O aquecimento global pode ser muito pior do que o previsto

B. Bannon / UNHCR

As alterações climáticas provocam seca em África e deslocalização das populações

Segundo uma equipa internacional de investigadores de 17 países, o aumento da temperatura como resultado do aquecimento global pode ser o dobro do que foi inicialmente projetado pelos modelos climáticos.

Os resultados do estudo, publicado na semana passada na revista Nature, mostram que o nível do mar pode subir seis metros ou mais, causando a submersão de grandes centros urbanos.

Além disso, este aumento no nível das águas pode também causar impactos profundos no nosso ecossistema, mesmo se atingirmos a meta do aumento máximo da temperatura em 2 graus Celsius, com foi estabelecido pelo Acordo Climático de Paris.

As descobertas foram baseadas em provas de três períodos quentes nos últimos 3,5 milhões de anos da Terra, nos quais as temperaturas globais estavam 0,5 a 2 graus Celsius acima das temperaturas pré-industriais do século XIX.

Em todos os períodos estudados, o planeta aqueceu a uma taxa muito mais baixa do que está a aquecer na atualidade, resultado do aumento das emissões de gases de efeito de estufa resultantes da atividade humana.

Ou seja, o Acordo Climático – que visa limitar o aquecimento global a 2 graus Celsius acima dos níveis pré-industriais – pode não ser suficiente para evitar uma catástrofe.

Os investigadores alertam que a taxa de aquecimento global também é considerável. “As mudanças que vemos hoje são muito mais rápidas do que qualquer coisa encontrada na história da Terra”, explicou uma das autoras do estudo, Katrin Meissner, da Universidade de New South Wales, na Austrália.

Os investigadores descobriram que o aquecimento sustentado de 1 a 2 graus Celsius vem sendo acompanhado por reduções substanciais das camadas de gelo da Gronelândia e da Antártida e aumentos no nível do mar de pelo menos em 6 metros – vários metros acima das previsões dos modelos climáticos atuais para 2100.

A pesquisa também revelou que o aquecimento global podia fazer colapsar grandes áreas de calotas polares. Com isto, iriam sentir-se mudanças significativas nos ecossistemas que poderiam fazer com que o deserto do Saara, na África, se tornasse verde e as bordas das florestas tropicais se transformassem em savanas dominadas por incêndios.

Meissner disse que “a equipa não pode comentar em que ponto no futuro é que estas mudanças vão ocorrer”.

Segundo a cientista, “os modelos climáticos parecem ser confiáveis para pequenas mudanças, como para cenários de baixas emissões em curtos períodos, digamos nas próximas décadas até 2100. Mas, à medida que a mudança se torna maior ou mais persistente, parece que os modelos subestimam a mudança climática”.

“As observações dos períodos anteriores sugerem que vários mecanismos amplificadores – que estão mal representados nos modelos climáticos – aumentam o aquecimento a longo prazo para além das projeções do modelo climático”, concluiu Hubertus Fischer, da Universidade de Berna, na Suíça, um dos principais autores do estudo.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Em contrapartida o aumento da densidade populacional não pára de aumentar e o planeta não se compadece de tanta ignorância humana!.

RESPONDER

Há uma petição para tornar o "Baby Yoda" num emoji

Mais de 18.500 pessoas assinaram uma petição online, na qual pedem à Apple que transforme o "Baby Yoda", uma das personagens da série The Mandalorian da plataforma de streaming Disney +, num emoji. A petição, …

Milagres e crucificação. Novo videojogo permite encarnar a pele de Jesus Cristo

Um novo videojogo permite aos jogadores viverem a vida de Jesus Cristo. Neste polémico jogo, poderá realizar alguns dos milagres mais célebres da bíblia e até combater contra Satanás. "I Am Jesus Christ" é um novo …

Porto 3-2 Feyenord | Dragão treme mas vence grupo

Foi chegar, ver, marcar, sofrer e, no final, festejar. Num duelo impróprio para cardíacos, o FC Porto venceu esta quinta-feira o Feyenoord por 3-2 e carimbou, pela quinta vez no seu historial, acesso à próxima …

Slovan 2-4 Braga | Minhotos vencem grupo em grande estilo

O Sporting de Braga somou a quarta vitória no Grupo K da Liga Europa e terminou no primeiro lugar, à frente do Wolverhampton. Os minhotos foram a Bratislava bater o Slovan por 4-2, depois de …

Culdesac Tempe. Vai nascer no Arizona o primeiro bairro sem carros dos EUA

Tempe, no Arizona, vai ser palco da primeira tentativa de criar uma sociedade "pós-automóvel" nos Estados Unidos. Em 2020, a Culdesac irá inaugurar um bairro em que ser-se dono de um veículo é contra as …

Chris recebeu um transplante (e o ADN do doador instalou-se em partes inesperadas do seu corpo)

Chris Long recebeu um transplante de medula óssea como tratamento para o seu diagnóstico recente de leucemia mielóide aguda e síndromes mielodisplásicas - duas condições raras que prejudicam a produção de células sanguíneas saudáveis. Quatro anos …

Startup do Porto "ganha" 6 milhões de euros para criar os gémeos digitais dos humanos

A startup portuguesa MyDidimo conseguiu um investimento de 6 milhões de euros, graças a um grupo de empresas portuguesas e de fundos comunitários, para apostar no desenvolvimento da tecnologia que permite criar "gémeos digitais" de …

A "ilha dos deuses" do Japão vai cobrar bilhete de entrada aos turistas

Depois de locais como Veneza, em Itália, e a ilha dos dragões de Komodo, na Indonésia, também Miyajima, a "ilha dos deuses" do Japão, irá cobrar bilhete de entrada aos turistas. A ilha localiza-se a uma …

LASK 3-0 Sporting | Derrota rouba primeiro lugar ao leão

O Sporting foi à Áustria perder por 3-0 com o LASK Linz, terminando o Grupo D da Liga Europa no segundo lugar, ultrapassado precisamente pelo seu adversário desta quinta-feira. Com muitas alterações em relação ao …

Eintracht 2-3 Vitória SC | Reviravolta épica no adeus europeu

O Vitória de Guimarães fechou da melhor forma uma campanha europeia que não tinha sido a mais feliz até então, pese as boas exibições que foi somando, sem consequência nos marcadores finais. O Vitória de Guimarães, …