Agência Mundial Antidopagem retira suspensão à Rússia

Lim CK / Flickr

Evgeniya Polyakova, Aleksandra Fedoriva, Yulia Gushchina e Yuliya Chermoshanskaya nos Jogos Olímpicos de Pequim

A Agência Mundial Antidopagem (AMA) decidiu levantar a suspensão à Agência Russa Antidopagem (RUSADA), que tinha sido punida pela participação num esquema de doping institucional, praticado entre 2011 e 2015.

“Hoje, uma grande maioria do Comité Executivo do AMA decidiu reabilitar a RUSADA, em conformidade com o código e com algumas condições estritas”, revelou o presidente da AMA, Craig Reedie, citado na conta do Twitter do organismo.

Entretanto, a Rússia já reagiu ao levantamento da suspensão, com a vice-primeira-ministra responsável pelo Desporto, Olga Golodets, a saudar a decisão, assegurando ser o resultado de “um enorme trabalho”.

Saudamos a decisão da AMA. A Rússia confirma a sua obediência aos princípios de um desporto limpo. Foi feito um grande trabalho nos últimos anos na Rússia no sentido de criar condições transparentes e claras”, acrescentou a governante.

O antigo diretor do laboratório de Moscovo Grigory Rodchenkov, um dos principais denunciantes do esquema de dopagem institucionalizado na Rússia, com conhecimento e apoio estatal, já qualificou a decisão da AMA de “a maior traição jamais feita contra a história olímpica e os atletas honestos”.

Em julho de 2016, um relatório independente divulgado pela Agência Mundial Antidopagem (AMA) concluiu que o Governo russo dirigiu um programa de dopagem no desporto com apoio estatal, com participação ativa do ministro dos Desportos, Vitaly Mutko, e dos serviços secretos.

Em dezembro desse ano, o relatório final do investigador canadiano, Richard McLaren, concluiu que este esquema, entre 2011 e 2015, abrangeu, entre outros eventos, os Jogos Olímpicos de Londres  (2012) e os Jogos Olímpicos de Inverno de Socchi (2014) e mais de mil atletas russos de 30 modalidades.

Rodchenkov foi o protagonista do documentário “Ícaro”, realizado por Bryan Fogel e que venceu o Óscar de Melhor Documentário de Longa-Metragem este ano.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …