Amanda Knox volta a ser condenada por homicídio

Scott335 / Flickr

Amanda Knox à saída da prisão, em Perugia, em 2011

Amanda Knox à saída da prisão, em Perugia, em 2011

A Justiça italiana voltou a condenar, esta quinta-feira, a arguida americana Amanda Knox e o italiano Raffaele Sollecito pelo assassinato da estudante britânica Meredith Kercher, em 2007.

Knox – que está nos EUA – e o ex-namorado italiano declararam-se inocentes do crime.

A jovem foi sentenciada a 28 anos e seis meses de prisão; Sollecito foi condenado a 25 anos.

A britânica Kercher foi esfaqueada até à morte no apartamento que dividia com Knox (hoje com 26 anos) em Perugia, na Itália, há quase sete anos.

Em 2009, a Justiça italiana tinha condenado Amanda Knox, mas a decisão foi revista em 2011, depois de alguns procedimentos do caso e a recolha de provas de DNA terem sido postos em causa. Na ocasião, os dois réus já tinham passado quatro anos na prisão.

(dr) família Kercher

Meredith Kercher

Meredith Kercher

A Procuradoria pediu então um novo julgamento, argumentando que provas de DNA importantes não tinham sido consideradas. Esta quinta-feira, depois de quase 12 horas de deliberação, a Justiça confirmou o veredicto de 2009.

Possível extradição

A sentença foi lida pelo juiz Alessando Nencini, que determinou que o passaporte de Sollecito, de 29 anos, seja revogado. No entanto, o juiz considerou “justificável” o facto de Knox estar fora da Itália.

Segundo a BBC, acredita-se que a Itália deverá enviar aos EUA um pedido de extradição de Knox.

Em comunicado emitido após a decisão judicial, a americana disse estar “assustada e triste” pelo “veredito injusto”, que, segundo ela, se seguiu a uma “investigação preconceituosa e de mente fechada”.

Sollecito, por sua vez, tinha dito ao tribunal em novembro que “não fazia sentido” que ele tivesse cometido “um ato tão atroz” contra Kercher.

O caso

Meredith Kercher, nascida no sul de Londres, tinha 21 anos à época do crime. Foi encontrada com a garganta cortada, no apartamento que compartilhava com Knox.

O principal argumento da acusação era de que Kercher teria morrido após uma espécie de jogo sexual que também envolvia Knox e Sollecito – e que a dada altura terá dado errado. Também foi alegado que a morte teria sido o resultado de uma discussão entre as duas raparigas quanto à limpeza do apartamento onde moravam.

Um terceiro elemento, o marfinense Rudy Guede, também foi condenado pela morte da britânica num julgamento anterior. Guede cumpre uma pena de 16 anos de prisão.

Knox argumenta que Guede (que era traficante de droga) agiu sozinho no homicídio.

Amanda e Sollecito ainda podem recorrer ao Supremo Tribunal italiano, mas analistas dizem que isso poderia levar anos.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

O RRS David Attenborough, navio virgem dos reinos polares, já saiu do estaleiro

O navio RRS Sir David Attenborough saiu finalmente do seu estaleiro. O já lendário navio vai agora ser sujeito a alguns testes antes de ser oficialmente entregue ao serviço, em novembro deste ano. A construção do …

Vulcões ativos produzem 30 a 50% da atmosfera de Io

Novas imagens rádio obtidas pelo ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) mostram, pela primeira vez, o efeito direto da atividade vulcânica na atmosfera da lua de Júpiter, Io. Io é a lua mais vulcanicamente ativa do nosso …

Descobertas pegadas fossilizadas com mais de 10 mil anos. São a trilha pré-histórica de uma mãe com um bebé ao colo

Uma equipa de investigadores internacional descobriu o trilho pré-histórico mais comprido do mundo no Novo México, nos Estados Unidos. O novo estudo conta a historia de uma mulher que carregou um bebé nos braços durante …

Pure Skies. Empresa desenha cabines dos aviões do pós-pandemia

Desde o início da pandemia, os especialistas têm testado diferentes maneiras de alcançar o distanciamento social em aviões, embora com pouco sucesso. Agora, há uma empresa que está a levar esta ideia até ao próximo …

OE2021. Bloco de Esquerda vota contra na generalidade

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, anunciou a coordenadora do partido, Catarina Martins. Em declarações aos jornalistas, a bloquista confirmou este domingo que o …

PS ganha eleições nos Açores sem garantia de maioria absoluta

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica …

Extinção da fauna em Madagáscar pode dever-se à presença humana (e a mudanças climáticas)

Grande parte da fauna de Madagáscar e das ilhas Mascarenhas foi eliminada durante o último milénio. Neste sentido, uma equipa de cientistas analisou um registo do clima nos últimos 8000 anos nas ilhas. O resultado …

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real. Com a abstenção dos três …

O passado tóxico fica para trás. Asbestos, a cidade "amianto", mudou de nome

A cidade canadiana Asbestos (que significa amianto) ganhou um novo nome, quase 11 meses após o anúncio da votação. Wuase metade dos cerca de 6 mil residentes da cidade canadiana marcaram presença numa votação organizada num …

Menino de 12 anos encontra fóssil de dinossauro com 69 milhões de anos

Nathan Hrushkin, aspirante a paleontólogo de 12 anos, encontrou o fóssil de um dinossauro enquanto passeava com o pai em Alberta, no Canadá. Depois de enviarem uma fotografia ao Museu Royal Tyrrell, ficaram a saber …