Associated Press acusada de ter colaborado com regime nazi

Um estudo realizado por uma historiadora alemã, divulgado esta quarta-feira pelo jornal britânico The Guardian, afirma que a agência de notícias americana Associated Press teria colaborado com o regime nazista durante os anos 1930.

A reportagem do The Guardian afirma que a AP foi a única agência de notícias ocidental autorizada a operar na Alemanha de Adolf Hitler, enquanto outros órgãos de imprensa estrangeiros foram banidos ou forçados a encerrar a actividade, depois de sofrerem ataques por empregarem jornalistas judeus.

A AP continuou em actividade na Alemanha até à entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial, em 1941.

Até esse momento, a agência foi o principal meio de informação sobre o Estado totalitário para os países do Ocidente, fornecendo notícias e fotografias exclusivas.

No estudo, publicado no portal alemão de estudos de história contemporânea Zeithistorische Forschungen, a historiadora Harriet Scharnberg, da Universidade Martin Luther, na cidade alemã de Halle, sustenta que a AP só conseguiu manter a actividade no país através de uma colaboração mútua com o regime nazi.

A agência ter-se-á submetido à chamada Schriftleitergesetz, a lei dos editores, que proibia a divulgação de matérias destinadas a “enfraquecer o poder do Reich no exterior ou no país” e obrigava os meios de informação a contratar repórteres que trabalhavam para a divisão de propaganda do regime nazi.

Um dos fotógrafos contratados pela AP, Franz Roth, terá sido indicado directamente por Hitler, que também seleccionava as suas fotos para serem distribuídas pela agência.

Segundo a historiadora, ao mesmo tempo que fornecia aos países do Ocidente a possibilidade de observar a sociedade nazi por dentro, a agência também permitia que o regime ocultasse alguns dos seus crimes.

Harriet Scharnberg afirma que a colaboração entre a Associated Press e os nazis permitia ao regime alemão “retratar uma guerra de extermínio como uma guerra convencional“.

AP rejeita acusações

Em comunicado, a Associated Press negou qualquer alegação de que tenha colaborado propositadamente com os nazis e afirmou que a investigação da historiadora se refere a uma agência de fotos alemã que era subsidiária da AP britânica.

Segundo o comunicado, depois de 1935, a subsidiária foi afectada pelo controle de imprensa nazi.

A AP reconhece que distribuiu imagens disponibilizadas pelo regime nazi, mas afirma que os créditos das fotografias deixavam isso claro e que a decisão sobre a publicação das fotos cabia aos editores dos jornais.

“Imagens daquela época na Alemanha tinham um valor jornalístico legítimo, pois os editores e o público precisavam de saber mais sobre os nazis”, afirmou a agência.

“A AP não se envolveu directamente na publicação e, até à divulgação da investigação da sra. Scharnberg, não tinha conhecimento de nenhuma acusação de que material nosso pudesse ter sido produzido e seleccionado por ministérios de propaganda nazis”, diz a agência.

“Se tal aconteceu, os créditos das fotos teriam deixado isso claro”, realça a Associated Press.

ZAP / DW

PARTILHAR

RESPONDER

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …

Vanessa Guillen foi espancada até à morte. Jovem soldado tinha dito à mãe que era vítima de assédio

Vanessa Guillen foi vista pela última vez a 22 de abril, pouco tempo depois de confessar à mãe que estava a ser assediada por um sargento. O principal suspeito da morte da jovem suicidou-se e …

Presidente da Câmara do Funchal envia carta a Boris Johnson a defender a Madeira

O presidente da Câmara do Funchal escreveu uma carta a Boris Johnson, na qual realça "alguns argumentos fortes" a favor da Madeira como destino de férias para os cidadãos do Reino Unido. O presidente da Câmara …

Livros pró-democracia desapareceram das bibliotecas de Hong Kong

Livros escritos por importantes ativistas da democracia de Hong Kong começaram a desaparecer das bibliotecas da cidade, avança a agência noticiosa francesa AFP, citando registos online destes espaços. Os livros pró-democracia desapareceram das prateleiras da …

Lito Vidigal é o novo treinador do Vitória de Setúbal

Lito Vidigal é o novo treinador do Vitória de Setúbal. O ex-treinador do Boavista, que já tinha passado pelo Bonfim em 2018/2019, vai suceder a Júlio Velázquez no comando técnico dos sadinos. Esta segunda-feira, Lito Vidigal, …