Aves vs Sporting | Leões regressam às vitórias

O Sporting regressou aos triunfos no campeonato, após duas derrotas e um empate, ao vencer o “lanterna vermelha” Desportivo das Aves, por 1-0.

Na estreia de Silas no comando técnico dos “leões”, o herói da noite acabou por ser o suspeito do costume, Bruno Fernandes, que marcou o golo da vitória já perto do fim, de grande penalidade, após mais de 80 minutos de raríssimos rasgos de brilhantismo, como comprova o facto de, dos 22 remates efectuados na partida, apenas cinco terem sido enquadrados com as balizas.

O jogo explicado em números

  • Início de partida com domínio intenso por parte do Sporting, que teve uns impressionantes 76% de posse de bola e acertou 87% dos seus passes no primeiro quarto-de-hora, mas sem conseguir criar qualquer qualquer ocasião de golo. Mesmo com pouca bola, o Aves causou verdadeiros calafrios junto da baliza de Renan Ribeiro e só não marcou ao quarto minuto porque a barra negou o remate de Rubén Oliveira.
  • Volvidos 25 minutos desde o início da partida, três jogadores do Sporting ainda não tinham errado um único passe: Renan Ribeiro, Borja e Coates. Curiosamente, Bruno Fernandes era até então o jogador dos “leões” com menor acerto de passe (eficácia de apenas 70%). O médio português dava também nas vistas pela negativa ao liderar a lista de perdas de posse, com nove, mais quatro do que qualquer outro jogador da sua equipa.
  • À passagem da meia-hora, o Sporting levava já três remates, todos eles a passe de Bruno Fernandes. Os homens de Silas continuavam a dominar a posse de bola a seu bel-prazer (73%) e a sobrepor-se ao adversário nas disputas, com 63% de duelos ganhos até então.
  • Pouco envolvimento de Jesé durante os primeiros 40 minutos do desafio. O avançado espanhol não fizera nenhum remate nem qualquer acção defensiva, era o jogador de campo dos “leões” com menos acções com bola (16) e passes (12) e somava apenas três duelos disputados – só Bolasie e Mathieu tinham menos.
  • Primeira parte de domínio claro do Sporting sem que, no entanto, a equipa visitante tenha conseguido daí tirar algum proveito.
  • Mesmo tendo feito apenas metade dos remates do adversário (4-8), o Aves conseguiu criar tanto perigo quanto o Sporting, com ambas as equipas a somarem um remate à barra.
  • De salientar a falta de inspiração na hora de rematar por parte das duas formações, que só conseguiram enquadrar um quarto dos remates realizados no decorrer da primeira parte.
  • Ao soar do apito do árbitro, Eduardo Henrique liderava os GoalPoint Ratings, com nota 6.5. Além do remate ao ferro, o médio brasileiro levava seis passes progressivos certos, um drible eficaz, três recuperações de posse e uma falta sofrida em zona de perigo.
  • O primeiro quarto-de-hora da segunda parte ficou marcado pelo desacerto de ambas as equipas. O Aves ganhou fôlego com o intervalo e até esteve perto de marcar, chegando ao minuto 60 com 47% de posse – uma enorme diferença em relação ao primeiro tempo. O Sporting começava a deparar-se com mais espaços no meio-campo contrário, mas teimava em não conseguir encontrar o caminho da baliza.
  • Bom jogo de Cláudio Falcão, um dos homens em destaque na equipa do Aves. Aos 70 minutos, o brasileiro somava sete intercepções, três roubos de bola, cinco recuperações de posse e um duelo aéreo ganho, contribuindo para manter o perigo longe da baliza de Beunardeau, que não efectuava nenhuma defesa desde o minuto 42.
  • O Sporting chegou ao minuto 80 sem um único remate enquadrado após seis tentativas. Crescia a frustração entre os adeptos dos “leões” presentes nas bancadas, mas foi então que “caiu do céu” uma grande penalidade para os visitantes, após falta cometida sobre Bolasie.

Octavio Passos / Lusa

  • Na conversão da marca de 11 metros, Bruno Fernandes não desperdiçou e fez o golo, o seu quarto da temporada no campeonato.

O melhor em campo GoalPoint

Não foi a exibição mais vistosa, mas nem por isso Bruno Fernandes deixou de ser decisivo. O médio português desde cedo assumiu as despesas do ataque, contabilizando cinco passes para finalização, e ainda fez o golo que deu a vitória no único disparo enquadrado da sua autoria.

