio, representam um crescimento de 16% em termos homólogos – fecham um semestre que foi de grande aceleração.

Segundo o diário, de janeiro a junho, o crédito à habitação e ao consumo totalizou cerca de 8500 milhões de euros, o que corresponde a um ritmo diário de 47 milhões de euros por dia. No primeiro semestre de 2017, o valor totalizou 6951 milhões de euros, 38,6 milhões de euros por dia.

De acordo com o inquérito feito pelo Banco de Portugal, no mês passado, os cinco maiores bancos do mercado português justificam este aumento da concessão de crédito com “a menor restritividade (ou maior flexibilidade) dos critérios de concessão de empréstimos às famílias para aquisição de habitação”.

Para o terceiro trimestre, mesmo com as regras um pouco mais “apertadas”, em vigor desde 1 de julho, os bancos antecipam uma nova previsão de “menor restritividade líquida dos critérios aplicados à concessão de crédito nos três segmentos (empresas, habitação e consumo)”.

Os resultados do inquérito do BdP revelam que a procura líquida de empréstimos para aquisição de habitação continuou a ser impulsionada em grande parte pelo “nível geral baixo das taxas de juro, pelas perspetivas favoráveis para o mercado da habitação e pela confiança dos consumidores”.

Por outro lado, frisa o Público, as taxas de juro continuam em níveis historicamente baixos, a revelar a prática de spreads (margem comercial) mais baixos, que é um dos indicadores de forte concorrência entre bancos.

O crédito à habitação acumulado no primeiro semestre ascendeu a 4774 milhões de euros, seguido muito de perto pelos 3688 milhões do crédito ao consumo. Dentro do crédito ao consumo, a compra de automóveis foi responsável por cerca de 1500 milhões, outro tanto foi para diferentes créditos pessoais (equipamentos, férias, consolidado e outros) e 530 milhões foi registado em crédito ordenado e autorizações de crédito nos cartões de crédito.

O crédito à habitação é o que mais preocupa o Banco de Portugal, pela sua dimensão e porque o supervisor vê sinais de sobrevalorização nas maiores cidades.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O Ártico pode ficar sem gelo no verão de 2044

As mudanças climáticas provocadas pelo Homem estão muito perto de tornar o Ártico livre de gelo, já a partir do verão de 2044. Um artigo científico, publicado recentemente na Nature Climate Change por investigadores da Universidade …

Estamos sozinhos no Universo? Cientistas detalham que exoplanetas poderiam albergar vida

Através da modelagem climática, uma equipa de cientistas da Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos, apontou que tipo de planetas têm maior probabilidade de serem habitáveis. A descoberta pode ajudar os astrónomos a selecionar áreas …

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …