As bactérias do pó da cama podem tornar os bebés mais saudáveis

Investigadores da Universidade de Copenhaga descobriram uma ligação entre os micro-organismos que vivem no pó das camas dos bebés e o microbioma das próprias crianças.

As nossas camas estão repletas de vida microbiana, invisível ao olho humano, que pode afetar o modo como os micro-organismos se desenvolvem no nosso corpo, nos primeiros anos de vida.

De acordo com a Futurity, a correlação sugere que os micro-organismos podem afetar a forma como nos tornamos resilientes a várias doenças, reduzindo o risco de uma criança desenvolver asma, alergias e doenças autoimunes quando crescer.

Um estudo publicado recentemente, cujo objetivo foi determinar quais os factores ambientais que afetam a composição dos micro-organismos no pó da cama e a relação entre eles e as bactérias nas vias respiratórias das crianças, analisou amostras do pó da cama de 577 bebés antes de as comparar com amostras respiratórias de 542 crianças.

“Vemos uma relação entre as bactérias que encontramos no pó das camas e as que encontramos nas crianças. Embora não sejam as mesmas, é uma descoberta interessante que sugere que essas bactérias se afetam umas às outras. Pode vir a ter um impacto na redução dos riscos de asma e alergia no futuro”, disse Søren J. Sørensen, autor principal do artigo e professor do departamento de biologia da Universidade de Copenhaga.

Já se sabia que uma grande diversidade de micro-organismos em casa contribui para o desenvolvimento da resistência de uma criança a uma série de doenças e alergias – e as camas podem ter muitas bactérias, fungos microscópicos e outros micro-organismos.

“Sabemos que os micro-organismos que vivem dentro de nós são importantes para a nossa saúde, no que diz respeito à asma e às alergias por exemplo, mas também relativamente à diabetes [tipo 2] e à obesidade. Mas, para melhorar o tratamento destas doenças, precisamos de entender os processos pelos quais os micro-organismos surgem durante os primeiros estágios da vida. E parece que a cama desempenha um papel”, diz Sørensen.

Além disso, o investigador considera que “a troca constante de lençóis pode não ser necessária”, mas que o assunto ainda precisa de ser aprofundado para ter a certeza.

Morar no campo pode ser mais benéfico

Os investigadores encontraram 930 tipos diferentes de bactérias e fungos no pó recolhido das camas de bebés com cerca de seis meses de idade e descobriram que a riqueza de bactérias dependia muito do tipo de habitação de onde foi recolhida a amostra.

Além disso, entenderam que as casas rurais tinham níveis significativamente mais elevados de bactérias em comparação com os apartamentos de zonas citadinas.

“Vários estudos mostram que os moradores das cidades têm uma flora intestinal menos diversificada do que as pessoas que vivem em ambientes mais rurais. Isso normalmente é atribuído ao facto de passarem mais tempo ao ar livre e terem mais contacto com a natureza. O nosso estudo demonstra que as mudanças na flora bacteriana da poeira da cama também podem ser uma razão importante para isso”, diz Sørensen.

Animais de estimação, irmãos mais velhos e viver numa zona rural são factores que contribuem para reduzir o risco de desenvolver doenças autoimunes. Mas, agora, os autores pretendem investigar mais a fundo a relação entre as diferenças na flora bacteriana do pó da cama e o desenvolvimento de doenças, como asma e alergias.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Encontrado cemitério perto do campo de concentração de Auschwitz

Um residente local descobriu cerca de 12 crânios humanos e vários ossos na margem do rio que atravessa a cidade vizinha de Oswiecim, perto de Auschwitz. As autoridades estão a investigar se os restos mortais …

Taiwan vai ter uma enfermaria hospitalar feita de lixo reciclado

O Hospital da Universidade Católica Fu Jen, em Taipei, capital de Taiwan, vai ter a primeira enfermaria hospitalar do mundo construída com materiais reciclados. Quando a pandemia da covid-19 apareceu, o arquiteto e engenheiro taiwanês Arthur Huang …

Turquia 0-3 Itália | Euro arranca com vitória italiana

A Itália, campeã europeia em 1968, venceu hoje a Turquia por 3-0, no encontro inaugural do Euro2020 de futebol, disputado no Estádio Olímpico de Roma, a contar para a primeira jornada do Grupo A. A 16.ª …

"Exército" de cabras ajuda a prevenir incêndios florestais na Califórnia

A Califórnia soltou um "exército" de cabras para mastigar arbustos e ervas demasiado grandes em todo o estado na esperança de reduzir o risco de incêndios florestais neste verão. Este tipo de vegetação inflamável contribui para …

Kim Jong-un perdeu peso (e isso pode ter consequências geopolíticas)

O líder norte-coreano parece ter perdido algum peso, o que já levou alguns analistas políticos a avançar com algumas teorias e possíveis consequências geopolíticas. Depois de não ser visto em público durante quase um mês, o …

Portugal Campeão Europeu em 2016

Campeões em 2016, ausentes do Euro 2020: onde estão esses 12 portugueses?

Mais de metade dos jogadores convocados por Fernando Santos para o histórico Europeu 2016 não vai estar nesta edição do torneio. Rui Patrício, Pepe, Raphaël Guerreiro, José Fonte, Cristiano Ronaldo, João Moutinho, Anthony Lopes, Danilo Pereira, …

Marrocos avisa a Europa que Ceuta “é uma cidade marroquina ocupada”

A Câmara dos Representantes de Marrocos condenou a moção aprovada pelo Parlamento Europeu (PE) a rejeitar a estratégia do Governo de Rabat na recente crise migratória em Ceuta e reforçou o estatuto do enclave espanhol …

Hong Kong vai censurar filmes em busca de “ameaças à segurança nacional”

As autoridades de Hong Kong vão começar a censurar todos os filmes nacionais e estrangeiros em busca de casos que possam ser interpretados como “violações da segurança nacional”, no mais recente exemplo do reforço do …

Reino Unido confirma que variante Delta é 60% mais transmissível

O Reino Unido registou 17 mortes e 8.125 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com os dados oficiais mais recentes, que hoje também confirmaram que a variante Delta é 60% mais transmissível. Um …

Médicos de Saúde Pública pedem "cautela" e alertam que a "pandemia ainda não acabou"

A Associação de Médicos de Saúde Pública apelou hoje à população para ter “algumas cautelas” em celebrações familiares e noutros contextos, lembrando que a vacina contra a covid-19 não é “100% eficaz” e que a …