Amanda Knox volta a ser condenada por homicídio

Scott335 / Flickr

Amanda Knox à saída da prisão, em Perugia, em 2011

Amanda Knox à saída da prisão, em Perugia, em 2011

A Justiça italiana voltou a condenar, esta quinta-feira, a arguida americana Amanda Knox e o italiano Raffaele Sollecito pelo assassinato da estudante britânica Meredith Kercher, em 2007.

Knox – que está nos EUA – e o ex-namorado italiano declararam-se inocentes do crime.

A jovem foi sentenciada a 28 anos e seis meses de prisão; Sollecito foi condenado a 25 anos.

A britânica Kercher foi esfaqueada até à morte no apartamento que dividia com Knox (hoje com 26 anos) em Perugia, na Itália, há quase sete anos.

Em 2009, a Justiça italiana tinha condenado Amanda Knox, mas a decisão foi revista em 2011, depois de alguns procedimentos do caso e a recolha de provas de DNA terem sido postos em causa. Na ocasião, os dois réus já tinham passado quatro anos na prisão.

(dr) família Kercher

Meredith Kercher

Meredith Kercher

A Procuradoria pediu então um novo julgamento, argumentando que provas de DNA importantes não tinham sido consideradas. Esta quinta-feira, depois de quase 12 horas de deliberação, a Justiça confirmou o veredicto de 2009.

Possível extradição

A sentença foi lida pelo juiz Alessando Nencini, que determinou que o passaporte de Sollecito, de 29 anos, seja revogado. No entanto, o juiz considerou “justificável” o facto de Knox estar fora da Itália.

Segundo a BBC, acredita-se que a Itália deverá enviar aos EUA um pedido de extradição de Knox.

Em comunicado emitido após a decisão judicial, a americana disse estar “assustada e triste” pelo “veredito injusto”, que, segundo ela, se seguiu a uma “investigação preconceituosa e de mente fechada”.

Sollecito, por sua vez, tinha dito ao tribunal em novembro que “não fazia sentido” que ele tivesse cometido “um ato tão atroz” contra Kercher.

O caso

Meredith Kercher, nascida no sul de Londres, tinha 21 anos à época do crime. Foi encontrada com a garganta cortada, no apartamento que compartilhava com Knox.

O principal argumento da acusação era de que Kercher teria morrido após uma espécie de jogo sexual que também envolvia Knox e Sollecito – e que a dada altura terá dado errado. Também foi alegado que a morte teria sido o resultado de uma discussão entre as duas raparigas quanto à limpeza do apartamento onde moravam.

Um terceiro elemento, o marfinense Rudy Guede, também foi condenado pela morte da britânica num julgamento anterior. Guede cumpre uma pena de 16 anos de prisão.

Knox argumenta que Guede (que era traficante de droga) agiu sozinho no homicídio.

Amanda e Sollecito ainda podem recorrer ao Supremo Tribunal italiano, mas analistas dizem que isso poderia levar anos.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Nona Sinfonia de Beethoven revela novos detalhes sobre o cérebro humano

A Nona Sinfonia de Ludwig van Beethoven, 250 anos após a sua criação, ajudou a demonstrar a existência de células conceituais no cérebro. Quase 200 anos depois da morte de Beethoven, a maior obra do músico …

Governo vai suspender devolução dos manuais escolares

O ministro da Educação informou hoje que o Governo vai suspender a devolução de manuais escolares, em curso desde 26 de junho, cumprindo a decisão do parlamento, que aprovou uma proposta nesse sentido. O plenário da …

Cuba prestes a abrir portas ao turismo (exceto aos cubano-americanos)

Depois de fechar as suas fronteiras para os turistas no final de março por causa da pandemia da covid-19, Cuba prepara-se agora para reabrir várias das suas baías ao turismo - mas há algumas exceções. …

Cidade do México enterrou os rios para prevenir doenças, mas a covid-19 resiste e prospera

Na tentativa de evitar a disseminação de doenças como a malária e a cólera, a Cidade do México enterrou os seus rios. Agora, como consequência, criou inadvertidamente as condições necessárias para a covid-19 prosperar. A Cidade …

Descoberto sistema de túneis da I Guerra onde estarão enterrados dezenas de soldados

A Agência do Património da Bélgica anunciou esta semana a descoberta de um sistema de túneis alemão da I Guerra Mundial, onde estarão, muito provavelmente, dezenas de soldados enterrados. Em comunicado, citado pela Russia Today, …

Cinco funcionários da Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia

Cinco funcionários da produtora automóvel Tesla dizem ter sido despedidos por terem ficado em casa durante a pandemia, avança o The Washington Post. De acordo com o jornal norte-americano, foram cinco os colaboradores dispensados da …

"Qual o lugar mais seguro?". Costa compara infetados no Reino Unido e Algarve

O primeiro-ministro apresentou hoje uma tabela que mostra o Reino Unido muito acima do Algarve em número de infetados com covid-19 por cem mil habitantes e pergunta qual o lugar mais seguro para umas férias …

Azul anuncia venda de 6% da TAP ao Estado por 10 milhões de euros

A companhia aérea brasileira Azul, de David Neeleman, anunciou hoje a venda de 6% da TAP, no âmbito do acordo anunciado esta quinta-feira entre o Estado e os acionistas privados, que “garante a continuação” da …

NASA cria dispositivo que o avisa para não tocar no rosto (e pode ser reproduzido em casa)

A pensar na pandemia, a NASA desenvolveu o PULSE, um colar vibratório que nos alerta se formos tocar no rosto com as nossas mãos. A pandemia de covid-19 alastrou pelo mundo e, enquanto não chega um …

Há mais 11 mortes e 374 novos casos de infecção (300 são na Grande Lisboa)

Portugal regista hoje mais 11 mortos devido à doença covid-19 do que na quinta-feira e mais 374 infectados, dos quais 300 na Região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo o boletim da Direcção-Geral da …