Cientistas apagaram memórias traumáticas de moscas da fruta mantendo-as no escuro

Cientistas conseguiram apagar as memórias traumáticas de moscas da fruta, mantendo-as dois dias em escuridão total. Esta descoberta pode ter futuras aplicações em humanos.

Uma equipa de investigadores conseguiu apagar memórias traumáticas de moscas da fruta ao mantê-las no escuro durante dois dias. Ainda que este feito apenas tenha sido conseguido num inseto, pode ser um passo importante para aplicar este princípio em humanos.

O stress pós-traumático é uma condição que atinge 1 a cada 12 portugueses, sendo a segunda doença psiquiátrica mais recorrente na população, apenas atrás da depressão.

As memórias podem ter um grande impacto emocional nas pessoas, de tal forma que os investigadores estão a procurar formas de resolver este problema. Este novo estudo dos cientistas da Tokyo Metropolitan University usou moscas da fruta por ter similaridades genéticas com o nosso cérebro.

Segundo o New Atlas, os especialistas começaram por induzir trauma nas moscas da fruta, com as fêmeas que já acasalaram a rejeitarem os machos com tanto vigor que causam um grande stresse neles. Isto leva a que, no futuro, os machos não consigam acasalar com sucesso, mesmo que uma fêmea esteja disponível.

Posteriormente, a equipa de investigadores isolou os machos traumatizados na escuridão durante dois dias. Através desta experiência, descobriram que aqueles que tinham sido isolados no escuro não demonstravam relutância em acasalar.

Os resultados do estudo foram publicados no mês passado na revista científica The Journal of Neuroscience.

O comunicado de imprensa, citado pelo Eurekalert, explica que os cientistas descobriram uma proteína no cérebro das moscas da fruta, que se expressa após a exposição à luz e que regula a transcrição de uma outra proteína conhecida como CREB. Esta última proteína reside na zona do cérebro associada à aprendizagem e à memória.

Assim, os cientistas acreditam ter encontrado um mecanismo molecular através do qual a luz pode ter impacto na retenção de memórias a longo prazo.

Embora o cérebro de uma mosca da fruta e os tipos de trauma que atravessam sejam diferentes dos humanos, a equipa espera que esta descoberta possa abrir caminho para novos tratamentos para vítimas de trauma.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Aumenta pressão para cessar-fogo após novos bombardeamentos em Gaza

A comunidade internacional apela a que haja um cessar-fogo, mas continuam os ataques dos dois lados sem que se vislumbre um sinal de tréguas. Segundo a Al Jazeera, registaram-se dezenas de bombardeamentos israelitas contra Gaza já …

Maioria de direita na mira. André Ventura pede reunião a Rui Rio

O líder do Chega, André Ventura, vai pedir uma reunião ao presidente do PSD, Rui Rio, para "analisar os cenários prováveis de uma construção de uma maioria de direita" que tire o PS do poder. A …

Porcos e roedores podem respirar pelo rabo (e esta pode ser uma descoberta muito importante)

Um novo estudo revela que os porcos e roedores também conseguem respirar através do rabo, o que pode ser, na verdade, uma boa notícia para nós, humanos. De acordo com o site Live Science, um grupo …

O mistério das gotículas pontiagudas foi finalmente resolvido

Um determinado tipo de gotículas de óleo muda de forma quando são arrefecidas e encolhidas, passando de esféricas a icosaédricas para hexagonais planas. Duas teorias tentaram explicar o fenómeno, mas não conseguiram. Uma equipa de cientistas …

Plutónio radioativo encontrado em rochas do fundo do mar. Tem uma origem extraterrestre

Os cientistas encontraram pequenos traços de plutónio-244 e de ferro-60 radioativo na crosta oceânica. Os dois isótopos são evidências de eventos cósmicos violentos nas proximidades da Terra há milhões de anos. As explosões de supernovas criam …

Anúncios de TV promovem mais os brindes do que o próprio fast food (e violam diretrizes do setor)

Para uma criança, a melhor parte de uma refeição de fast food não é a comida, mas o brinde que vem juntamente com a refeição. Os anúncios televisivos de fast food são regidos por diretrizes que …

“Se querem sucesso, têm de depender do sistema“. Empresário chinês é preso após disputa com o Estado

Sun Dawu, um dos empresários mais bem sucedidos da China, corre o risco de ser condenado a 25 anos de prisão, caso seja provado que cometeu os crimes dos quais está a ser acusado. O empresário …

Cientistas criam verniz para superfícies que mata bactérias em poucos minutos

Uma equipa multidisciplinar de cientistas desenvolveu um verniz para superfícies que mata bactérias, mesmo as mais resistentes, em apenas 15 minutos, anunciou a Universidade de Coimbra (UC). Trata-se de “uma solução segura e eficaz para prevenir …

Num país marcado pelo racismo, Jane Bolin fez história tornando-se a primeira juíza negra dos EUA

A 22 de julho de 1939, Jane Bolin fez história ao prestar juramento como juíza na cidade de Nova Iorque. A jovem ocupou o cargo durante 40 anos e só saiu de cena quando atingiu …

A petrolífera Exxon está a culpá-lo pelas alterações climáticas

Nos últimos anos, as empresas petrolíferas têm-se afastado do discurso de negação das alterações climáticas. Gigantes globais de energia como a Total, a Exxon, a Shell e a BP reconhecem abertamente que a mudança climática …