Asteróide do tamanho do que aniquilou os dinossauros pode vir a atingir novamente a Terra

O matemático Robert Walker acredita que a Terra pode voltar a ser atingida por um asteróide com as dimensões daquele que aniquilou os dinossauros.

Há 66 milhões de anos, recorda a Sputnik News, o nosso planeta foi impactado por uma rocha espacial com cerca de 16 quilómetros de largura. O corpo rochoso ditou o fim da era dos dinossauros na Terra, segundo estimam cientistas.

Acredita-se, em média, que asteróides com estas mesmas dimensões atinjam a Terra a cada 100 milhões de anos. Tendo em conta que já passaram 66 milhões de anos desde o último impacto, Walker, citado pelo jornal britânico Express, estima que o fenómeno se possa voltar a repetir numa escala de tempo relativamente próxima.

A NASA contabilizou 90% dos Objetos Próximos da Terra (NEO) que têm mais de um quilómetro de comprimento e, por isso, podem representar perigo para a Terra.

Ou seja, faltam ainda rastrear 10% dos asteróides potencialmente perigosos.

Apesar do número de asteróides já rastreados, há uma possibilidade muito pequena de um destes corpos rochosos vir a causar danos na Terra: a probabilidade é de 1 em 300.000, segundo cálculos da agência espacial norte-americana.

Ainda assim, a NASA estuda de perto estes objetos. Mais recentemente, debruçou esforços no asteróide Bennu, que pode atingir a Terra nos próximos 120 anos. O próximo voo de aproximação é apontado para meados de 2135.

A missão da agência espacial a Bennu, um dos asteróides mais próximos do nosso planeta, deverá conseguir dados essenciais para melhorar os programas destinados para o acompanhamento e desvio destes corpos em rota de colisão com a Terra.

ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Estas estatísticas … faltar detectar 10% dos asteróides potencialmente perigosos… é uma estimação apenas com base teórica. É dito como se fosse uma verdade, e não o é!

  2. Lá vem estes tipos com o “pode”. Tudo para obterem dinheiro limpo para usar em projetos sujos. Ainda pensam que enganam alguém? É como a missão a Marte que já nos andam a impingir há 30 anos…

  3. Para morrer, basta estar vivo assim funciona o universo também, todos os planetas estão sujeitos a extinção, mas nunca saberemos exatamente quando, essas previsões só podem ser feitas se ele estiver na rota, e em uma distância relativamente pequena! Teorias não se aplicam mas sim fatos e cálculos.
    Falei!

  4. Não acredito que alguém ou alguma agência consiga prever algo dessa magnitude. Não há tecnologia desenvolvida e nem conhecimento para tanto. Nem chuvas de meteoros conseguem acertar!!! Há décadas venho seguindo as previsões. Não acertam nada!!!

  5. O Universo é uma caixinha surpresa que a qualquer momento pode explodir de tantas informações, o que acontece lá em cima é um mistério que nenhum cientista ou máquina conseguirá prever com antecedência e mesmo que se puder prever não há nenhum equipamento capaz de nos proteger.

RESPONDER

Contribuintes têm até esta terça-feira para validar faturas (e podem valer até 2.500 euros no IRS)

Os contribuintes que, no ano passado, colocaram o seu NIF em faturas devem verificar se todas estão corretamente associadas à tipologia de despesas a que correspondem para efeitos de IRS, terminando esta terça-feira o prazo …

Plácido Domingo diz "assumir toda a responsabilidade dos seus erros"

O tenor também desistiu de se apresentar na Ópera Metropolitana de Nova Iorque, enquanto outras óperas americanas cancelaram as suas atuações, que no entanto continuam na Europa. O tenor espanhol Plácido Domingo, acusado nos Estados Unidos …

Até as "couves ficam pretas". Aterro em Valongo que recebe lixo do estrangeiro gera indignação

Os moradores de Sobrado, em Valongo, realizaram mais um protesto contra o aterro local que recebe lixo de todo o país e de países estrangeiros também. Queixam-se do cheiro nauseabundo, das pragas de mosquitos e …

Evolução "muito positiva". Atribuição de pensões de velhice está a demorar 134 dias

Em média, a Segurança Social está a demorar 134 dias (cerca de quatro meses e 15 dias) a atribuir pensões de velhice, avança o jornal Eco. Em entrevista ao diário de economia, o secretário de …

Ninguém quer ser professor? Mestrados em Ensino sem candidatos

Os mestrados em Ensino, que preparam futuros docentes para o terceiro ciclo e Ensino Secundário, têm cada vez menos inscritos e alguns até já fecharam por falta de candidatos, revela uma reportagem da Rádio Renascença. …

Após apoiar Trump em 2016, Clint Eastwood "troca-o" por Bloomberg

O ator e realizador Clint Eastwood, que em 2016 apoiou Donald Trump na corrida à Casa Branca, declarou agora o seu apoio ao democrata Michael Bloomberg para as eleições presidenciais norte-americanas de 2020. Em entrevista …

Em relação ao Montijo, Rui Rio não abre o jogo

O que Rui Rio fará quando for chamado a pronunciar-se sobre o futuro do aeroporto do Montijo é uma incógnita. A pressão atira-a para o Governo e para a esquerda. Algumas Câmaras, como a do Seixal …

Revolut triplica avaliação em menos de um ano. Já vale 5 mil milhões de euros

A fintech britânica Revolut, que este ano celebra cinco anos de vida, está já avaliada em 5,5 mil milhões de dólares (5,07 mil milhões de euros). A empresa britânica de serviços financeiros acaba de fazer …

11 membros do Governo com registos de interesses em atraso (7 deputados obrigados a deixar cargos)

Os registos de interesses de 11 membros do Governo - 5 ministros e 6 secretários de Estado - não estão ainda disponíveis no site do Parlamento, cinco meses depois da tomada de posse do Governo. …

Portugal e Venezuela reuniram-se em Genebra. TAP em cima da mesa

O ministro dos Negócios Estrangeiros português e o seu homólogo venezuelano reuniram-se esta segunda-feira em Genebra, na Suíça, uma semana após o regime de Nicolás Maduro suspender as operações da TAP. A informação foi publicada no …