Aumentaram as queixas de violência contra médicos e enfermeiros

Houve mais 198 queixas de violência contra médicos e enfermeiros entre janeiro e junho deste ano do que no mesmo período de 2018, indicam os números da Direção-Geral da Saúde (DGS).

No ano passado, a DGS registou 439 casos nos primeiros seis meses do ano — um número que já tinha sido superior ao homólogo de 2017. Este ano, o número aumentou para os 637, de acordo com o jornal Público.

Desde 2006 que a DGS contabiliza os “incidentes de violência contra profissionais de saúde no local de trabalho” através de um sistema de notificações. A violência física não é a mais significativa — apenas 13% das 4.893 notificações emitidas até ao segundo semestre deste ano correspondem a casos de ataques físico. Mas 57% são casos de assédio moral e 20% representam queixas de violência verbal.

Os enfermeiros são os profissionais de saúde que mais sofrem com estes incidentes — são 51% dos queixosos, indicam os números da DGS. Depois vêm os médicos (27%) e os assistentes técnicos (12%). Em 56% dos casos, os agressores foram os próprios doentes ou utentes. A família dos pacientes representa 21% dos perpetradores. Em 20% dos casos, as queixas de violência foram relativas a outros profissionais de saúde.

Apesar de o número de queixas estar a aumentar nos últimos 13 anos, a DGS acredita que os casos de violência podem ser superiores ao indicado pelas estatísticas. “A violência tem duas coisas que a caracterizam: o silêncio e a invisibilidade”, explicou o psiquiatra João Redondo ao Público. “Mas começou-se a falar cada vez mais neste assunto, há mais respostas e as pessoas procuram mais ajuda”.

O aumento do número de queixas mostra isso mesmo. O médico, que é um dos fundadores do gabinete de apoio na Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, afirma que os profissionais “estão a ter uma consciência mais direta” desses ataques, o que as motiva a apresentar mais queixas. “A violência começa quando se perde o respeito pelo outro”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Tensão na Catalunha afeta realização do Barcelona-Real Madrid

A violência dos protestos na Catalunha está a fazer com que a Liga e a Federação de futebol espanholas repensem a ideia de o clássico entre Barcelona e Real Madrid se realizar em Camp Nou. O …

Assis critica novo Governo do PS. É "muito António Costa" e feito só para dois anos

O ex-eurodeputado do Partido Socialista (PS) Francisco Assis não poupou nas críticas ao novo Governo, que António Costa apresentou ao Presidente da República na terça-feira ao final do dia, considerando que este é um executivo …

PSD considera que não há novo Governo, mas "remodelação" com alargamento

O PSD defendeu na quarta-feira que "não há um novo Governo", mas "uma remodelação com alargamento", com um executivo aumentado e "mais partidário", considerando "uma desilusão" a continuidade em pastas como Saúde, Educação e Justiça. "Não …

Depois do terramoto das legislativas, vem aí um Conselho Nacional difícil para o CDS

O CDS reúne esta noite o Conselho Nacional. Segundo o Público, Assunção Cristas deverá renunciar a lugar de deputada na Assembleia da República. O CDS deverá marcar esta quinta-feira o próximo congresso para janeiro de 2020. …

Rio quer abafar Montenegro ao fazer "multitasking" como líder partidário e parlamentar

Rui Rio pode acumular as funções de líder do partido e líder parlamentar. O objetivo passa por evitar divisões na bancada e esvaziar a oposição de Luís Montenegro. Rio parece já ter uma estratégia delimitada para …

Cabrita mostra desagrado pelo afastamento da mulher do Governo

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, partilhou no Facebook um texto de uma ativista ambiental algarvia crítico do afastamento da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, com quem é casado. Eduardo Cabrita, ministro da Administração …

Polícia desmantela rede de pornografia infantil e faz mais de 300 detenções

Pelo menos 337 pessoas de 38 países foram detidas numa operação em que foi desmantelada uma rede de pornografia infantil, que usava um site para comercializar vídeos de abuso sexual de crianças. Num comunicado divulgado esta …

Três coelhos de uma cajadada. Vieira renova contratos a três jogadores

No seu regresso de Angola, Luís Filipe Vieira assegurou a renovação do contrato de três jogadores: Grimaldo, Ferro e Jota. O anúncio oficial deverá estar para breve. Esta quinta-feira, o jornal Record fez manchete com a …

Berardo chama Mourinho e Ronaldo a jogo para não perder condecorações

A defesa de Joe Berardo invocou outros casos de personalidades portuguesas para que o empresário não perca as condecorações que recebeu dos antigos Presidentes da República Ramalho Eanes e Jorge Sampaio, escreve o Eco. De acordo …

Decisão "vergonhosa". Iniciativa Liberal e Chega indignados com distribuição de lugares no Parlamento

Está definida a distribuição de lugares do próximo Parlamento. O Iniciativa Liberal e o Chega não estão contentes e criticam a decisão. A decisão da conferência de líderes do Parlamento sobre os lugares que os novos …