À terceira foi de vez. Amaragem no Tejo foi primeira opção para avião sem comandos

Depois de duas tentativas de aterragem falhadas e de se ter admitido uma amaragem no Rio Tejo ou no mar, o avião da Air Astana que este domingo declarou emergência em pleno voo pousou em segurança, em Beja. A aeronave sofreu “falha crítica nos sistemas de navegação”.

O avião da Air Astana que este domingo declarou emergência em pleno voo aterrou em Beja, depois de duas tentativas falhadas. A aeronave, que levava a bordo seis pessoas, sofreu uma “falha crítica nos sistemas de navegação e controlo de voo“.

O Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF) vai investigar o incidente.

O  avião declarou emergência quando sobrevoava uma zona próxima de Lisboa. O aparelho da Air Astana aterrou finalmente no aeroporto de Beja às 15h28, à terceira tentativa, disse à Lusa fonte aeronáutica.

A aeronave borregou (termo técnico da aviação para designar tentativas frustradas de aterragem) duas vezes, antes de conseguir aterrar na pista 19 do aeroporto de Beja. Segundo a mesma fonte, “a aterragem correu bem”, como é patente num vídeo captado por um dos dois aviões F-16 da Força Aérea Portuguesa que fizeram o acompanhamento da aeronave.

O voo KZR 1388 descolou de Alverca às 13h21 e tinha como destino Minsk, capital da Bielorrúsia. A bordo seguia apenas a tripulação, composta por seis pessoas. O avião, um Embraer, esteve a fazer manutenção nas oficinas da OGMA – Indústria Aeronáutica de Portugal.

A página na internet do ‘Flight Radar’, que faz um rastreamento dos voos, identificava o voo KZR 1388, da companhia Air Astana (Cazaquistão), a vermelho.

Por volta das 14h50, o avião estava a sobrevoar a zona do Alto Alentejo e era possível ver-se que tinha uma trajetória irregular, dirigindo-se para sul. O avião estava a fazer um circuito aéreo sobre a região para perder combustível, até ser tomada uma decisão quanto à resolução do problema.

Durante a emergência, as autoridades chegaram a equacionar a possibilidade de a aeronave fazer uma amaragem no rio Tejo ou no mar, mas as condições atmosféricas não o permitiram.

A aeronave chegou finalmente a Beja e pelas 15h15 tentou uma nova abordagem à pista, acabando finalmente por conseguir aterrar, à terceira tentativa. O piloto foi recuperando com o tempo alguns dos instrumentos que tinham avariado, o que lhe permitiu aterrar em Beja.

O GPIAAF já enviou uma equipa de investigadores a Beja para recolher os dados da aeronave e obter informações da tripulação que se encontrava no aparelho, com vista à realização de uma investigação à ocorrência.

A bordo do avião seguia uma tripulação de seis pessoas, dois dos quais foram “encaminhados para o Hospital de Beja porque não se sentiriam muito bem”, devido a “todo o stress”, mas não apresentavam “nada de especial”, revelou o comandante da Base Aérea de Beja, coronel piloto-aviador Fernando Costa, em conferência de imprensa.

Os dois tripulantes, um homem de 37 anos, do Cazaquistão, e outro de 54, natural de Inglaterra, já tiveram, entretanto, alta do Hospital José Joaquim Fernandes, revelou à Lusa fonte hospitalar.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A questão que coloco, e desculpem a ignorância, é: Se for em Terra é aterragem. Se for no mar é amaragem. E se for no rio não deveria ser ariagem? Fica a dúvida.

RESPONDER

ESA prepara-se para intercetar pela primeira vez um cometa puro

A Agência Espacial Europeia (ESA) desenvolveu um projeto que visa intercetar um cometa puro - um corpo celeste que nunca passou pelo Sistema Solar -, quando este se aproximar da órbita da Terra em meados …

Astrónomos encontraram uma nova (e surpreendente) cratera em Marte

Marte não se "magoa" facilmente mas, quando acontece, o resultado pode ser quase comparado a uma obra de arte. Uma cratera, descoberta em abril pela sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO), é a prova disso. Notável não só …

Elon Musk alerta: Civilização pode colapsar daqui a 30 anos

De acordo com Elon Musk, uma "bomba populacional" vai surgir nas próximas décadas, quando uma população mundial cada vez mais idosa chocar com a queda das taxas de natalidade em todo o mundo. Esta não é …

O mundo árabe está menos religioso. Mas continua homofóbico

Há cada vez mais árabes que dizem não ter religião. Esta é a principal conclusão de uma grande sondagem feita a mais de 25 mil cidadãos de países árabes pelo centro de pesquisa Arab Network …

Tina morreu durante 27 minutos e foi ressuscitada 8 vezes. Quando acordou, escreveu "é real"

Uma mulher norte-americana entrou em paragem cardíaca em fevereiro de 2018 quando se preparava para fazer uma caminhada com o seu marido Brian. Depois de desmaiar, Brian ressuscitando-a duas vezes antes de os paramédicos chegarem para …

"Homem-árvore" pede que as suas mãos sejam amputadas

Abul Bajandar, um homem de 28 anos do Bangladesh conhecido como "Homem-árvore" devido às incomuns verrugas que nascem nos seus membros, pediu que as suas mãos fossem amputadas para aliviar as dores insuportáveis.  Bajandar sofre de …

EUA. Senadores republicanos do Oregon fogem para não aprovar lei ambiental

Senadores estaduais do Oregon, nos Estados Unidos (EUA), encontram-se a monte desde quinta-feira para não votarem uma lei ambiental. Procurados pela polícia, voltaram este domingo a faltar a uma sessão legislativa, impedindo que haja quórum …

O planeta enfrenta um "apartheid climático"

O planeta está confrontado com um “'apartheid' climático”. De um lado, os ricos que se podem adaptar melhor às alterações climáticas, e do outro, os pobres que vão sofrer mais, disse esta segunda-feira um especialista …

Governo repõe 40 horas semanais para trabalhadores do CNB. Greve mantém-se

A partir de 1 de julho, os trabalhadores da Companhia Nacional de Bailado (CNB) voltarão às 40 horas semanais, numa uniformização laboral com os trabalhadores do Teatro Nacional de São Carlos. A decisão foi comunicada, esta …

Nova espécie de planta fóssil descoberta em Gondomar

Annularia noronhai foi encontrada no meio da cidade de Gondomar. Tem 300 milhões de anos, é um parente muito afastado da cavalinha e diz muito sobre o clima da época. Uma nova espécie de planta já …