A atmosfera da Terra chega à Lua (e vai muito mais além)

A região mais distante da atmosfera da Terra estende-se bem para além da órbita da Lua através de uma nuvem de átomos de hidrogénio, atingindo quase o dobro da distância do nosso planeta ao seu satélite natural.

Uma equipa de cientistas chegou a esta conclusão graças aos dados do Observatório Heliosférico e Solar (SOHO) da ESA/NASA, dando conta que a camada de gás que circula a Terra tem um raio de 630.000 quilómetros, 50 vezes o diâmetro do nosso planeta.

“A Lua orbita dentro da atmosfera da Terra”, disse Igor Baliukin do Instituto Russo de Pesquisas Espaciais e autor principal do estudo, cujos resultados foram na semana passada publicados na revista Journal of Geophysical Research: Space Physics. “Nós não sabíamos disto até termos recuperado as observações feitas há mais de duas décadas pelo SOHO”.

Na região onde a atmosfera se funde no espaço exterior, há uma nuvem de átomos de hidrogénio apelidada de “geocorona”. Um dos instrumentos do satélite SWAN recorreu aos seus sensores para seguir a assinatura de hidrogénio e detetar com precisão o alcance do limite desta zona.

Tal como notam os cientistas, estas observações só podem ser feitas em certas épocas do ano, quando a Terra e a sua geocorona eram visíveis para o instrumento. Nos planetas que possuem hidrogénio nas suas exoesferas (camada mais externa), o vapor de água é frequentemente visto perto da superfície. Este fenómeno ocorre na Terra, Marte e Vénus.

“[Isto] é especialmente interessante quando procuramos por planetas com possíveis depósitos de água além do nosso Sistema Solar”, explicou Jean-Loup Bertaux, antigo investigador sénior do SWAN e coautor do artigo.

O primeiro telescópio da Lua, implantado em 1972 pelos astronautas da missão Appolo 16, captou uma imagem evocativa da Terra envolta na sua geocorona, brilhante em luz ultravioleta. “Na altura, os astronautas na superfície lunar não sabiam que estavam realmente imersos nas camadas externas da geocorona”, sustentou.

ESA

A geocorona da Terra

O Sol interage com átomos de hidrogénio através de um comprimento de onda específico do espectro ultravioleta, chamado a série de Lyman, que estes mesmos átomos podem absorver e emitir. Como este tipo de luz é absorvida pela atmosfera da Terra, só pode ser observada a partir do espaço. Graças à sua célula de absorção de hidrogénio, o SWAN foi capaz de medir seletivamente da série Lyman da geocorona e descartar os átomos de hidrogénio localizados no espaço interplanetário.

O novo estudo revelou agora que a luz solar comprime os átomos de hidrogénio na geocorona do hemisfério diurno daTerra, enquanto produz uma região mais densa na região noturna. A região diurna do hidrogénio de maior densidade continua a ser bastante escassa, com apenas 70 átomos por centímetro cúbico a 60.000 quilómetros da superfície terrestre, e a cerca de 0,2 átomos até a distância da Lua.

“Na Terra, chamamos de vácuo, então esta fonte extra de hidrogénio não é significativa o suficiente para facilitar a exploração espacial“, rematou Baliukin.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Teegarden B e C. Descobertos mais dois planetas que podem albergar vida

Cientistas de vários países identificaram mais dois planetas que consideram poder albergar vida, com climas temperados, semelhantes à Terra e que podem conter água líquida à superfície. A equipa da universidade alemã de Göttingen utilizou vários …

Ministério Público abre investigação a Juan Guaidó por corrupção

O Ministério Público da Venezuela anunciou a abertura de uma investigação penal contra Juan Guaidó por suspeita de corrupção relacionada com fundos para assistência a cidadãos venezuelanos na Colômbia. O anúncio foi pelo procurador-geral designado pela …

Cientistas descobrem no veneno de escorpião antibiótico contra tuberculose

Químicos no veneno podem combater estirpes resistentes da tuberculose e a bactéria causadora da pneumonia e septicemia. Veneno pode ainda travar o crescimento de células cancerígenas. Cientistas descobriram no veneno de escorpião antibióticos contra a tuberculose …

Câmara de Lisboa já cobrou 17 mil euros por trotinetas mal-estacionadas

A Polícia Municipal de Lisboa cobrou 17.145 euros em coimas por trotinetas mal-estacionadas, entre fevereiro e o início de junho, tendo removido 1.820 veículos do centro da cidade nos últimos cinco meses. "A verificação das infrações …

Berardo mostra-se "incrédulo com falta de memória" de Constâncio

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP) disse, esta terça-feira, que Joe Berardo mentiu no Parlamento sobre alegadas reuniões entre ambos. O empresário, por sua vez, mostra-se "incrédulo com a sua falta de memória". "Tudo isso é …

Marcelo diz que foi "sensato" não incluir pergunta sobre origem étnico-racial no Censos 2021

O Presidente da República considerou que foi uma decisão sensata não incluir no Censos 2021 uma pergunta sobre a origem étnico-racial dos cidadãos, face ao debate gerado, embora a ideia fosse boa. "Acho que foi uma …

Esfinge gigante de Ramsés II vê a luz do dia ao fim de quase 100 anos

https://vimeo.com/343091742 Uma enorme esfinge do faraó egípcio Ramsés II viu finalmente a luz do dia, no passado dia 12 de junho, depois de ter sido recolocada através de um sistema monumental que a fez "flutuar" pelo …

Vai baixar o custo das chamadas para números começados por 707 e 708

A Anacom anunciou uma descida de 48% no preço máximo das chamadas de telemóvel para números começados por 707 e 708, e de 10% para telefone fixo. A decisão da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) de baixar os …

PSG abre a porta a Neymar (e o Barcelona não a fecha)

Depois de o eventual regresso de Neymar ao Barcelona ecoar na imprensa desportiva, o presidente do Paris Saint Germain, Nasser Al-Khelaifi quebrou o silêncio sobre o jogador brasileiro. Em entrevista à France Football, o presidente …

“Explosão suspeita” entre China e Coreia do Norte causou um sismo

Os serviços sismológicos chineses registaram um sismo de 1,3 graus de magnitude na escala de Richter às 19h38 locais (12h38 em Lisboa), na cidade chinesa de Hunchun, causado por uma “explosão suspeita”, disseram as autoridades …