António Guterres está entre os preferidos para liderar a ONU

UN Geneva / Flickr

O Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres

O Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres

Ex-primeiro-ministro português figura entre os favoritos para substituir Ban Ki-moon já no fim deste ano.

Depois de uma primeira audição na Assembleia Geral das Nações Unidas, António Guterres terá conquistado vários diplomatas da organização.

Em declarações à agência Reuters, citada pelo Expresso, vários representantes diplomáticos da ONU, que preferiram não ser identificados, confessaram que o nome do ex-primeiro-ministro está entre os mais bem colocados para vencer a corrida ao cargo de secretário-geral.

O antigo Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados discursou na passada terça-feira, em Nova Iorque, uma intervenção de dez minutos que foi seguida de duas horas de perguntas por parte dos vários representantes dos Estados-membros.

Guterres aproveitou o tempo de antena na sede da ONU para garantir que pretende apostar numa maior presença feminina na organização, apelou à solidariedade de todos os países para resolver a questão dos refugiados e não se esqueceu daquela que é uma das maiores ameaças a nível mundial: o terrorismo.

O discurso terá agradado a muitos dos representantes que se encontravam na Assembleia Geral, a par do que aconteceu com Helen Clark, ex-primeira-ministra neozelandesa.

Segundo o Expresso, o terceiro lugar das preferências mantém-se, no entanto, dividido. Nomes como o da búlgara Irina Bokova, o sérvio Vuk Jeremic e o do esloveno Danilo Turk podem estar no último lugar do pódio.

“É demasiado cedo para excluir alguém, mas creio que existem pelo menos dois a três bons candidatos entre os que já escutámos”, afirmou o embaixador da Arábia Saudita Abdallah Al-Mouallimi.

A mesma opinião foi partilhada pelo embaixador da Ucrânia, Volodymyr Yelchenko, que defendeu que “há entre os nove candidatos três cabeças de série“.

Neste momento, existem nove candidatos mas a lista ainda não está fechada. A imprensa internacional tem apontado como possíveis concorrentes a ministra dos Negócios Estrangeiros da Argentina, Susana Malcorra, a atual presidente do Chile, Michelle Bachelet, e até a “bomba atómica” Angela Merkel.

O atual secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, termina o mandato no final deste ano, depois de cinco anos em funções.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Benfica tem seis jogadores de malas feitas. Um deles chegou em julho

Há seis jogadores que poderão estar de saída do emblema da Luz, sendo que um deles, Caio Lucas, chegou em julho ao clube. O agente de Samaris já veio negar a saída do seu cliente. Bruno …

"Poderia juntar-se a Mourinho". Bale criticado por comportamento "infantil"

A atitude do internacional galês Gareth Bale continua a render críticas. Desta vez foi o antigo presidente do Real Madrdi Rámon Calderón, que considerou o comportamento do futebolista infantil. Em causa esta a atitude do …

Norte quer fundos de Bruxelas para ligação ao TGV espanhol

Pela primeira vez, a região norte do país antecipou a lista de prioridades para os fundos europeus, escreve o Jornal de Notícias, que dá conta uma das propostas passa por usar os fundos de Bruxelas …

Falta de médicos leva IPO de Lisboa a adiar consulta de paciente com 90 anos para 2021

O Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa adiou a consulta de um paciente nonagenário que estava marcada para janeiro de 2020 para o ano seguinte, isto é, para janeiro de 2021 devido à falta …

Eis a Cybertruck, a "pickup" elétrica da Tesla que já tem bilhete para Marte

A Tesla lançou o seu modelo de carrinha "pickup" elétrica, Cybertruck, com uma autonomia máxima de 800 quilómetros. Musk diz que vai haver uma versão especial que será a carrinha oficial de Marte. Após uma longa …

Rio não responde a críticas de adversário. "Estou na Croácia, não estou no Montenegro"

O presidente do PSD seguiu a regra de não falar de política interna fora do país e só abriu uma exceção para falar da manifestação dos polícias. Depois do discurso que tinha feito no Congresso do …

Hospitais públicos têm mais de 650 milhões de euros de dívidas em atraso

As dívidas em atraso dos hospitais pertencentes ao Serviço Nacional de Saúde têm vindo a crescer desde o início do ano. Em setembro, o valor fixava-se nos 650 milhões de euros. Hospitais públicos acumulam 651,6 milhões …

Bolsonaro quer isentar polícias de punições por crimes cometidos em serviço

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse na quinta-feira que enviou ao Congresso Nacional um projeto de lei para isentar agentes das forças armadas e das polícias de eventuais punições criminais durante operações de segurança. De …

Dragões de Ouro. O "patinho feio" galardoado e o miúdo blindado a ouro

O FC Porto realizou esta quinta-feira a cerimónia anual de entrega dos Dragões de Ouro. O destaque foi para Marega, que recebeu o prémio de futebolista do ano. Fábio Silva venceu o prémio de revelação …

Forças Armadas vão passar a pagar rendas às Finanças

As Forças Armadas (FA) vão ter de pagar às Finanças uma renda pelos edifícios que usem e que sejam património do Estado. As FA estavam isentas desta obrigação desde 2012. As Forças Armadas perdem assim a …