Astrónomos do Kepler identificam 20 melhores candidatos a “outra Terra”

Danielle Futselaar

Impressão de artista do Kepler-186f, descoberto em 2014, é um dos mais de 200 exoplanetas que os cientistas dizem estar situados na “zona habitável” das suas estrelas e pode, potencialmente, ter vida

Uma equipa internacional de investigadores identificou quais dos mais de quatro mil exoplanetas descobertos pela missão Kepler da NASA são mais suscetíveis de serem semelhantes com o nosso planeta.

A investigação, detalhada num artigo que será publicado na Astrophysical Journal, descreve 216 planetas localizados na “zona habitável” – a área à volta de uma estrela na qual a superfície de um planeta pode albergar água líquida. Desses, listam 20 que são os melhores candidatos a planetas rochosos habitáveis como a Terra.

“Este é o catálogo completo de todas as descobertas do Kepler que estão na zona habitável das suas estrelas hospedeiras,” descreve Stephen Kane, professor associado de física e astronomia da Universidade Estatal de São Francisco e autor principal do estudo.

“Isto significa que podemos focar-nos nos planetas do artigo e realizar estudos de acompanhamento para aprender mais sobre eles, inclusive se são realmente habitáveis“, afirma.

A investigação confirma ainda que a distribuição dos planetas Kepler dentro da zona habitável é a mesma que a distribuição daqueles fora dela – uma evidência adicional de que o Universo está repleto de planetas e luas onde a vida pode, potencialmente, existir.

Os limites da zona habitável são críticos. Se um planeta está demasiado perto da sua estrela, sofre um efeito de estufa descontrolado, como Vénus. Por outro lado, se está demasiado longe, qualquer água aí presente congela, como em Marte.

Kane e os colegas ordenaram os planetas consoante interpretações mais conservadoras ou otimistas da zona habitável, e em seguida ordenaram-nos novamente por tamanho: planetas pequenos e rochosos vs. gigantes gasosos.

As quatro categorias têm por objetivo ajudar os astrónomos na sua investigação. Aqueles que procuram luas potencialmente habitáveis podem estudar exoplanetas nas categorias de gigantes gasosos, por exemplo.

Os 20 planetas na categoria mais restrita – superfície rochosa e uma zona habitável conservadora – são os mais propensos a serem parecidos com a Terra. Kane já começou a recolher dados adicionais sobre esses planetas, bem como de outros nas restantes categorias.

Chester Harman

Esta tabela mostra a zona habitável de estrelas com diferentes temperaturas, bem como a posição de candidatos planetários de tamanho terrestre e planetas confirmados do Kepler descritos na nova investigação. Alguns dos planetas rochosos do Sistema Solar são também mostrados para comparação

Esta tabela mostra a zona habitável de estrelas com diferentes temperaturas, bem como a posição de candidatos planetários de tamanho terrestre e planetas confirmados do Kepler descritos na nova investigação. Alguns dos planetas rochosos do Sistema Solar são também mostrados para comparação

O estudo e o inventário dos mais de quatro mil exoplanetas levou mais de três anos e envolveu investigadores da NASA, da Universidade Estatal do Arizona, do Caltech, da Universidade de Hawaii-Manoa, da Universidade de Bordéus, da Universidade de Cornell e do Centro Harvard-Smithsonian para Astrofísica.

“É emocionante ver a enorme quantidade de planetas que existem por aí, o que nos faz pensar sobre a probabilidade de vida noutros lugares,” afirma Michelle Hill, aluna australiana da Universidade Estatal de São Francisco que esteve envolvida no estudo.

“Existem muitos candidatos planetários e o tempo de telescópio para os estudar é limitado“, comenta Kane.

“Esta investigação é realmente um grande marco no sentido de responder as perguntas-chave de quão comum é a vida no Universo e quão comuns são os planetas como a Terra“, conclui.

CCVAlg

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas conseguiram manter tecido cerebral de cobaias vivo durante semanas

Cientistas japoneses conseguiram manter partes de tecido cerebral de cobaias vivas e viáveis durante 25 dias, isoladas numa cultura, graças a um novo método. De acordo com o Science Alert, a chave para o sucesso foi …

Arqueólogos descobrem 25 sítios que comprovam presença militar romana no Norte e na Galiza

Investigadores portugueses e galegos descobriram 25 novos sítios no Norte de Portugal e na Galiza que “comprovam arqueologicamente” a presença militar romana nos dois territórios, correspondendo a maioria dos locais a “acampamentos militares”, revelou hoje …

EUA poderão manter alguns efetivos na Síria para proteger poços de petróleo

Os EUA planeiam deixar alguns efetivos no nordeste da Síria para proteger instalações petrolíferas e garantir o combate contra um possível ressurgimento do grupo extremista Estado Islâmico (EI), disse hoje o secretário de Defesa dos …

Polícias realizam manifestação conjunta em Lisboa a 21 de novembro

Elementos da PSP e da GNR realizam a 21 de novembro, em Lisboa, uma manifestação conjunta para exigirem ao novo Governo "a resolução rápida" dos problemas que ficaram por resolver na anterior legislatura. Com o lema …

Sérvia punida por racismo no jogo com Portugal

A UEFA condenou nesta segunda-feira a Sérvia a disputar o próximo jogo da fase de qualificação para o Euro 2020 à porta fechada, por manifestações racistas na partida com Portugal, disputada em Belgrado, que terminou …

Juve Leo lança críticas à direção: Um clube sem rumo e que precisa de bodes expiatórios

Depois de o Sporting rescindir os protocolos com a Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI devido à "escalada de violência" recente, a Juve Leo reagiu em comunicado com duras críticas à direção de …

Um terço dos fogos deste ano tiveram como causa queima e queimadas

Um terço dos incêndios florestais registados este ano e investigados tiveram como causa queimadas e queimas, revela o último relatório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). O relatório provisório de incêndios rurais, …

De Nova Iorque a Sydney em 19 horas. Avião da Qantas bate recorde

O primeiro voo comercial direto entre as cidades de Nova Iorque e Sydney, com mais de 19 horas, terminou, este domingo, na cidade australiana. O teste realizado pela companhia aérea Qantas faz parte do Project Sunrise, …

Marcelo ficou "muito impressionado" pela destruição do furacão Lorenzo nos Açores

O Presidente da República visitou, este domingo, o porto das Lajes das Flores, que ficou destruído após a passagem do furacão Lorenzo pelos Açores, mostrando-se "muito impressionado" pela destruição "massiva". "Muito impressionado com aquilo que foi …

Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da formação espalhados pela Europa

O Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da sua formação a atuarem nas ligas europeias e o emblema português mais representado nas 'big 5', segundo o observatório de futebol do Centro Internacional de …