Bactéria que come metal pode “devorar” um prego em três dias

Esta bactéria, que já foi capaz de comer um prego em apenas três dias, pode vir a ser uma ajuda na limpeza dos resíduos da indústria de mineração.

A cientista chilena Nadac Reales começou a trabalhar com esta bactéria, chamada Leptospirillum, depois de a ter encontrado nos Géiseres de Tatio, nos Andes, conta a revista Newsweek.

Inicialmente, este microrganismo, que vive em condições altamente ácidas, demorava dois meses para comer um prego. No entanto, à medida que começaram a passar fome, as gerações seguintes conseguiram evoluir para se alimentar melhor.

Como resultado, após dois anos de experiências, a velocidade com que esta bactéria podia consumir um único prego aumentou significativamente, chegando a conseguir fazê-lo em apenas três dias.

Segundo a mesma publicação, Reale descobriu não só que a Leptospirillum tem uma notável capacidade de desintegrar metais, como também que não causa danos ao ambiente ou aos seres humanos.

Outra importante descoberta é que o subproduto que estes microorganismos deixam quando consomem metal pode ser usado para recuperar o cobre num processo chamado hidrometalurgia. Ou seja, isto significa que, além de ajudarem a limpar os resíduos da mineração, podem também fornecer um ingrediente importante para uma mineração de cobre mais amiga do ambiente.

O projeto está a ser desenvolvido pela empresa da investigadora chilena, a Rudanac Biotec, mas a mesma destaca que os novos testes também irão exigir mais investimento. Conseguida essa parte, a equipa espera descobrir se esta bactéria consegue, por exemplo, “comer uma viga de tamanho médio”.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bactéria que come metal pode "devorar" um prego em três dias

Esta bactéria, que já foi capaz de comer um prego em apenas três dias, pode vir a ser uma ajuda na limpeza dos resíduos da indústria de mineração. A cientista chilena Nadac Reales começou a trabalhar …

Afinal, o núcleo interno da Terra não é tão sólido quanto se pensava

O núcleo da Terra é extremamente importante, mas pouco se sabe sobre a sua história ou formação. Agora, um grupo de cientistas sugere que, afinal, não é tão sólido quanto se pensava. A nova investigação sustenta …

Sinais de rádio de estrelas distantes sugerem a presença de planetas ocultos

Cientistas descobriram estrelas a lançar ondas de rádio de forma inesperada, o que possivelmente indica a existência de planetas ocultos. A equipa de investigadores tem procurado planetas através da rede de radiotelescópios mais poderosa do mundo, …

Cerca de metade dos recuperados apresentam sintomas de "covid longa"

Cerca de metade dos mais de 236 milhões de pessoas que foram infetadas em todo o mundo pelo coronavírus SARS-CoV-2 apresentarão sintomas persistentes pós-covid seis meses depois a infeção, sugere um estudo divulgado esta quarta-feira. Segundo …

Nasceu a PlakTak, uma pastilha elástica que combate a placa bacteriana - e a sua origem é curiosa

Criada inicialmente pelo exército norte-americano para garantir a saúde oral dos seus soldados, a PlakTak pode estar a caminho das prateleiras das lojas. Há muitos avanços tecnológicos que começam no exército e acabam por ser usados …

Futuro subaquático. Várias cidades em todo o mundo ficarão submersas

O aquecimento global está a provocar a subida do nível médio da água do mar. E já existem imagens que mostram o cenário vivido em várias cidades costeiras no futuro. Secas históricas, inundações mortíferas e degelo: …

Chama-se Robin, é um robô e visita hospitais para ajudar as crianças a sentirem-se melhores

Uma simples visita de um robô controlado por humanos encoraja uma perspetiva positiva e melhora as interações médicas das crianças hospitalizadas. Robin é um robô que se move, fala e brinca com as crianças enquanto é …

Pinturas destruídas de Gustav Klimt foram reconstruídas com recurso a Inteligência Artificial

O pintor austríaco Gustav Klimt criou algumas das suas obras mais conhecidas durante a chamada Fase Dourada - que se manteve viva durante a primeira década do século XX. Durante o seu período mais inspirador, o …

É turca, tem 24 anos e mede mais de dois metros. Rumeysa Gelgi é a mulher mais alta do mundo

Aos 24 anos, Rumeysa Gelgi foi confirmada como a mulher mais alta do mundo pelo Guinness World Records. A jovem turca mede cerca de 2,15 metros. A sua altura surpreendente deve-se a uma condição chamada síndrome …

Princesa Amalia, sucessora ao trono holandês, poderá ser rainha se casar com uma mulher

Nos Países Baixos, os casamentos reais precisam da aprovação do Parlamento, mas Mark Rutte já deixou claro que a união homossexual não é um entrave no acesso ao trono. Longe vão os tempos em que os …