Angola vai substituir Nigéria como maior produtor de petróleo africano

Paulo César Santos

-

Angola vai superar a Nigéria e tornar-se o maior produtor africano de petróleo a partir de 2016 e até ao princípio da próxima década, prevê a Agência Internacional de Energia (EIA) num relatório sobre a energia em África.

“A Nigéria tem, de longe, a maior base petrolífera na África subsariana, mas um indicador fundamental do estado do setor petrolífero nesse país é que, desde 2016 até ao princípio da década de 2020, nas nossas projeções, a Nigéria perde para Angola o lugar de maior produtor de crude“, lê-se no relatório Africa Energy Outlook, divulgado em Paris.

No documento, o primeiro que analisa em profundidade o setor da energia na África subsariana, explica-se que à medida que se aproxima o final do limite das previsões (2040), a Nigéria retoma o primeiro lugar na lista da produção de crude, “aproximando-se dos 2,2 milhões de barris por dia e o total da produção, alimentada pelo gás natural, chega aos três milhões de barris por dia”.

O relatório da EIA surge poucos dias depois de o Governo angolano ter adiado a meta de produção de dois milhões de barris diários de 2015 para 2017, devido aos atrasos na exploração e aos problemas técnicos que alguns poços enfrentam, bem como as dificuldades na concretização da exploração de gás natural, seguindo as análises da generalidade das consultoras internacionais.

O tom sobre Angola, no entanto, mantém-se positivo para a EIA, que dedica mesmo um capítulo inteiro do relatório a explicar que a Nigéria é ultrapassada pelo país lusófono não devido à falta de petróleo, mas sim devido à falta de organização, instabilidade política, roubos de petróleo, dificuldades no controlo de grupos armados e aos adiamentos sucessivos da nova lei do petróleo, que estão a impedir a concretização de investimentos no valor de 25 mil milhões de dólares, segundo as contas da EIA.

“Os sinais desta ultrapassagem de Angola à Nigéria estão presentes há algum tempo”, lê-se no relatório, que exemplifica que “apesar de Angola ter passado por algum abrandamento nos novos projetos desde a degradação das condições fiscais em 2006, o equivalente à produção de mais de 1,3 milhões de barris por dia deve estar disponível entre 2014 e 2020, comparado com 900 mil na Nigéria”.

A importância dada a estes dois países no relatório é proporcional à sua relevância nos valores globais da produção petrolífera no continente: “enquanto região, a África subsariana é um exportador de petróleo significativo, ficando atrás apenas do Médio Oriente e da Rússia“.

Dos pouco mais de cinco milhões de barris diários, a quase totalidade vem da Nigéria (2,3 milhões em 2013) e de Angola (1,8 no ano passado), sendo que os próximos no ranking – Congo, Guiné Equatorial e Gabão – produzem entre 200 a 270 mil barris por dia.

O destino das exportações deste petróleo, lê-se no relatório, tem conhecido uma mudança significativa e acelerada: os EUA têm diminuído as suas compras, substituindo o petróleo pelo aumento na produção de gás de xisto, e a Europa aumentou as compras devido aos problemas de fornecimento na Líbia e ao declínio da produção interna.

No caso de Angola, menos afetada pelos cortes nas compras norte-americanas, a grande mudança tem sido a China e o aumento da sua capacidade de refinação interna, “que se provou particularmente importante para Angola, cujas exportações para a China representam quase metade do total da produção de crude”.

No total, a produção de petróleo na África subsariana duplicou desde 1990, atingindo os 6,2 milhões de barris por dia em 2011, mas decaiu para 5,7 milhões por dia em 2013, segundo o relatório, que nota ainda que Nigéria e Angola representam 75% do total da produção.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Os polegares dos neandertais adaptaram-se a ferramentas com pega

Os polegares dos neandertais adaptaram-se para segurar melhor ferramentas com pega, da mesma forma como utilizamos atualmente um martelo, revela uma nova investigação da Universidade de Kent, no Reino Unido. A mesma investigação sugere ainda …

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …