Astrónomos descobrem estrela que “devorou” planetas gémeos da Terra

M. Garlick / Universidade de Warwick / ESO

Cientistas descobriram na constelação de Cassiopeia um estranho par de estrelas, uma das quais na sua vida passada teria absorvido cerca de uma dúzia de planetas semelhantes à Terra.

As estrelas podem de vez em quando destruir e “comer” os planetas que os orbitam. Isso pode acontecer quando os planetas acabam de nascer ou no fim da vida das estrelas, quando a camada exterior se expande e cobre os planetas, e mesmo após a morte da estrela, quando esta se torna uma anã branca ou estrela de neutrões.

Antigamente, os cientistas não prestavam atenção a esses processos, já que acreditavam que estes não causavam mudanças significativas na aparência e comportamento das estrelas.

Só mais recentemente, os planetólogos descobriram que, depois de “comerem” os planetas, as anãs brancas e as estrelas de neutrões mudam de aspeto exterior, enquanto as estrelas convencionais podem mudar de modo radical de comportamento, tornando-se maiores e menos brilhantes.

O especialista Semyeong Oh, da Universidade de Princeton (EUA), e os seus colegas encontraram um dos exemplos mais extraordinários do tal “canibalismo” espacial – o par de estrelas HD 240430 и HD 240429, recém-descobertas na constelação de Cassiopeia (também conhecida como Tamaquaré e Taquaré).

De acordo com os cientistas, estes astros são quase iguais. Formaram-se há cerca de 4 mil milhões de anos atrás e, desde então, têm viajado pelo espaço em conjunto, situados a apenas dois anos-luz um do outro.

Os astrónomos acreditam que as estrelas façam parte de um sistema estelar duplo, cujos elementos se comportam de forma diferente de outros pares de estrelas.

Os especialistas tentaram verificá-lo e encontraram uma caraterística estranha neste par de astros. O núcleo da primeira estrela contém muitos mais “metais”, elementos mais pesados do que o hidrogénio e hélio, do que a sua vizinha, conforme o artigo publicado na biblioteca virtual da Cornell University.

Titãs espaciais

Geralmente, essas diferenças indicam que as estrelas ter-se-iam formado em partes diferentes da galáxia. No entanto, o tamanho e a idade semelhantes das duas estrelas sugere o contrário.

Semyeong Oh e os seus colegas descobriram que este paradoxo “impossível” deve-se ao fato de uma das estrelas ter “comido” mais de uma dezena de planetas parecidos com a Terra, cuja massa total dos corpos “devorados” é 15 vezes maior que a da Terra. A estrela foi chamada Cronos, em homenagem ao titã na mitologia grega que devorava os filhos.

Como é que isso poderia ter acontecido? Segundo os cientistas, recentemente, Cronos e o irmão Crio ter-se-iam aproximado de outra estrela, cuja gravidade destabilizou os sistemas planetários. Como resultado, uma parte ou mesmo todos os planetas foram absorvidos por Cronos.

Neste momento, os astrónomos estão à procura de planetas nos arredores deste sistema estelar que possam ter sofrido este cataclismo. Caso sejam descobertos, ajudarão a entender como é que Cronos “comeu” os seus “filhos”.

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu o emir do Kuwait, Sabah Al-Ahmad Al-Sabah, aos 91 anos

O emir do Kuwait, xeque Sabah Al-Ahmad Al-Sabah, morreu esta terça-feira aos 91 anos nos Estados Unidos, onde estava desde julho a receber tratamento médico, anunciou a corte do emirado. "É com grande tristeza e dor …

Não há limite de velocidade num universo de superfluidos (e já sabemos porquê)

O superfluido ainda obedece às leis da Relatividade Geral. Ainda assim, é seguro afirmar que, num superfluido, não há limite de velocidade. Um superfluido é um líquido a uma temperatura extremamente baixa, próxima do zero absoluto. …

Não é um quasar. Astrónomos descobrem galáxia com radiação UV intensa

Cientistas descobriram uma galáxia jovem que brilha em comprimentos de onda ultravioleta, de maneira tão brilhante quanto um quasar. Uma equipa de cientistas descobriu a galáxia BOSS-EUVLG1, com a ajuda do Gran Telescopio Canarias de La …

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …

Emirados Árabes Unidos anunciam missão espacial à Lua para 2024

Um alto responsável dos Emirados Árabes Unidos disse hoje que o país tenciona enviar para a Lua uma nave com um veículo não tripulado em 2024. O desejo de pisar a lua é uma ambição de …

Exército norte-americano quer ter acesso à rede de satélites da SpaceX

O exército dos Estados Unidos está de olho na Starlink, a constelação de satélites da SpaceX, cujo CEO é o multimilionário Elon Musk e que tem como objetivo levar Internet de banda larga a todos …

Portugal tem cada vez menos água disponível

Portugal tem cada vez menos água disponível e nos próximos cem anos a precipitação em certas regiões do país, como o Algarve, pode sofrer uma redução de até 30%, alertou esta terça-feira a Associação Natureza …

Tel Aviv vai ter estradas elétricas que recarregam autocarros em movimento

Tel Aviv, em Israel, está a trabalhar na criação de estradas elétricas sem fios para carregar e fornecer energia aos transportes públicos da cidade. As estradas elétricas são parte de um programa piloto liderado pelo município …