Arqueólogos reconstroem rosto de homem medieval que morreu há 700 anos

Chris Rynn / University of Dundee

-

O rosto de um britânico que morreu há cerca de 700 anos foi reconstruido por arqueólogos da Universidade de Cambridge, no Reino Unido.

O homem medieval foi enterrado juntamente com centenas de outros homens num cemitério que se encontra por baixo do edifício Old School Divinity, da Faculdade St. John’s, na Universidade de Cambridge.

Ao estudar os seus restos mortais e refazer os seus traços faciais e histórico biológico, os investigadores esperam compreender a vida das pessoas pobres e anónimas que viviam no século XIII.

A maioria dos esqueletos encontrados neste cemitério são de adultos pobres. Os seus enterros ocorreram entre os séculos XIII e XV, quando o cemitério foi anexado ao hospital de uma fundação de caridade para os pobres e doentes.

“A maioria dos registos históricos da época são de pessoas ricas, especialmente sobre as suas transacções financeiras e jurídicas”, explica o autor principal do estudo, John Robb, professor de arqueologia da Universidade de Cambridge, em comunicado.

“Quanto menos dinheiro e propriedades uma pessoa tivesse, menos provável seria que alguém escrevesse alguma coisa sobre ela. Então, esqueletos como este são a nossa oportunidade de aprender coisas sobre como os pobres e pessoas comuns viviam”, diz o investigador.

Informações no esqueleto

Os cientistas estudaram o esqueleto do homem, designado Contexto 958, em detalhe. Ao medir os seus ossos pélvicos, os arqueólogos concluíram que tinha mais de 40 anos quando morreu.

A mandíbula, as maçãs do rosto e o crânio também ajudaram os investigadores a estimar a sua estrutura facial. Por fim, a espinha dorsal revelou que provavelmente fazia trabalho braçal, o que levou uma a hérnia nas vértebras e possível dor crónica nas costas.

“Uma característica interessante é que ele tinha uma dieta relativamente rica em carne ou peixe, o que pode sugerir que ele fazia comércio ou trabalho que lhe deu mais acesso a esses alimentos do que uma pessoa pobre teria normalmente”, explica Robb.

Apesar de a equipa não ter sido capaz de dizer exactamente qual era a sua profissão, ou o que conduziu à sua morte, as pistas do esqueleto sugerem que Contexto 958 foi um trabalhador manual ou artesão de algum tipo.

Mais histórias

Evidências de um trauma contundente que deixou uma pequena lesão na parte de trás da cabeça do homem, bem como cárie dentária em múltiplos molares, também fornecem pistas de que Contexto 958 provavelmente teve uma vida difícil.

A equipa espera agora comparar a biografia do indivíduo com outros esqueletos enterrados ao seu lado, assim como os restos de outros esqueletos em diversos cemitérios de Cambridge, da mesma época.

Tais comparações podem ajudar a humanizar os cidadãos medievais – e contar as suas experiências de vida e histórias.

PARTILHAR

RESPONDER

EUA comprometem-se a tomar medidas concretas para resolver diferenças com França

Os Estados Unidos continuam a tentar resolver as diferenças com a França na sequência da crise dos submarinos, com o secretário de Estado a admitir que Washington terá de tomar medidas concretas para reconquistar a …

Portugueses suspeitos de violação em Espanha vão ser libertados

Depois de um recurso inicial ter sido rejeitado por perigo de fuga, um tribunal de instância superior aceitou o pedido de libertação dos dois portugueses que estavam em prisão preventiva desde Julho. Vão ser libertados esta …

Administração da insolvência defende a viabilização da Dielmar

As manifestações de interesse na compra da Dielmar devem ser apresentadas até à próxima segunda-feira. A assembleia de credores está marcada para 6 de Outubro. Segundo revela uma fonte próxima ao Jornal Económico, o administrador da …

FBI emite mandado de detenção a Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito

O namorado de Gabby Petito desapareceu três dias depois da jovem também ter sido dada como desaparecida. O jovem de 23 anos está também a ser acusado de fraude bancária. O FBI emitiu esta quarta-feira um …

Cavidade gigante no espaço lança nova luz sobre a formação estelar

Astrónomos que analisaram mapas 3D das formas e tamanhos de nuvens moleculares próximas descobriram uma cavidade gigantesca no espaço. O vazio em forma de esfera, descrito na revista The Astrophysical Journal Letters, abrange cerca de 150 …

Professor que fazia vídeos obscenos foi suspenso

O Ministério da Educação suspendeu o professor de Economia e Direito da Escola Secundária Eça de Queirós, na Póvoa de Varzim, que terá um canal de YouTube com vídeos obscenos. O docente da Secundária Eça de …

Bolsonaro quis apostar caixa de uísque com Boris Johnson por “anticorpos”

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, revelou na quinta-feira que tentou "apostar uma caixa de uísque" com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, alegando ter mais anticorpos para a covid-19 do que o britânico. A sugestão …

Sondagens, sondagens, sondagens. O que esperar da noite eleitoral

Para além do poder local, muito está em jogo nas próximas eleições autárquicas, com algumas direções nacionais a fazerem depender o seu futuro do resultado alcançado no domingo. Enquanto as urnas não abrem, uma ronda …

Vulcão, La Palma

Vulcão nas Canárias com períodos mais explosivos já devastou 240 hectares

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha de La Palma (Canárias) mantém-se ativo, apresentando períodos mais explosivos e tendo já devastado cerca de 240 hectares de terrenos num perímetro de cerca de 16 quilómetros. Dados também fornecidos …

IVAucher só poderá ser utilizado em 1% dos restaurantes e hotéis

A apenas uma semana do início da segunda fase do IVAucher, só 1.500 empresas de restauração, alojamento e cultura, de um total de 118 mil, estão inscritas no programa. Até ao fim de agosto, os consumidores …