Astrónomos podem ter detetado o primeiro sinal de rádio de um exoplaneta

Uma equipa internacional de astrónomos detetou rajadas de rádio a emanar da constelação de Boötes, no que poderá ser a primeira vez que uma emissão de rádio de um planeta além do nosso sistema solar é detetada.

Usando o radiotelescópio Low Frequency Array (LOFAR), nos Países Baixos, uma equipa da Universidade de Cornell, liderada por Jake D. Turner, descobriu explosões de emissão de um sistema estelar que hospeda um exoplaneta chamado “Júpiter quente”, um planeta gigante gasoso que está muito perto do seu Sol.

O grupo também observou outros candidatos potenciais à emissão de rádio exoplanetária nos sistemas 55 Cancri (na constelação de Caranguejo) e Upsilon Andromedae.

Apenas o sistema de exoplanetas Tau Boötes – a cerca de 51 anos-luz de distância – exibiu uma assinatura de rádio significativa, uma janela potencial única no campo magnético do planeta.

Observar o campo magnético de um exoplaneta ajuda os astrónomos a decifrar as propriedades interiores e atmosféricas de um planeta, bem como a física das interações estrela-planeta.

O campo magnético da Terra protege-a dos perigos do vento solar, mantendo o planeta habitável. “O campo magnético de exoplanetas semelhantes à Terra pode contribuir para a sua possível habitabilidade, protegendo as suas próprias atmosferas do vento solar e dos raios cósmicos e protegendo o planeta da perda atmosférica”, disse Turner, membro do Instituto Carl Sagan de Cornell, em comunicado.

Há dois anos, Turner e os seus colegas examinaram o marcador de emissão de rádio de Júpiter e escalaram essas emissões para imitar as possíveis assinaturas de um exoplaneta distante semelhante a Júpiter. Esses resultados tornaram-se o modelo para a investigação de emissão de rádio de exoplanetas a 40 a 100 anos-luz de distância.

Depois de se debruçarem sobre quase 100 horas de observações de rádio, os investigadores encontraram o marcador do Júpiter quente em Tau Boötes. “Aprendemos com o nosso próprio Júpiter como é este tipo de deteção. Fomos procurá-lo e encontrámo-lo”, disse Turner.

“Apresentámos uma das primeiras dicas de detecção de um exoplaneta no domínio do rádio”, disse Turner. “O sinal é do sistema Tau Boötes, que contém uma estrela binária e um exoplaneta. Defendemos uma emissão do próprio planeta. Pela força e polarização do sinal de rádio e do campo magnético do planeta, é compatível com as previsões teóricas”.

Porém, o marcador é fraco. “Resta alguma incerteza de que o sinal de rádio detetado seja do planeta. A necessidade de observações de acompanhamento é crítica”, sublinhou o astrónomo.

Turner e a sua equipa já começaram uma campanha usando vários radiotelescópios para acompanhar o sinal de Tau Boötes.

“Se confirmado através de observações de acompanhamento”, disse Ray Jayawardhana, orientador de Turner e professor de astronomia na Faculdade de Artes e Ciências. “Esta deteção de rádio abre uma nova janela para exoplanetas, dando-nos uma nova forma de examinar mundos alienígenas que estão a dezenas de anos-luz de distância.”

Este estudo foi publicado esta semana na revista científica Astronomy & Astrophysics.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Acordo de Concertação prevê licenças e apoios fiscais à formação

Já se conhecem algumas das medidas previstas no Acordo de Formação Profissional e Qualificações, assinado ontem pelo governo, confederações patronais e UGT. O governo, as confederações patronais e a UGT assinaram, esta quarta-feira, o Acordo de …

Relatório do Novo Banco estilhaça PSD. Pinto Luz sai em defesa de Passos Coelho e critica Rui Rio

Esta quarta-feira, Miguel Pinto Luz, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, deixou duras críticas ao atual líder do PSD depois de o partido ter aprovado o relatório que acusa o Governo de Pedro Passos Coelho …

Cientistas "encontraram" a válvula de Nikola Tesla nos intestinos de tubarões

Cientistas descobriram que os intestinos de tubarões funcionam de forma semelhante à famosa válvula unidirecional de Nikola Tesla, criada há mais de 100 anos. Pela primeira vez, cientistas fizeram exames 3D de intestinos de tubarão para …

Recolher obrigatório, limitação horária nos restaurantes e restrições por concelho podem acabar hoje

Na reunião de terça-feira no Infarmed, os peritos concluíram haver condições para começar a aliviar algumas das medidas restritivas em vigor. Em Conselhos de Ministros, que se irá realizar hoje, o Governo irá definir novas …

Alerta de tsunami no Alasca depois de sismo de magnitude 8.2

A península do Alasca, a oeste dos Estados Unidos, foi atingida por um sismo de magnitude 8.2 na noite de quarta-feira (7h15 de quinta-feira em Lisboa) e já foi lançado um alerta de tsunami na …

Conselho de Ministros reúne-se para discutir próximos passos no desconfinamento

O Conselho de Ministros reúne-se esta quinta-feira para decidir os próximos passos no processo de abertura do país, dois dias depois de especialistas terem sugerido a evolução das medidas de restrição de acordo com a …

Capacete magnético mostra-se eficaz na redução de tumor cerebral

O diagnóstico de um cancro é sempre complicado, mas há partes do corpo onde a presença da doença pode ser mais ameaçadora. É o caso do glioblastoma, um tipo de cancro cerebral, que se não …

Engenheiros japoneses fizeram levitar objectos com "armadilha acústica"

Engenheiros japoneses descobriram uma forma de fazer pequenos objectos levitar usando apenas ondas sonoras, o que pode ser um passo importante para a tecnologia. A engenharia biomédica, o desenvolvimento de farmacêuticos e a nanotecnologia podem vir …

Juno fez a maior aproximação a Ganimedes das duas últimas décadas (e as imagens são de cortar a respiração)

A NASA divulgou, recentemente, um vídeo da sonda Juno a passar por Júpiter e Ganimedes, uma das suas luas. As imagens são de cortar a respiração. Juno visitou Ganimedes em junho. As imagens foram captadas no …

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …