Aluno de 11 anos terá sido violado por colega no interior da escola

-

As autoridades estão a investigar o alegado abuso sexual de um aluno de 11 anos no interior de uma escola de Montemor-o-Novo, em Évora, em que o suspeito é outro estudante de 12 anos.

O dado foi confirmado à Lusa por uma fonte da GNR que refere que a alegada violação ocorreu, na passada sexta-feira à tarde, na Escola Básica 2,3 São João de Deus, em Montemor-o-Novo, sendo que os militares do programa “Escola Segura” foram alertados pela direcção do estabelecimento de ensino.

A agressão terá ocorrido no interior da escola, tendo a vítima, um aluno de 11 anos, sido transportada para o Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) para fazer exames.

Além do alegado abuso sexual, a vítima terá ainda sido agredida e terá sido “encontrada muito debilitada por pessoal do estabelecimento de ensino”, conforme avança o Jornal de Notícias.

A GNR deslocou-se ao estabelecimento escolar e contactou a Polícia Judiciária (PJ) por se tratar de um tipo de crime que está sob a alçada daquela autoridade.

Inimputável criminalmente por ser menor de 16 anos, o alegado agressor não foi detido e o caso terá sido remetido para o Tribunal de Família e Menores. O jovem pode agora, vir a ser alvo de um processo tutelar educativo, caso se confirmem as agressões.

Entretanto, uma fonte policial revelou ao Correio da Manhã “existirem sinais de agressões anteriores”.

A agência Lusa questionou o Ministério da Educação, tendo uma fonte oficial confirmado que o caso foi comunicado pela escola à GNR. A mesma fonte indicou que a tutela está a acompanhar a situação.

Em 2011, a mesma escola já tinha sido notícia após uma tentativa de suicídio de um aluno de 14 anos, no seguimento de uma troca de agressões no recinto do estabelecimento de ensino.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. O agressor obviamente também precisa de ajuda urgente, “coitadinho”… com a escolaridade avançada que já demonstra, lá por casa dele devem encontrar alguém imputável para alguma coisa.

  2. Ouvi dizer que um deles é de uma etnia diferente pelo que não será divulgada a entidade, seja o que for isto é muito grave ainda por cima entre crianças, o que é ainda mais surpreendente, acontecer isto numa escola é grave é sinal que a escola não deve ter pessoal suficiente ou tem pessoal mas incompetente. Actualmente as escolas estão numa situação deplorável muito debilitadas a nivel de segurança, tudo se passa ninguém vê, ninguém quer saber, ninguém faz nada dão desculpas atrás de desculpas e depois é isto que vamos vendo agressões diárias cada uma pior que a outra

RESPONDER

Colaborador de Macron investigado por agredir manifestante

A justiça francesa anunciou a abertura de uma investigação preliminar após a transmissão de imagens de um colaborador do Presidente Emmanuel Macron a agredir um manifestante no 1º de maio. A investigação também tem como alvo …

Mbappé vai doar todo o dinheiro que ganhou no Mundial

O jogador francês Kylian Mbappé prometeu oferecer os ganhos financeiros obtidos no Mundial 2018. E vai mesmo cumprir com a sua promessa. Kylian Mbappé prometeu e vai cumprir. O jogador da seleção francesa vai oferecer a totalidade …

MP abre inquérito sobre alegadas irregularidades na reconstrução de casas de Pedrógão

O Ministério Público abriu um inquérito para investigar alegadas irregularidades na reconstrução de casas afetadas pelos incêndios de Pedrógão Grande, em junho de 2017, disse à agência Lusa fonte da Procuradoria-Geral da República (PGR). "Confirma-se a …

Bruxelas quer passageiros portugueses a pagar taxa aeroportuária em Lisboa

A Comissão Europeia considera que ao cobrar esta taxa apenas a não residentes, Portugal está a discriminar em função da nacionalidade. A Comissão Europeia enviou, esta sexta-feira, um parecer fundamentando a Portugal reclamando que a taxa …

Justiça espanhola recusa extradição de Puigdemont apenas por peculato

O Tribunal Supremo espanhol decidiu cancelar o mandado europeu de detenção do ex-presidente do Governo catalão, recusando-se a julgar o independentista em fuga apenas pelo alegado delito de peculato e não pelo de rebelião. O juiz …

Militante envolvido na falsificação de fichas do PS nomeado para administrador de saúde

Um dos novos administradores que o Governo nomeou para o Centro de Medicina de Reabilitação da Região Centro, António João Paredes, é um militante que esteve envolvido no processo de fichas falsas do PS de …

Francisco J. Marques constituído arguido no caso dos e-mails

Francisco J. Marques foi interrogado pela PJ a em março deste ano, na qualidade de arguido, no âmbito do chamado caso dos e-mails, relacionado com a divulgação, no Porto Canal, de correio eletrónico do Benfica. O …

Facebook vai banir notícias falsas e violência (mas não a negação do Holocausto)

O Facebook vai remover informações falsas publicadas na rede social que possam contribuir para atos de violência iminente, anunciou a empresa, que já testou a medida no Sri Lanka, recentemente abalado pelos conflitos inter-religiosos. “Estamos a …

João Benedito formaliza candidatura à presidência do Sporting

O antigo guarda-redes e ex-capitão da equipa de futsal do Sporting apresentou, esta quinta-feira, a sua candidatura às eleições do Sporting. João Benedito, o mais recente candidato à presidência do Sporting, apareceu juntamente com a sua …

China lança centro de investigação para clonar primatas

A China lançou um centro de investigação para clonar primatas, na cidade de Xangai, que permitirá avançar no diagnóstico e tratamento de doenças celebrais, informou esta quinta-feira a imprensa local. O centro, que faz parte de …