Asteróide do tamanho de um campo de futebol passa muito perto da Terra este domingo

P.Carril / ESA

Conhecido como ‘2017 BS5’, o asteróide foi descoberto em janeiro passado pelo Observatório Haleakala, no Hawaii, e viaja a uma velocidade de 5,8 quilómetros por segundo.

Este domingo, um asteróide, com um tamanho de 40 a 90 metros de diâmetro, passa muito perto da Terra, segundo revela o programa de vigilância de Near Earth Objects, objectos próximos da Terra, do Jet Propulsion Laboratory, da agência espacial norte-americana NASA.

Conhecido como 2017 BS5, o asteróide foi descoberto em janeiro pelo Observatório Haleakala, no Hawaii, viaja a uma velocidade de 5,8 quilómetros por segundo e vai passar à distância de 1,9 milhões de quilómetros da Terra – o equivalente a 3,2 distâncias lunares.

O 2017 BS5 não representa risco de colisão e é um dos cinco asteróides que se aproximam da Terra, e que segundo o principal astrónomo da NASA, Ron Baalke, vão passar muito próximo da Terra nos próximos meses – a menos de cinco luas de distância.

Entre estes, destaca-se o ‘2012 TC4’, que é bastante mais pequeno, com um diâmetro de 12 a 17 metros e uma massa de cerca de 11 mil toneladas, mas mais preocupante. A 12 de outubro, irá passar junto à Terra, a uma distância calculada de 57.659 quilómetros – apenas 15% da distância à Lua.

No início de julho, a NASA revelou um plano para desviar asteróides para a defesa planetária chamada ‘Teste Duplo Asteroid redirecionamento’, DART. Este projecto é único na sua classe e vai buscar e usar “técnica de impacto cinético” para, pela primeira vez, alterar a trajectória de um asteróide.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

E Tudo o Vento Levou… há 80 anos

E Tudo o Vento Levou celebra este domingo 80 anos de vida, marcando a data da sua estreia nos Estados Unidos. Oito décadas depois, o filme mantém-se como uma das maiores obras primas do cinema …

O problema impossível mais simples do mundo está a levar matemáticos à loucura

Matemáticos avisam os seus colegas para se manterem longe da conjetura de Collatz. No entanto, Terence Tao decidiu arriscar, e está muito perto de resolver aquele que muitos chamam de o problema impossível mais simples …

Soldados da Guerra Civil dos EUA pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias

Investigadores encontraram evidências que indicam que soldados da Guerra Civil norte-americana pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias. Escavações em Camp Nelson, no Kentucky, revelaram restos de um estúdio de fotografia com 150 anos, o …

Chuva, vento forte e neve. Mau tempo vai agravar-se nas próximas 48 horas

A Proteção Civil alertou este domingo para um agravamento do estado do tempo nas próximas 48 horas, com períodos de chuva, possibilidade da queda de neve nas terras alta do norte e centro e ainda …

Descoberta nova espécie de aranha-violinista no Vale do México

Cientistas identificaram, no México, uma nova espécie de aranha com um veneno que, apesar de não ser fatal, é capaz de causar necrose na pele humana. Uma equipa de cientistas da Universidade Nacional Autónoma do México …

Já sabemos sobre o que conversam os orangotangos

Um novo estudo da Universidade de Exeter, em Inglaterra, desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os investigadores passaram dois anos a filmar mais de 600 horas …

COP25 aprovou conclusões. Não há acordo para regulação dos mercados de carbono

A cimeira da ONU sobre o clima terminou hoje em Madrid assinalando a urgência para conter as alterações climáticas, mas a mais longa cimeira sobre o clima de sempre sem chegar a acordo nos pontos …

Afinal, os deuses da Antiguidade eram às cores (e já as podemos ver)

https://vimeo.com/379277357 Nos nossos livros da escola e em museus de todo o mundo, as obras de arte da antiga Grécia e Roma não têm cores: são simples, puro e branco mármore. Mas será este apenas um mito? …

A sede do petróleo está a levar os povos indígenas do Equador à extinção

Os povos indígenas do Equador estão sob ameaça dos interesses do território em que habitam. Quase metade das reservas equatorianas de petróleo estão debaixo do Parque Nacional Yasuní. Os interesses dos políticos e dos grandes magnatas …

"Lesmas-leopardo" acasalam da forma mais espantosamente bizarra (e ninguém sabe porquê)

As "lesmas-leopardo" têm talvez o acasalamento mais intrigante e espantoso de todo o reino animal. Os biólogos ainda não conseguiram decifrar porque razão estes moluscos acasalam desta forma. Na escuridão da noite, duas grandes "lesmas-leopardo" começam …