Atualizem-se os manuais: a tabela periódica acaba de receber 4 novos elementos

Finalmente, a sétima linha da tabela periódica será completada com quatro novos elementos químicos: 113, 115, 117 e 118. Isto fará com que todos os livros de ciência do mundo estejam instantaneamente desatualizados.

Os elementos foram descobertos por cientistas no Japão, Rússia e Estados Unidos. Em 2011 já tinham sido adicionados os elementos 114 e 116.

Os quatro novos componentes foram verificados no dia 30 de dezembro pela União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC, na sigla em inglês), organização com sede nos Estados Unidos que rege a nomenclatura química, terminologia e medição.

A IUPAC anunciou que uma equipa russo-americana de cientistas do Instituto Conjunto de Investigação Nuclear e o Laboratório nacional Lawrence Livermore tinham encontrado provas suficientes para afirmar a descoberta dos elementos 115, 117 e 118.

Kosuke Morita, que liderou a investigação no Instituto Riken, no Japão, afirma que a sua equipa irá agora “olhar para o território inexplorado além do elemento 119”. Ryoji Noyori, ex-presidente do Instituto Riken e vencedor do Prémio Nobel de Química, disse que “para os cientistas, a descoberta é de maior valor do que uma medalha de ouro olímpica”.

Os novos elementos serão oficialmente nomeados pelas equipas que os descobriram. O elemento 113 será o primeiro a ser nomeado na Ásia. “A comunidade química está ansiosa para ver a sétima linha da sua tabela finalmente concluída”, disse Jan Reedijk, presidente da Divisão de Química Inorgânica da IUPAC.

“A IUPAC iniciou o processo de formalização de nomes e símbolos para estes elementos nomeados temporariamente como Unúntrio (Uut ou elemento 113), Ununpentium (UUP, elemento 115), Ununseptium (Uus, elemento 117) e Ununoctium (UUO, elemento 118)”.

Os quatro novos elementos podem ser nomeados de acordo com seu conceito mitológico, do local onde foi descoberto, do cientista que o descobriu ou ainda dos minerais encontrados. Tal como outros elementos superpesados que estão no fim da tabela periódica, os novo elementos só existem em frações de segundos antes de decaírem para outros compostos.

CanalTech

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Quem aqui sabe que o Bob Lazar (ex-funcionário Area51) já tinha mencionado o elemento 115 muito antes desta “descoberta”?!
    Na altura, era chamado de maluquinho, hoje já começa a ser respeitado.

    Sempre achei que a história dele fazia muito sentido, hoje ainda acho mais.

    • Quem quer que apresente um conceito avançado è imediatamente apelidado de maluco, até que a ciência encontre a explicação ou as provas e então passa a ser uma descoberta científica. A história está cheia de mlucos: Leonardo DaVinci, Julio Verne, etc.

      Já Arthur C. Clarke, famoso e ilustre cientista e astrofísico – é sua a ideia original dos satélites geoestacionários e das comunicações via satélite – disse: qualquer tecnologia suficientemente avançada é indistinguível da magia.

RESPONDER

ADN num cachimbo com 200 anos revela detalhes da vida de uma escrava

Um grupo de arqueólogos e geneticistas dos Estados Unidos mostrou que um fragmento partido de um cachimbo encontrado numa plantação de tabaco pode ser um testemunho substancial da história e da antropologia do século XIX. O …

Professora que revelou o que ia sair no exame de Português vai ser demitida

A professora, que foi presidente da Associação de Professores de Português, que em 2017 divulgou o conteúdo do exame de Português foi demitida pelo Ministério da Educação. Edviges Ferreira foi considerada culpada por ter partilhado o …

Asteróide passa esta sexta-feira entre a Terra e a Lua

Um asteróide de grandes dimensões, recentemente descoberto, voará esta semana a uma distância relativamente próxima da Terra, avança o o Centro de Estudos de Objetos Próximo da Terra da agência espacial norte-americana. O asteróide, designado como …

A Física diz que nunca tocamos realmente num objeto

Se está, neste momento, com o telemóvel na mão ou a tocar no seu computador para conseguir ler esta notícia, desengane-se: segundo a Física, não está a tocar em nada. Tudo o que conseguimos ver, tocar …

Se os buracos negros o confundem, prepare-se para os buracos brancos

Os buracos negros podem ser o mistério mais atraente do Universo, mas não são o único tipo de "buraco" no Espaço. Os buracos negros atraem a atenção de muitos amantes de astronomia por serem tão misteriosos. …

MySpace perdeu 12 anos de músicas, fotografias e vídeos

A rede social MySpace anunciou que perdeu todas as músicas, fotografias e vídeos com mais de três anos. A perda de conteúdo deveu-se a uma falha na migração de servidor. O MySpace, outrora uma das maiores …

Pela primeira vez uma mulher vence o prémio Abel, o "Nobel" da matemática

A matemática pioneira Karen Uhlenbeck, antiga professora da Universidade do Texas, em Austin (Estados Unidos), recebeu o Prémio Abel de 2019, tornando-se a primeira mulher a receber a distinção, uma das mais ilustres na área. A …

Após 65 anos, diário revela romance entre rei belga e a madrasta

O rei Balduíno da Bélgica terá mantido uma relação secreta com a madrasta, a princesa Lilian, segunda esposa do seu pai, Leopoldo III. A revelação foi feita 65 anos depois, através dos diários do ex-primeiro-ministro …

Estudo revela que consumo diário de canábis aumenta risco de psicose

O consumo diário de canábis, sobretudo de elevada potência, está fortemente ligado ao risco de desenvolver uma psicose, conclui um estudo, que analisou pessoas em 11 locais da Europa e um no Brasil. Vários estudos observacionais …

Uma bebé nasceu "grávida" do seu irmão gémeo

Mónica Vega realizou uma ecografia durante o sétimo mês da sua gravidez daquela que seria a sua terceira filha. Mas, nas imagens, descobriu que dentro da sua bebé estava outro feto mais pequeno. O caso, que …