Arqueólogos reconstroem rosto de homem medieval que morreu há 700 anos

Chris Rynn / University of Dundee

-

O rosto de um britânico que morreu há cerca de 700 anos foi reconstruido por arqueólogos da Universidade de Cambridge, no Reino Unido.

O homem medieval foi enterrado juntamente com centenas de outros homens num cemitério que se encontra por baixo do edifício Old School Divinity, da Faculdade St. John’s, na Universidade de Cambridge.

Ao estudar os seus restos mortais e refazer os seus traços faciais e histórico biológico, os investigadores esperam compreender a vida das pessoas pobres e anónimas que viviam no século XIII.

A maioria dos esqueletos encontrados neste cemitério são de adultos pobres. Os seus enterros ocorreram entre os séculos XIII e XV, quando o cemitério foi anexado ao hospital de uma fundação de caridade para os pobres e doentes.

“A maioria dos registos históricos da época são de pessoas ricas, especialmente sobre as suas transacções financeiras e jurídicas”, explica o autor principal do estudo, John Robb, professor de arqueologia da Universidade de Cambridge, em comunicado.

“Quanto menos dinheiro e propriedades uma pessoa tivesse, menos provável seria que alguém escrevesse alguma coisa sobre ela. Então, esqueletos como este são a nossa oportunidade de aprender coisas sobre como os pobres e pessoas comuns viviam”, diz o investigador.

Informações no esqueleto

Os cientistas estudaram o esqueleto do homem, designado Contexto 958, em detalhe. Ao medir os seus ossos pélvicos, os arqueólogos concluíram que tinha mais de 40 anos quando morreu.

A mandíbula, as maçãs do rosto e o crânio também ajudaram os investigadores a estimar a sua estrutura facial. Por fim, a espinha dorsal revelou que provavelmente fazia trabalho braçal, o que levou uma a hérnia nas vértebras e possível dor crónica nas costas.

“Uma característica interessante é que ele tinha uma dieta relativamente rica em carne ou peixe, o que pode sugerir que ele fazia comércio ou trabalho que lhe deu mais acesso a esses alimentos do que uma pessoa pobre teria normalmente”, explica Robb.

Apesar de a equipa não ter sido capaz de dizer exactamente qual era a sua profissão, ou o que conduziu à sua morte, as pistas do esqueleto sugerem que Contexto 958 foi um trabalhador manual ou artesão de algum tipo.

Mais histórias

Evidências de um trauma contundente que deixou uma pequena lesão na parte de trás da cabeça do homem, bem como cárie dentária em múltiplos molares, também fornecem pistas de que Contexto 958 provavelmente teve uma vida difícil.

A equipa espera agora comparar a biografia do indivíduo com outros esqueletos enterrados ao seu lado, assim como os restos de outros esqueletos em diversos cemitérios de Cambridge, da mesma época.

Tais comparações podem ajudar a humanizar os cidadãos medievais – e contar as suas experiências de vida e histórias.

PARTILHAR

RESPONDER

A misteriosa megaestrutura alienígena pode ser uma exolua orfã a ser despedaçada

Uma exolua órfã gradualmente a ser dilacerada pode explicar o estranho comportamento obscuro de uma estrela que intriga os cientistas há anos - e que pode ser evidência potencial de uma "megaestrutura alienígena". Os astrónomos observaram …

Afinal, anéis de Saturno podem ser quase tão antigos como o Sistema Solar

Um novo estudo sugere que os anéis de Saturno podem ser quase tão antigos como o Sistema Solar, depois de uma pesquisa anterior ter dito que tinham apenas 100 milhões de anos. Os anéis de Saturno …

Cientistas explicam porque trabalhar à noite faz mal aos intestinos

As pessoas que trabalham à noite têm mais probabilidades de desenvolver inflamações intestinais, porque há células que contribuem para a saúde intestinal que deixam de receber informações vitais do cérebro, indica um estudo divulgado esta …

Marinha dos EUA admite que vídeos de OVNI's são verdadeiros (e não era suposto ninguém saber)

A Marinha dos EUA confirmou que imagens de OVNIs que surgiram nos últimos anos são reais e que nunca pretenderam que o vídeo fosse visto pelo público. As imagens que apareceram pela primeira vez online em …

O Pólo Norte vai ter um hotel de luxo (iluminado pelas auroras boreais)

https://vimeo.com/360873720 O hotel "mais a norte do mundo" só existirá durante um mês e o glamping de luxo será para muito poucos: o custo é de 95 mil euros por pessoa por três dias. Em 2020, o …

Whitney Houston vai regressar aos palcos (em holograma)

Whitney Houston vai "regressar" aos palcos, em formato holograma. Foi anunciada uma digressão da cantora por várias salas do Reino Unido, em 2020. Os planos para uma digressão de holograma de Whitney Houston têm sido discutidos …

Victor Vescovo diz que chegou ao ponto mais profundo dos oceanos. James Cameron não concorda

James Cameron levantou dúvidas sobre as recentes declarações de Victor Vescovo sobre ter quebrado o recorde do mergulho mais profundo no oceano, dizendo que o empresário não pode ter descido mais, uma vez que não …

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre anuncia fim da carreira

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram esta quarta-feira o fim da carreira. “Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos …

Elon Musk é o líder mais inspirador da tecnologia da atualidade

Elon Musk foi nomeado o líder mais inspirador no setor da tecnologia, de acordo com um estudo publicado pela Hired, uma plataforma para contratação de pessoal em 14 cidades em todo o mundo. O estudo, chamado …

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …