Americano que previu drama dos incêndios acusa bombeiros de não saberem apagar fogos

Miguel A. Lopes / Lusa

O autor de relatório sobre fogos em Portugal acusa os bombeiros de não saberem apagar fogos ou fazer rescaldo em condições, arrasando o combate aos incêndios. Além disso, o mericano alerta que tragédia pode repetir-se e ser ainda mais grave.

Em 2009, o antigo dirigente dos Serviços Florestais dos EUA, Mark Beighley, previu que, num único ano, poderiam arder 500 mil hectares em Portugal. Esse cenário aconteceu no ano passado.

O especialista voltou a Lisboa, esta sexta-feira, para um novo diagnóstico. Ainda assim, este diagnóstico não foi em nada melhor do que o que foi feito há quase uma década, avança o Jornal de Notícias.

Beighley acusa os bombeiros de não saberem apagar fogos e muito menos fazer o seu rescaldo; aponta a falta de conhecimento técnico no setor; e critica os reforços legislativos e de meios, levados a cabo por sucessivos Governos nos últimos anos, que em muito pouco conseguiram resolver o problema.

Embora as falhas sejam muitas mais, o ex-diretor do Gabinete de Incêndios Florestais Norte-Americano é especialmente duro em relação à fora de atuação das corporações de bombeiros portuguesas, e chega até a apelar à criação de uma linha telefónica, para que os portugueses possam denunciar anonimamente os vizinhos por fazer queimadas ilegais.

Mark Beighley refere que as suas recomendações no estudo de 2009 “foram escassamente implementadas” pelas autoridades, que deixaram de fora as questões importantes relacionadas com a prevenção e a redução das ignições – já que em Portugal 98% dos incêndios têm mão humana.

O coautor de um relatório sobre incêndios florestais em Portugal, apresentado esta sexta-feira em Lisboa, escreve no novo relatório, feito a quatro mãos com o professor americano Albert Hyde, que os problemas mantiveram-se e até se agravaram.

“Sem uma intervenção forte e imediata, Portugal pode esperar pior do que aquilo que aconteceu em 2017″, frisa. Se há 10 anos previu que poderiam arder 500 mil hectares, agora estima que os fogos poderão vir a destruir cerca de 750 mil hectares em apenas um ano, que equivale a 10% da floresta, matos e campos agrícolas nacionais.

O investigador estima uma probabilidade de 5% (um em cada 20 anos) de Portugal enfrentar um ano em que ardam 750 mil hectares. Um cenário ainda mais grave do que aquele que o investigador já tinha previsto no passado.

Táticas de combate são “problemáticas”

Mark Beighley relaciona, segundo o JN, o enorme número de reacendimentos em Portugal com a forma como os bombeiros atuam e saem do teatro de operações.

O especialista critica as táticas de combate e justifica-as com duas razões. “Primeiro, uma cultura do bombeiro voluntário, que só usa mangueiras e água, que permanece na estrada e não recorre a ferramentas manuais”.

Depois, “há muitos fogos diários que obrigam os dispositivos a moverem-se prematuramente de uma primeira intervenção para outra, sem verificarem se o rescaldo está concluído e a assegurarem-se que o incêndio está extinto”.

A terra ardida precisa de ser remexida com máquinas ou enxadas até 25 centímetros, defende Beighley, mas alguns bombeiros consideram esse trabalho “desprestigiante”. Apesar dos novos elementos estarem já preparados para o fazer, os comandantes de corporações continuam a evitar usar esta tática, admite.

Além disso, o relatório critica a má resposta das centrais de biomassa para queimas os 130 mil hectares de mato, que “Portugal está agressivamente a cortar“.

Portugal perdeu um terço dos bombeiros

Segundo a TSF, que cita o estudo Portugal Wildfire Management in a New Era – Assessing Fire Risks, Resources and Reforms, apresentado pelo especialista norte-americano, Portugal perdeu 14 mil bombeiros numa década.

Mark Beighley analisou os números de bombeiros existentes em Portugal e concluiu que temos um problema. Os bombeiros – “que são a espinha dorsal do combate aos fogos e não os meios aéreos ou as viaturas” – são cada vez menos.

Com base no Instituto Nacional de Estatística, com números confirmados pela TSF, o estudo revela que em 2006 o país tinha 42 mil bombeiros (profissionais e voluntários) mas desde aí a descida tem sido constante atingindo o mínimo de 28 mil em 2016.

O estudo sublinha a descida de 33% (menos 14 mil) numa altura em que são cada vez mais necessários homens e mulheres para combater os incêndios em território nacional.

ZAP //

PARTILHAR

32 COMENTÁRIOS

  1. Quando à frente estão a comandar os amiguinhos do PM sem qualquer formação para tal nem experiência relevante, dá no que deu. E na zona dos incêndios, tudo na mesma. O Estado diz que faz mas por aqui não vejo nada.

  2. Os eucaliptos continuam aí,fz-se umas operaçõs de cosmética cortando algum mato em Março para que em Agosto ja possa arder,continuam a entregar a empresas privadas e a intresses o uso de meios aérios,não se criaram reservatorios de agua estratégicos,não se refloresta com arvores autoctenes a não ser para os suinos das tvs propagandear,tenta-se combater as igniçõs com a denuncia anónima o que não vai conduzir a nada,ha uma grande propaganda para desculpar e esconder a responsablidade do estado e as miseraveis indeminizaçoes,recorre-se aos peditorios mascarando.se de benemeritos com o intuito do negocio e como tal mais intresses nesses incendios,põe-se os contribuintes a pagar aquilo que deveria ser pago pelos privados,enriquecem e deixam que isso aconteça com os fogos e madeiras queimadas,etc etc.Não é preciso ser vidente nem nostrodamus nem uma vaca americana para prever a tragédia quando se é coerente e se vê a realidade a nossa frente.Go to hell….ahaahaahaha

  3. Os eucaliptos continuam aí,fz-se umas operaçõs de cosmética cortando algum mato em Março para que em Agosto ja possa arder,continuam a entregar a empresas privadas e a intresses o uso de meios aérios,não se criaram reservatorios de agua estratégicos,não se refloresta com arvores autoctenes a não ser para os suinos das tvs propagandear,tenta-se combater as igniçõs com a denuncia anónima o que não vai conduzir a nada,ha uma grande propaganda para desculpar e esconder a responsablidade do estado e as miseraveis indeminizaçoes,recorre-se aos peditorios mascarando.se de benemeritos com o intuito do negocio e como tal mais intresses nesses incendios,põe-se os contribuintes a pagar aquilo que deveria ser pago pelos privados,enriquecem e deixam que isso aconteça com os fogos e madeiras queimadas,etc etc.Não é preciso ser vidente nem nostrodamus nem uma vaca americana para prever a tragédia quando se é coerente e se vê a realidade a nossa frente.Go to hell….ahaahaahaha

      • Havia eucaliptos claro, mas não havia a mancha de eucaliptos que existe hoje. Devemos agradecer a Assunção Cristas a quantidade absurda de eucaliptos que existem em Portugal. Claro que hoje em dia há outros interesses. Mais eucaliptos, mais lenha para arder (sim, os eucaliptos são das árvores em que o fogo mais facilmente se propaga)… mais lenha para arder, mais contratos com aviões para apagar os fogos.
        Todas as medidas implementadas tem a sua finalidade… se é que me entendem!

  4. Portugal é mesmo um País de merda..
    Exceto Guterres e Centeno que se agigantam no estrangeiro
    De tão pequeno que é deveria ser anexado pela Espanha …

  5. O Presidente da Liga dos Bombeiros que decida, ou Bombeiros, ou Sporting, ou tomar conta dos netinhos (recomendado). De qualquer forma, agora qualquer um vem cá e manda palpites da treta sobre os incêndios, é só iluminados. Esse camone que “previu” os incêndios, é vidente? Todos preveêm tudo e mais alguma coisa, depois de acontecer. Eu também previ que ia aparecer alguém a prever…ete etc etc. Deixem-se de folclore e trabalhem. Limpem as matas, formem melhor os Bombeiros, adquiram equipamente moderno e em quantidade, mandem os lobbies dos aviões e helicópetros enganar a pqp, contratem serviços sérios e responsáveis, e aí sim, se não resultar, ninguém tem que culpar ninguém..

  6. No mínimo estranho é no ano em que morrem centenas de pessoas os bombeiros são condecorados. – Será que seria uma chacina ainda maior se eles não tivessem estado no terreno? Sem dúvida! – Mas será que essas mortes não poderiam ter sido evitadas se eles actuassem por antecipação nas áreas mais sensíveis do país e de forma profissional? Sem dúvida!

  7. A sério? Quer dizer… equipam mal os Bombeiros, limitam as formações, fazem da GNR a elite e depois os Bombeiros (a ralé como eles querem fazer crer), está lá para levar com as culpas. Tenham vergonham do que dizem sobre os Bombeiros, se não fossem eles iam atribuir as culpas a quem? A nada, nem ninguém porque não existiria muita gente para este tipo de trabalho humanitário. Estou farta de ouvir tanta estupidez. Sou mulher de um bombeiro voluntário e bombeiro profissional, recebe e dá formação nessa área e outras e pouco ou nada o mobilizaram para o efeito! Quem estava nos lugares de decisão não soube decidir e depois os bombeiros, que quase só servem de carro vassoura é que são culpados. Irra….

    • A maior parte dos bombeiros é pessoal burro, grunho…
      Não conseguem ser mais nada e olha ao menos vão para bombeiros, não são todos obviamente, mas a maioria é assim!
      O mesmo acontece com as forças policiais, muitos apostam numa carreira nas forças de segurança porque não há inteligência para mais, a escola nunca foi um gosto… ali ao menos é garantido.
      Enfim, é o que temos…

      • Olha ó Ana… tu é que me saíste cá uma anormal… um verdadeiro grunho no teu próprio vocabulário… Sim, um grunho. Só não andas é de mangueira na mão… digo eu…

      • “A maior parte dos bombeiros é pessoal burro, grunho…”
        Então, pela tua clara falta de inteligência e limitação intelectual tu és, certamente bombeira ou policia!…

  8. Sou projetista de segurança contra incêndio e concordo totalmente com o que diz.
    Tenho visto bombeiros verdadeiramente inqualificados para fazer combate a incêndios e há muito tempo que venho alertando para o problema dos bombeiros voluntários. Sim, é muito bonito, é algo verdadeiramente admirável e notável, mas infelizmente o combate aos incêndios não se faz com boa vontade. Faz-se com meios, conhecimento e preparação e isto só se adquire com um corpo profissional.
    A outra questão, muito bem levantada é a queixa. Todos nós temos de agir como polícias. Todos nós temos o dever de zelar pelo património português e não é apenas no que respeita aos incêndios. Mas neste contexto, há que denunciar quando alguém faz algo ilegal.
    Infelizmente, e como já se pode verificar aqui por alguns comentários, a ignorância do povo português, fará com que ignorem as sugestões e se critique uma pessoa altamente qualificada. Um destes anos morrem mais 45 e pode ser que algum deles seja um familiar das pessoas que agora criticam este estudo.

    • Devias ser bombeira tas com profissão errada, bombeiros têm botas iguais gips (Gnr)
      Farda arde , andam dar corpo para sociedade enquanto tas aí criticar os mais fracos.

  9. O “homem” é americano …
    Mas o autor da notícia . pelo menos do seu título . deve ser MARCIANO.
    Esse ” homem” acusa os BOMBEIROS, ou de facto acusa O SISTEMA e os INTERESSES que têm que servir e que NÃO PRESTA ???
    Caro Senhor, volte cá em Novembro 2018 !

  10. É o velho problema tuga: achar que quando fala um estrangeiro, ele tem toda a razão! Mas por acaso alguém aqui a comentar conhece a realidade de um quartel de bombeiros? Alguém sabe as horas de formação teórica e prática a que um bombeiro VOLUNTÁRIO é obrigado a frequentar por ano? E muitas delas ministradas por estes “especialistas” que agora sabem e previram tudo e mais alguma coisa? Há decadas que os bombeiros dizem o que tem de se fazer para minimizar este problema e ninguém ouve e agora eles é que são os culpados, incompetentes e atrasados? Oxalá que estes comentadores e especialistas nunca precisem de um voluntário porque, vos garanto, vão ficar positivamente admirados!

  11. Talvez em lugar de tanta formação durante o ano os bombeiros ajudassem a limpar os terrenos. Pegar em material sapador como diz o especialista americano…

  12. Muito bem todos tem direito a opinião mas na verdade os incêndios foram mão criminosa e organizada pois então vejamos na minha terra começou a arder primeiro perto do quartel de bombeiros,imediatamente começaram a serpintar incêndios por todo o concelho e assim aniquilaram logo a atuação desta corporação e foi assim por todo o país,vi de perto embora os meus bens estavam protegidos só fui descansar ás três da madrugada quando vi que os meus vizinhos e seus bens estavam todos a salvo o que eu vi não tenho duvidas que foi crime organizado foi planeado e organizado cabe ás autoridades e governo encontrar os criminosos e puni-los,enquanto ás matas, ninguém fala dos animais não morreram só pessoas foi destruída a nossa fauna e flora, em Portugal gostamos muito dos animais mas incrivelmente ninguém fala neles ninguém os defende eles não tem voto não é? sabem ou calculam quantos morreram,pois esperem lá eles são pobres burros não servem para mais nada não é?e já agora com a mata muito limpa onde vamos ter flora e fauna os partidos de esquerda que são tão ecológicos que dizem a isto?desse americano não comento não merece comentário se calhar veio a Portugal para vender algo e ao melhor das hipóteses ainda lhe pagamos estadia de borla,enquanto ás nossas autoridades e bombeiros são tão cultos como vocês,no que é que vocês se acham melhores? se tem inveja deles vão para lá, se alguma coisa está mal é na chefia,porque para chegar a chefe tem de começar de baixo,não basta ser afilhado,e enquanto Portugal ser pequeno é o melhor que tem, porque se é pequeno e não sabe quem tem cá dentro imaginem se fosse grande e ser anexado a Espanha faz-me lembrar uma colega minha de trabalho que contraia dividas mas não contava com os cigarros que fumava e achava que se fosse espanhola o governo pagava-lhe os cigarros e outras coisas,foi trabalhar para Espanha e voltou desanimada afinal aqui era cidadã de primeira mas lá era, ó vai para a tua terra Portuguesita de merda, é isso que tu queres ou és Espanhol.Pois enquanto ás limpezas das matas é outro crime que estão a cometer andam a cortar árvores de qualquer maneira em qualquer sítio vale tudo os madeireiro brincam com as pessoas parece um negocio de outro mundo para não dizer nada,enquanto aos meios, porque não estão nas corporações por todo o país? e nas forças armadas,também por todo o país? não é essa a nossa guerra?não estão interessados em apanhar os bandidos?

