Rúben Amorim renova contrato com o Sporting até 2026

O Sporting renovou o contrato do treinador Rúben Amorim, que o levou ao título nacional de futebol na época 2020/21, até 2026, anunciou esta terça-feira o clube em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Numa nota enviada à CMVM, a SAD do Sporting, liderada por Frederico Varandas, dá nota da renovação do vínculo “por mais duas épocas desportivas, ou seja, até 30 de junho de 2026”.

A informação foi também avançada pelo treinador. “Eu já assinei até 2026”: foi assim que Amorim anunciou na Sporting TV a renovação do contrato.

“Gosto mesmo muito de estar cá. Podia ter saído em grande ou a bem nesta fase, sei que é um risco grande, mas gosto de estar cá, portanto, vale a pena. Vão haver noites em que não vou dormir, vou ter muitas alegrias e muitas desilusões, mas o fator principal é gostar de trabalhar aqui e o impacto que tive junto dos adeptos”, justificou no programa “ADN de leão”.

“Na última fase, tentei mostrar às pessoas que estava disponível a sair se fosse o melhor para o clube, mas senti o contrário, que as pessoas gostam muito que eu esteja cá”, acrescentou.

No comunicado do Sporting enviado à CMVM, não há indicação de qualquer cláusula de rescisão contemplada no contrato do antigo treinador do Sporting de Braga. Amorim, de 37 anos, conquistou a I Liga em 2021, quebrando o ‘jejum’ de 19 anos do Sporting, somando-lhe uma Supertaça Cândido de Oliveira e duas Taças da Liga.

Este ano, o clube é quarto classificado no campeonato, foi eliminado da Taça de Portugal, prepara-se para arrancar a participação na Taça da Liga e ‘caiu’ para a Liga Europa, após a fase de grupos da Liga dos Campeões.

O antigo futebolista internacional português, que passou pelo Sporting de Braga, pelo Belenenses e pelo Benfica, entre outros, soma 87 vitórias, 17 empates e 22 derrotas em 126 encontros no comando técnico da formação de Lisboa.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.