“Apocalipse dos insetos” afetaria todo o planeta, alerta especialista

Um eventual “Apocalipse dos insetos” pode trazer graves consequências para os seres humanos e para todo o planeta, alerta um relatório assinado pelo ambientalista britânico Dave Goulson.

De acordo com o documento, desde a década de 1970, a destruição de ambientes naturais e o uso crescente de pesticidas fizeram com que 40% do milhão de espécies conhecidas de insetos ficassem em risco de extinção.

Dave Goulson, que é professor na Universidade de Sussex, no Reino Unido, alerta para os riscos desta situação, mas frisa que a tendência ainda pode ser revertida.

Quanto às espécies já extintas, os cientista explicou que no século passado 23 tipos de abelhas e vespas desapareceram, o que contratas com uma das principais causa do seu declínio, os pesticidas, cuja utilização duplicou nos últimos 25 anos.

 

Tal como frisa o britânico The Guardian, o declínio nas populações de insetos tem impacto noutras espécies: entre 1967 e 2016, a população de pássaros no Reino Unido caiu 93%.

“Não podemos ter certeza, mas em termos de números, podemos ter perdido 50% ou mais do nossos insetos desde 1970, mas podem ser muitos mais”, disse Goulson, citado pelo diário. “Não sabemos, mas é assustador. Se não pararmos o declínio dos insetos, haverá profundas consequências para toda a vida no planeta e para o bem-estar humano”.

Apesar deste cenário, o especialista considera que esta tendência pode ser revertida, especialmente através do controlo do uso de inseticidas e/ou pesticidas, bem como através da reconversão ou criação de jardim e parques. Este “é o maior desafio da agricultura”, uma vez que “70% da Grã-Bretanha são terras aráveis”.

“Não importa quantos jardins tornemos amigáveis para a vida selvagem, se 70% do campo permanecer hostil à vida, não reverteremos o declínio de insetos”, considerou.

O especialista notou ainda que o Brexit representa uma oportunidade para fazer mudanças em larga escala, uma vez que se trata de  uma “oportunidade potencial para voltar a analisar completamente” o sistema agrícola.

Um estudo divulgado recentemente e levado a cabo na Alemanha chegou a conclusões semelhantes às de Goulson. A investigação, que se debruçou sobre a biodiversidade no país, alertou para a diminuição “assustadora” no número de insetos durante a última década.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Igrejas evangélicas cultivam violência doméstica ao defender a supremacia dos homens sobre as mulheres

O facto de a igreja evangélica defender que o homem deve controlar a mulher apenas agrava o problema de violência doméstica, justificando os atos dos homens. Jane (nome fictício) era membro da comunidade cristã evangélica da …

A Cidade do México está a pagar aos seus polícias para que percam peso

A Polícia da Cidade do México está a levar a cabo um programa para combater o excesso de peso e a obesidade no seu efetivo através de incentivos financeiros.  Ao todo, escreve a agência AFP que …

Há um novo método para medir buracos negros

Os buracos negros supermassivos são os maiores buracos negros, com massas que podem exceder mil milhões de sóis. Apenas esta primavera foi divulgada a primeira imagem do buraco negro supermassivo no centro da galáxia M87, …

E Tudo o Vento Levou… há 80 anos

E Tudo o Vento Levou celebra este domingo 80 anos de vida, marcando a data da sua estreia nos Estados Unidos. Oito décadas depois, o filme mantém-se como uma das maiores obras primas do cinema …

O problema impossível mais simples do mundo está a levar matemáticos à loucura

Matemáticos avisam os seus colegas para se manterem longe da conjetura de Collatz. No entanto, Terence Tao decidiu arriscar, e está muito perto de resolver aquele que muitos chamam de o problema impossível mais simples …

Soldados da Guerra Civil dos EUA pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias

Investigadores encontraram evidências que indicam que soldados da Guerra Civil norte-americana pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias. Escavações em Camp Nelson, no Kentucky, revelaram restos de um estúdio de fotografia com 150 anos, o …

Chuva, vento forte e neve. Mau tempo vai agravar-se nas próximas 48 horas

A Proteção Civil alertou este domingo para um agravamento do estado do tempo nas próximas 48 horas, com períodos de chuva, possibilidade da queda de neve nas terras alta do norte e centro e ainda …

Descoberta nova espécie de aranha-violinista no Vale do México

Cientistas identificaram, no México, uma nova espécie de aranha com um veneno que, apesar de não ser fatal, é capaz de causar necrose na pele humana. Uma equipa de cientistas da Universidade Nacional Autónoma do México …

Já sabemos sobre o que conversam os orangotangos

Um novo estudo da Universidade de Exeter, em Inglaterra, desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os investigadores passaram dois anos a filmar mais de 600 horas …

COP25 aprovou conclusões. Não há acordo para regulação dos mercados de carbono

A cimeira da ONU sobre o clima terminou hoje em Madrid assinalando a urgência para conter as alterações climáticas, mas a mais longa cimeira sobre o clima de sempre sem chegar a acordo nos pontos …