Para além disso, Bruno Fernandes somou 106 acções com bola, três dribles eficazes, 13 recuperações de posse, três bloqueios de passe e quatro faltas sofridas, duas delas em zona de perigo, terminando o desafio com nota 8.0 nos GoalPoint Ratings.

Jogadores em foco

  • Coates 7.0 – O uruguaio regressou às boas exibições. Errou apenas seis passes em 58 tentativas, acertou nove passes progressivos, perdeu apenas um duelo aéreo defensivo em cinco e somou dez acções defensivas.
  • Falcão 6.3 – O brasileiro foi de longe o melhor da sua equipa. Acertou seis dos 13 passes longos que fez e ninguém efectuou tantas intercepções (sete) nem alívios (seis) como ele.
  • Bolasie 5.6 – Deu nas vistas com três dribles eficazes no último terço e a grande penalidade sofrida, mas esteve desastrado ao dominar a bola (oito maus controlos) e na hora de rematar, com três disparos desenquadrados.
  • Jesé Rodríguez 5.5 – Inconsequente no ataque leonino, o espanhol não fez nenhum remate e criou apenas uma ocasião de perigo. Das três tentativas de drible, duas foram eficazes.
  • Luiz Phellype 4.6 – O brasileiro teve a nota mais baixa de entre os jogadores do Sporting, muito por culpa dos quatro desarmes sofridos – o máximo da noite. Consentiu ainda dois dribles.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Turquia 0-2 País de Gales | Rumo aos “oitavos” à boleia de Bale

O País de Gales venceu hoje a Turquia por 2-0, em encontro da segunda jornada do Grupo A do Euro2020 de futebol, disputado em Baku, no Azerbaijão, ficando mais perto dos oitavos de final. Num jogo …

É impossível fiscalizar novas regras da DGS para eventos familiares. "Tem de ser na base da denúncia"

A Direcção-Geral de Saúde (DGS) passou a recomendar a realização de testes à covid-19 em eventos familiares com mais de dez pessoas, como casamentos e baptizados. Mas para fiscalizar esse tipo de situações, só "na …

Aprovado prolongamento de apoios às rendas até ao final do ano

Os apoios às rendas foram concedidos no ano passado, para fazer face às dificuldades criadas pela pandemia de covid-19. A comissão parlamentar de Economia aprovou, esta quarta-feira, o prolongamento dos apoios às rendas habitacionais e comerciais …

PSD volta a apresentar queixa à CNE contra Rui Moreira

Esta quarta-feira, o PSD/Porto acusou o movimento independente liderado por Rui Moreira de enviar informação da apresentação da sua recandidatura à Câmara Municipal "para emails institucionais" do município, acrescentando que vai apresentar queixa à Comissão …

Para Rio, as críticas de Ana Catarina Mendes são de "quem não tem nada para dizer"

As águas entre o PS e o PSD estão agitadas, depois da troca de galhardetes entre o presidente social-democrata, Rui Rio, e a líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes. Depois de ter sido acusado por …

Nova Iorque atinge 70% de adultos vacinados (e celebra com fogo-de-artifício)

O estado de Nova Iorque atingiu o marco de vacinação que, de acordo com os especialistas, garante a imunidade de grupo. O governador do estado norte-americano de Nova Iorque, Andrew Cuomo, anunciou na noite de terça-feira …

"Construtiva" e "sem animosidades". Cimeira entre Biden e Putin termina mais cedo do que previsto

A cimeira entre Vladimir Putin e Joe Biden chegou ao fim mais cedo do que se previa. Os presidentes optaram por conferências de imprensa em separado, e o primeiro a falar foi o Presidente russo. Os …

Euro 2020: seleções da casa em desvantagem na primeira jornada

Nove seleções jogaram no seu país, até agora. Mas somente três ganharam o respetivo jogo. Portugal contribuiu para estragar as festas caseiras. Num Europeu estranho e inédito, que decorre em muitos países, muitas seleções jogam em …

Tribunal europeu condena Portugal a indemnizar recluso por falta de internamento psiquiátrico

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou o Estado português a pagar uma indemnização de 14 mil euros a um recluso por ter cumprido pena de prisão sem internamento psiquiátrico a que tinha sido condenado. A …

França acaba com máscara no exterior (e Espanha vai pelo mesmo caminho)

Em França, o uso de máscara na rua deixa de ser obrigatório a partir de quinta-feira. Espanha deverá seguir o mesmo caminho "em breve". O uso de máscara no exterior deixa de ser obrigatório em França …