Na Austrália, há cobras que saltam (e os cientistas querem saber porquê)

Cientistas da Virgínia, no Estados Unidos, descobriram na Austrália uma espécie de cobra comum das árvores que é capaz de saltar entre galhos e folhas.

Tratam-de das cobras de árvores australianas da espécie Dendrelaphis, espécimes não venenosos e inofensivos para os seres humanos, segundo escreve o IFL Science.

Existem cobras que vivem em árvores um pouco por todo o mundo. Estes animais são bastantes ágeis e, apesar de não terem membros, conseguem atirar-se, planar e erguer-se sobre as copas das árvores.

Existem cinco espécies conhecidas de cobras “voadoras” do género Chrysopelea, que se estendem pelo sudeste Asiático, China, Índia e Sri Lanka. Na prática, estas cobras não voam, mas planam, usando o mesmo mecanismos dos chamados esquilos voadores.

Em 2010, Jake Socha, professor do Departamento de Engenharia Biomédica e Mecânica da Virginia Tech, conseguiu filmar um espécime de Dendrelaphis pictus, também conhecido como “bronzeback pintado”, a saltar na natureza na Malásia.

A espécie Dendrelaphis está intimamente relacionada com o Chrysopelea e, por isso, este comportamento não é totalmente surpreendente. Ainda assim, frisam os cientistas, este comportamento não tinha ainda sido confirmado e estudado.

Para melhor compreender o fenómeno, Michelle Graham, que estuda a dinâmica das “cobras voadoras” no Laboratório de Socha, no estado norte-americano da Virgínia, e é orientada por Jake Socha, foi até à Austrália para ver se conseguia capturar alguns espécimes para que estes mostrassem as suas habilidade em laboratório.

A especialista, que é candidata a um doutoramento na área, construiu uma espécie de circuito com canos e galhos, tentando que as cobras saltassem entre os espaços livres, conta a National Geographic.

Graham descobriu que, de facto, as cobras do género Dendrelaphis podem saltar, atirando-se através das lacunas vazias. Para isso, começam por se agachar antes de se lançarem num movimento ascendente. “O interessante nestas cobras é a sua capacidade para executar todos estes comportamentos de locomoção sem membros”, disse.

A especialista conseguiu confirmar que as Dendrelaphis podem saltar, mas a investigação não se vai ficar por aqui: Graham quer saber agora o porquê, uma vez que existem poucas informações que explicam este comportamento planador, quer em cobras como em lagartos ou esquilos.

“Ser a primeira pessoa a estudar esse comportamento significa que realmente não conhecemos o contexto em que uma cobra o faz (…) Será um comportamento de fuga? É um comportamento de transporte comum? É apenas algo que fazem por diversão? Ninguém sabe, certo?“, rematou, prometendo tentar explicar o fenómeno.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Cientistas descobrem nova espécie de crustáceo no lugar mais quente da Terra

Uma equipa de cientistas descobriu uma nova espécie de crustáceo de água doce durante uma expedição ao deserto de Lute, no Irão, também conhecido como o lugar mais quente do planeta. Hossein Rajaei, do Museu Estadual …

Furacão Sally fragmentou parte de uma ilha da Florida em três

A passagem do furacão Sally fragmentou parte de uma ilha na costa da Florida, no Estados Unidos, criando assim três pequenas porções de terra. Na prática, tal como explica o portal USA Today, o furação abriu …

Benfica 2-0 Moreirense | “Águia” vence e convence cónegos

Após ter perdido e empatado nas duas últimas recepções ao Moreirense, o Benfica voltou a vencer o emblema de Moreira de Cónegos na Luz. Este sábado, em duelo relativo à segunda jornada do campeonato, as “águias” …

"Surpreendente e fascinante". Descoberta pela primeira vez uma aurora sobre um cometa

A nave Rosetta da Agência Espacial Europeia (ESA) detetou uma aurora boreal sobre o cometa 67P / Churyumov-Gerasimenko (67P / C-G). Em comunicado, os cientistas envolvidos na deteção frisam que esta é a primeira vez quem …

Austrália não quer que turistas caminhem na famosa rocha sagrada Uluru (nem no Google Maps)

A Austrália pediu ao Google que remova do seu serviço Maps fotografias tiradas do topo de Uluru, o monólito aborígine sagrado que os visitantes estão proibidos de escalar desde o ano passado. De acordo com a …

NASA vai procurar aquíferos nos desertos com tecnologia já usada em Marte

Uma parceria entre a NASA e a Fundação Qatar tem como objetivo procurar as cada vez mais escassas águas que estão enterradas nos desertos do Saara e da Península Arábica. Este processo deverá ser desenvolvido …

Os aeroportos mudam o nome das pistas (e a culpa é dos pólos magnéticos da Terra)

O pólo norte magnético pode mover-se até 64 quilómetros por ano. Isto pode ser um problema para os pilotos de aviões. A pista 17L/35R, no Aeroporto Internacional de Austin-Bergstrom, no estado norte-americano do Texas, não terá …

Rússia quer ultrapassar Tom Cruise e ser a primeira a gravar um filme no Espaço

O ator Tom Cruise quer rodar um filme no Espaço, mas a Rússia quer ser a primeira, de acordo com um comunicado da agência espacial Roscosmos. Os Estados Unidos e a Rússia são, novamente, os protagonistas …

Os animais perdem o medo dos predadores depois de contactarem com o Homem

Uma nova investigação concluiu que os animais selvagens perdem rapidamente o medo dos seus predadores depois de entrarem em contacto com o Homem. A maioria dos animais selvagens, como é o caso dos leões, exibe …

Há mais 884 casos confirmados e oito óbitos por covid-19 em Portugal

De acordo com o último boletim divulgado epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista, este sábado, mais oito óbitos e 884 novos casos de infeção pelo novo coronavírus. Assim, Portugal contabiliza, desde o início da …