    • Tem toda a razão no que refere. Os portugueses são um povo que não governa nem deixa governar. Entretanto os espertos vão-se aproveitando. É um país sem futuro.

  13. A minha frase (tão cultos como vocês)não quero dizer que as autoridades e bombeiros não são cultos,eu quero dizer a estes comentadores que se eles são gente culta e útil as outras pessoas também são cada profissional na sua área.

RESPONDER

Emmy. Atrizes usam palco para apelos pró-transexuais, igualdade salarial e imigração

As atrizes Patricia Arquette, Michelle Williams e Alex Borstein usaram o seu discurso de vitória nos prémios Emmy da Academia de Televisão, que decorreu esta madrugada em Los Angeles, nos Estados Unidos (EUA) para fazerem …

Assunção Cristas ataca falhanços do Governo na saúde

A presidente do CDS-PP atacou, esta segunda-feira, os falhanços do Governo e visitou uma Unidade de Saúde Familiar (USF) em Lisboa para pedir contas à promessa de acabar com os centros de saúde em prédios …

Companhia aérea fez mais de 80 voos sem nenhum passageiro a bordo (e não se sabe porquê)

Um relatório revelou que a companhia aérea Pakistan International Airlines (PIA) fez mais de 80 voos sem ter nenhum passageiro a bordo. Estas operações aconteceram durante dois anos, desde 2016 até 2017, e as perda financeiras …

Rússia adere definitivamente ao acordo de Paris

A Rússia assinou, esta segunda-feira, uma resolução governamental que consagra a adesão definitiva ao Acordo de Paris sobre redução de emissões de gases com efeito de estufa, assinado por 195 países. "O primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, …

"Roubaram-me os sonhos e a infância", acusa Greta Thunberg na Cimeira do Clima

A jovem ativista sueca criticou, esta segunda-feira, os líderes mundiais pela inação face às alterações climáticas e acusou-os de lhe roubarem os sonhos e a infância. "Como é que se atreveram? Vocês roubaram-me os sonhos e …

Jerónimo frisa que passes de transportes mais baratos foram obra da CDU

O secretário-geral comunista vincou o papel do PCP e "Os Verdes" na redução dos preços dos passes dos transportes públicos, numa sessão pública com trabalhadores das empresas do setor, na estação de comboios de Santa …

Morte de menina de oito anos com bala perdida revolta Brasil

A morte de Ágatha Félix, uma menina de oito anos atingida, alegadamente, por uma bala perdida da polícia do Rio de Janeiro, está a provocar indignação no Brasil. Ágatha Felix tinha oito anos e foi baleada …

Nós, Cidadãos! defende mudanças na escolha do PGR para combater corrupção

O presidente do partido Nós, Cidadãos! defende mudanças na escolha do Procurador-Geral da República, afirmando que boa parte dos 42 mil milhões de euros que a corrupção custou aos portugueses se deveu à inoperância desta …

"Estranhos sintomas" que afligiam diplomatas em Cuba podem ter sido causados por pesticidas

A misteriosa origem dos estranhos sintomas (entre eles, zumbidos, tonturas, náuseas, perdas de audição e de memória e outras dificuldades cognitivas) que afligiram diplomatas canadianos e norte-americanos em Cuba entre 2016 e 2018 dever-se-á a …

Testes rápidos ao VIH já podem ser feitos em casa

A partir da próxima semana vai ser possível comprar nas farmácias autotestes ao vírus da SIDA para fazer em casa. Os resultados demoram apenas 15 minutos. As farmácias portuguesas vão começar a vender, a partir da …