Astrónomos chilenos criam novo método para medir a massa de buracos negros

M. Kornmesser / ESO

Conceito artístico do quasar 3C 279

Cientistas da Universidade do Chile e do Centro de Astrofísica e Tecnologias Afins, CATA, revelaram esta sexta-feira os resultados de um trabalho que irá permitir melhorar a identificação e estudo dos “buracos negros supermassivos” e como estes se relacionam entre si.

Segundo anunciaram os autores do estudo em conferência de imprensa, o trabalho será publicado esta segunda-feira, 20 de novembro, na revista Nature Astronomy.

A investigação, realizada pelo professor de Astronomia Julián Mejía, da Universidade do Chile, e Paula Lira, investigadora da mesma instituição e do CATA, tem como objectivo “corrigir e reduzir significativamente os erros dos cálculos das massas dos buracos negros”.

Até agora, o método mais usado para estimar a massa destes fenómenos consiste em analisar a radiação proveniente das nuvens de gás que se forma nas imediações do disco que alimenta o buraco negro, o qual “pode chegar a brilhar tanto como todas as estrelas da galáxia na qual se encontra”.

No entanto, a exactidão deste método depende em grande medida da forma como as nuvens de gás estão distribuídas, informação que é quase sempre desconhecida.

Para solucionar este problema, o trabalho de Julián Mejía e Paula Lira consistiu em estudar 40 quasares, uma fonte astronómica de energia electromagnética que inclui radiofrequências e luz visível, usando o espectrógrafo X-shooter do telescópio VLT do European Southern Observatory – ESO, situado em Cerro Paranal, no norte do Chile.

Este instrumento é capaz de abranger simultaneamente um conjunto muito amplo de comprimentos de onda – desde o ultravioleta até ao infravermelho próximo, o que permitiu medir a emissão dos “discos alimentadores” dos buracos negros observados.

“Os nossos dados permitiram-nos calcular de duas formas distintas a quantidade de matéria contida nestes buracos negros: através da forma como o disco emite a radiação e através do estudo da emissão das nuvens de gás”, explica Julián Mejía.

“Quando comparamos ambas as massas encontramos uma forma simples de corrigir significativamente os valores das massas obtidas a partir da informação das nuvens de gás, que é o método habitualmente usado pelos astrónomos“, diz o cientista.

O estudo foi realizado em colaboração com Benny Trakhtenbrot, investigador do Instituto ETH na Suíça, Daniel Capellupo, investigador da Universidade de McGill no Canadá, e Hagai Netzer, professor da Universidade de Tel Aviv, em Israel.

Segundo Netzer, que trabalhou durante anos na medição de massas de buracos negros supermassivos, “o novo método pode ajudar a descobrir as ligações entre os buracos negros e as galáxias hóspedes quando o universo era jovem, isto é, quando o universo tinha menos de 4 mil milhões de anos“.

// EFE

 

PARTILHAR

RESPONDER

Amazon inaugura loja que funciona sem funcionários ou caixas de pagamento

Esta segunda-feira, a Amazon inaugurou a sua loja física sem caixas de pagamento. Entrar, pegar no que se quer e sair sem pagar - é esta a dinâmica da Amazon Go. Esta segunda-feira, a Amazon inaugurou, …

"Quero representar a humanidade na máquina". A próxima meta de Ishiguro é a consciência artificial

https://vimeo.com/252082730 Hiroshi Ishiguro aliou a paixão pela arte ao fascínio pela robótica com o objetivo de "representar a humanidade na máquina". Deu à inteligência artificial um corpo. Agora, quer dar ao corpo uma consciência. Hiroshi Ishiguro …

Cidade do Cabo pode ficar sem água dentro de 90 dias

Numa bacia geológica por baixo da Montanha da Mesa e historicamente alimentada por forte precipitação no inverno, a capital sul africana tem sido conhecida como um paraíso de abundante água natural. Mas isso pode estar …

Adeus homens. Extinção já tem data marcada

O cromossoma Y, responsável pelo desenvolvimento das propriedades sexuais masculinas, vai desaparecer. Mas, podem os homens todos estar descansados, tal apenas acontecerá dentro dentro de 4,5 milhões de anos. Segundo um novo estudo de investigadores da …

Indiano está a abrir uma estrada de 8 km para os filhos irem à escola

Durante dois anos, Jalandhar Nayak usou uma enxada e uma picareta para construir sozinho uma estrada de 8 quilómetros num vilarejo remoto do Estado de Orissa, na Índia, para que os filhos conseguissem ir mais …

Supernanny perde patrocinador principal

Supernanny perdeu o patrocínio da Corine de Farme. A marca comercializada pelos Laboratórios Sarbec Portugal era a principal patrocinadora do controverso programa da SIC. A retirada do patrocínio, que já estaria a ser equacionada desde a semana passada, surge …

Supremo recusa pedido para emitir mandado europeu de detenção contra Puigdemont

O Supremo Tribunal de Justiça espanhol recusou o pedido do Ministério Público para voltar a emitir um mandado europeu de detenção contra o ex-presidente da Catalunha, que se deslocou à Dinamarca. A procuradoria-geral espanhola pediu esta …

Rui Rio mantém Hugo Soares na liderança da bancada do PSD até ao congresso

Rui Rio esteve reunido com Hugo Soares, esta segunda-feira, no Porto. O novo líder do PSD decidiu que vai manter o atual líder da bancada parlamentar até que se realize o Congresso Nacional do partido. Em …

Algoritmo vanguardista de investigadores portugueses supera o Google Brain

Um novo algoritmo de inteligência artificial que desenvolve "uma abordagem vanguardista para automatizar processos de aprendizagem no campo da visão computacional" foi criado por investigadores da Universidade de Coimbra. Quatro investigadores do Centro de Informática e …

Incêndios no Pinhal de Leiria tiveram mão criminosa

A Polícia Judiciária de Leiria determinou que os dois incêndios que consumiram o Pinhal de Leiria tiveram mão criminosa. O engenho explosivo foi encontrado no pinhal, mas ainda não foram identificados os autores. A Polícia Judiciária …