Arqueólogos descobrem enorme metrópole maia na Guatemala

(dr) Blue Media / National Geographic

Metrópole Maia descoberta usando um LIDAR

Uma equipa internacional de investigadores encontrou, sob as densas florestas da Guatemala, dezenas de milhares de construções, que sugerem que a civilização maia tinha milhões de habitantes a mais do que se pensava.

Usando uma tecnologia de mapeamento aéreo, uma equipa internacional de investigadores descobriu, debaixo das densas florestas da Guatemala, pelo menos 60 mil casas, prédios, pirâmides e outras construções da civilização maia até agora desconhecidas.

Anunciada esta quinta-feira, a descoberta está a ser considerada um marco na arqueologia maia. O achado inclui campos de agricultura de tamanho industrial e canais de irrigação, e sugere que ali viviam milhões de pessoas a mais do que se pensava.

A descoberta foi feita na região de El Peten, que faz fronteira com o México. Por trás do trabalho arqueológico, que se estendeu por dois anos, estiveram cientistas americanos, europeus e guatemaltecos.

É uma revolução na arqueologia maia“, disse Macello Canuto, um dos arqueólogos que lidera a equipa. Segundo Canuto, o achado significa que os maias tinham uma população de 10 milhões de pessoas. “Isso é duas ou três vezes mais habitantes do que se pensava até agora.”

Os arqueólogos usaram uma técnica chamada “Lidar”, Light Detection and Ranging, uma espécie de scanner que, instalado numa aeronave, mapeou uma aérea superior a 2 mil quilómetros quadrados.

Com o LIDAR, não é necessário cortar a mata para ver o que há por baixo“, explicou Canuto. De acordo com o investigador da Universidade de Tulane, a tecnologia permite descobrir em tempo relativamente curto o que demoraria décadas através das técnicas tradicionalmente usadas pelos arqueólogos.

Uma das revelações do estudo foi a descoberta de uma nova pirâmide de 30 metros, que antes tinha sido identificada como um morro natural, em Tikal, o principal sítio arqueológico guatemalteco. Também foi encontrado no local um sistema de fosso e muralha com 14 quilómetros.

As imagens revelam, sobretudo, que os maias alteraram a paisagem local de forma muito mais ampla do que se pensava até agora. Em algumas regiões, 95% da área era de terras cultiváveis.

A agricultura era muito mais intensa e sustentável do que pensávamos, eles cultivavam cada canto de terra que tivessem”, diz Francisco Estrada-Belli, outro membro da equipa de arqueólogos. “Eles modificaram a paisagem de forma inimaginável.”

Segundo o investigador, os maias chegaram a drenar áreas pantanosas para usar na agricultura. O extenso sistema de muros, fortificações e canais de irrigação sugerem, além disso, uma força de trabalho altamente organizada.

A civilização maia teve o seu esplendor entre os anos 1.000 a.C. e 900 d.C., continuando a desenvolver-se durante até a chegada dos conquistadores espanhóis. Foi uma das mais avançadas da Mesoamérica devido à sua matemática e engenharia sofisticadas, que lhe permitiram espalhar-se na América Central e México.

A sua rica cultura, que incluía uma língua escrita, arquitetura, artes e astrononomia, expandiu-se pelos territórios que atualmente abrangem a Guatemala, o México, El Salvador e Honduras. Os sus descendentes vivem na região até hoje.

As revelações do estudo, apoiado pela Fundação Património Cultural e Natural Maia, serão apresentadas num documentário será exibido nos EUA a 11 de fevereiro pelo canal de TV da National Geographic.

PARTILHAR

RESPONDER

Carlos Amaral Dias terá ficado retido na ambulância avariada durante uma hora

Os resultados de um inquérito aberto pelo INEM apontam para que Carlos Amaral Dias tenha ficado dentro de uma ambulância avariada durante uma hora. De acordo com o Jornal de Notícias, a equipa da ambulância dos …

Luanda Leaks. Mário Leite Silva renuncia à presidência do Banco de Fomento Angola

O presidente do Conselho de Administração do Banco de Fomento Angola (BFA), Mário Leite Silva, gestor de Isabel dos Santos, renunciou ao cargo, com efeitos a partir de 22 de janeiro. A informação foi transmitida …

Tempestade “Glória” faz pelo menos nove mortos em Espanha

Pelo menos nove pessoas morreram e outras quatro estão dadas como desaparecidas em Espanha na sequência da passagem da tempestade “Glória”, intempérie que atinge o país desde o passado fim de semana. As autoridades confirmaram cinco …

Há um "milagre da multiplicação" dos votos que os deputados querem travar

Todos os partidos concordam: é preciso travar o "milagre da multiplicação" dos votos na Assembleia da República. Estabelecer regras objetivas para o fazer é o mais complicado. Os deputados começaram esta quarta-feira a discutir como “regrar” …

Pensões entre 877 e 2600 euros têm aumento mínimo de 6,14 euros

Os pensionistas que ganham entre 877,6 e os 2558 euros brutos por mês vão ter aumentos acima dos 0,24% que inicialmente se calculou com base na taxa de inflação (sem habitação) apurada até novembro do …

PCP quer travar "ameaça de despejos" no final deste ano

O PCP entregou uma proposta de alteração ao Orçamento do estado para 2020 para manter congeladas as rendas antigas, quando os locatários tenham um rendimento inferior a cinco salários mínimos nacionais. O PCP quer manter congeladas …

CDS/Congresso: Carlos Meira disponível para acordo que vença João Almeida

Carlos Meira, candidato à liderança do CDS-PP, admite estar disponível para se unir a Filipe Lobo d'Ávila e Francisco Rodrigues dos Santos para vencer João Almeida e lutar "contra o sistema". Carlos Meira, militante de Viana …

Manuais gratuitos também no privado e no cooperativo. Iniciativa Liberal quer igualdade na Educação

O Iniciativa Liberal (IL) propôs uma alteração ao Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) na área da educação, que passa por fornecer manuais escolares gratuitos a todos os alunos da escolaridade obrigatória, quer frequentem o ensino …

Bezos lembra que Governo saudita assassinou um jornalista. ONU pede investigação a pirataria

Dois peritos das Nações Unidas dizem que Mohammed Bin Salman acedeu a informações pessoais de Jeff Bezos para tentar influenciar cobertura do The Washington Post sobre a Arábia Saudita. Depois de uma investigação do The Guardian …

MAI abre inquérito à "atuação policial" no caso da mulher alegadamente agredida por agente da PSP

O Ministério da Administração Interna (MAI) já abriu um inquérito à "atuação policial" no caso da mulher alegadamente agredida por um agente da PSP, na Amadora, de maneira a apurar responsabilidades. "O Ministro da Administração Interna …