Bancos emprestaram 47 milhões por dia às famílias

Os bancos emprestaram, em média, 47 milhões por dia desde janeiro. Os créditos concedidos para compra de casa e bens de consumo continuam a subir.

Só no mês de junho, foram emprestados mil milhões para crédito à habitação e 631 milhões para consumo, avança esta sexta-feira o jornal Público.

Estes números refletem uma subida acentuada no dinheiro concedido a particulares, precisamente no mês anterior à aplicação de regras mais apertadas pelo Banco de Portugal (BdP) no sentido de travar e evitar o endividamento excessivo das famílias.

Os números de junho – que em relação ao crédito à habitação representam o valor mais alto desde 2010, e no crédito ao consumo, apesar de uma queda de 5,7% face a Maio, representam um crescimento de 16% em termos homólogos – fecham um semestre que foi de grande aceleração.

Segundo o diário, de janeiro a junho, o crédito à habitação e ao consumo totalizou cerca de 8500 milhões de euros, o que corresponde a um ritmo diário de 47 milhões de euros por dia. No primeiro semestre de 2017, o valor totalizou 6951 milhões de euros, 38,6 milhões de euros por dia.

De acordo com o inquérito feito pelo Banco de Portugal, no mês passado, os cinco maiores bancos do mercado português justificam este aumento da concessão de crédito com “a menor restritividade (ou maior flexibilidade) dos critérios de concessão de empréstimos às famílias para aquisição de habitação”.

Para o terceiro trimestre, mesmo com as regras um pouco mais “apertadas”, em vigor desde 1 de julho, os bancos antecipam uma nova previsão de “menor restritividade líquida dos critérios aplicados à concessão de crédito nos três segmentos (empresas, habitação e consumo)”.

Os resultados do inquérito do BdP revelam que a procura líquida de empréstimos para aquisição de habitação continuou a ser impulsionada em grande parte pelo “nível geral baixo das taxas de juro, pelas perspetivas favoráveis para o mercado da habitação e pela confiança dos consumidores”.

Por outro lado, frisa o Público, as taxas de juro continuam em níveis historicamente baixos, a revelar a prática de spreads (margem comercial) mais baixos, que é um dos indicadores de forte concorrência entre bancos.

O crédito à habitação acumulado no primeiro semestre ascendeu a 4774 milhões de euros, seguido muito de perto pelos 3688 milhões do crédito ao consumo. Dentro do crédito ao consumo, a compra de automóveis foi responsável por cerca de 1500 milhões, outro tanto foi para diferentes créditos pessoais (equipamentos, férias, consolidado e outros) e 530 milhões foi registado em crédito ordenado e autorizações de crédito nos cartões de crédito.

O crédito à habitação é o que mais preocupa o Banco de Portugal, pela sua dimensão e porque o supervisor vê sinais de sobrevalorização nas maiores cidades.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Rui Pinto no Twitter: "Travessia do deserto” terminou mas a “luta continua”

Rui Pinto assumiu que a “árdua e longa ‘travessia do deserto’” chegou ao fim, aludindo à sua libertação, mas avisou que “a luta continua”, pois Portugal “continua um paraíso para a grande corrupção” e branqueamento …

PJ deteve suspeita de atear fogo florestal no Parque Nacional da Peneda-Gerês

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher de 57 anos suspeita de atear um incêndio florestal registado em 4 de agosto no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), no concelho de Terras de Bouro. Em …

Mais duas mortes e 120 novos casos. Lisboa com 60% dos novos infetados

Portugal regista esta segunda-feira mais duas mortes, 120 novos casos de infeção por covid-19 e 160 curados em relação a segunda-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). O número de pessoas internadas é …

Encontrado cadáver com 30 anos em mansão abandonada em Paris

As obras de reforma numa mansão abandonada em Paris tiveram de ser suspensas inesperadamente depois de trabalhadores terem descoberto um cadáver a decompor-se na cave há 30 anos. De acordo com o jornal britânico The Guardian, …

Quase cem mil crianças contraíram a covid-19 em apenas duas semanas nos Estados Unidos

Noventa e sete mil crianças norte-americanas foram identificadas como infetadas com o novo coronavírus (covid-19) nas últimas semanas de julho. Os números relativos a estas duas semanas são avançados pela empresa norte-americana, que cita um relatório …

A1 terá novo acesso em Grijó no sentido sul/norte em 2021

A autoestrada A1 terá em 2021 um novo acesso em Grijó, concelho de Vila Nova de Gaia, no sentido sul/norte, revelou esta segunda-feira o presidente da autarquia que acredita que, com este projeto, o nó …

Tiros em frente à Casa Branca levam à retirada de Trump de conferência de imprensa

Um agente do Serviço Secreto retirou, esta segunda-feira, o Presidente norte-americano da sala na Casa Banca na qual estava a começar uma conferência de imprensa. O período em que Donald Trump esteve fora da sala foi …

Nani candidato a melhor jogador nos Estados Unidos

Internacional português e o colega João Moutinho (este para melhor jovem) estão na corrida para os prémios e também para o onze. Os futebolistas portugueses Nani e João Moutinho, ambos do Orlando City, estão entre os …

102 dias depois, coronavírus regressa à Nova Zelândia

A Nova Zelândia anunciou a sua primeira infeção por coronavírus transmitida localmente em 102 dias esta terça-feira, o que levou a primeira-ministra do país a emitir uma ordem de confinamento em Auckland, a maior cidade …

Taiwan acusa China de querer fazer da ilha o "próximo Hong Kong"

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Taiwan, Joseph Wu, disse que há pressão da China sobre a ilha para aceitar condições políticas que farão de Taiwan o próximo Hong Kong. A Presidente de Taiwan recebeu esta …