Apuramento e despedimento: a noite estranha do Santa Clara

CD Santa Clara

Nuno Campos em jogo do Santa Clara

Anúncio da saída de Nuno Campos surgiu durante o jogo entre FC Porto e Rio Ave, que colocou os açorianos nas meias-finais da Taça da Liga.

Meio de Dezembro, 14 jornadas do campeonato disputadas e sete mudanças de treinador na I Liga portuguesa. O Santa Clara vai ter (outra vez um novo treinador.

Na noite passada o clube açoriano anunciou que “não contará mais” com o treinador principal Nuno Campos, além dos adjuntos Miguel dos Santos e Luís Pereira. Ainda não haverá acordo total para a rescisão.

“Até nova comunicação” a equipa de Ponta Delgada vai ser orientada por Tiago Sousa (que já estava na equipa técnica), enquanto a direcção procura o sucessor de Nuno Campos.

O jovem técnico foi contratado há somente dois meses. Chegou para o lugar de Daniel Ramos, que se mudou para a Arábia Saudita, para liderar o Al-Faisaly.

Nuno Campos só comandou o Santa Clara em nove jogos. Venceu um jogo no campeonato, um na Taça de Portugal e um na Taça da Liga. Perdeu cinco encontros no total e empatou outro, ganhando os outros três, como já foi referido.

O Santa Clara está em zona complicada na classificação da I Liga: 16.º classificado e 10 pontos, apenas mais dois do que o último Belenenses SAD. Foi afastado da Taça de Portugal (6-0 em Braga), mas estará nas meias-finais da Taça da Liga.

É que uma das três vitórias de Nuno Campos aconteceu na Taça da Liga, na recepção ao FC Porto, ainda em Outubro, vencendo por 3-1. E foi fundamental para o apuramento histórico.

A confirmação da qualificação açoriana surgiu na noite passada porque o FC Porto venceu o Rio Ave por 1-0 e assim deixou os vila-condenses fora da prova.

A curiosidade é que o anúncio da saída de Nuno Campos foi publicado às 21h59 da noite desta quarta-feira. Ou seja, durante o intervalo do jogo decisivo no Dragão.

O Santa Clara vai defrontar o Sporting nas meias-finais da Taça da Liga, em Janeiro.

E já recebeu os parabéns de…Nuno Campos: “Um dia histórico, conseguimos o apuramento para a final four da Taça da Liga. Um grande agradecimento aos jogadores, ao staff e uma palavra ao Daniel Ramos que iniciou este percurso, que agora culminou com a presença nos quatro finalistas”.


Silas e João Henriques são nomes apontados ao cargo.

  Nuno Teixeira, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.