/

Altar da Grécia Antiga, feito para apaziguar os deuses dos mortos, encontrado na Turquia

Mustafa Koçak / Antalya Bilim University

Uma equipa de arqueólogos descobriu, na antiga cidade grega de Patara, um altar de 2.000 anos gravado com um relevo decorativo de uma cobra em espiral. 

A equipa descobriu o altar, decorado com uma cobra em espiral, em Patara, no Sul da Turquia, durante escavações perto das muralhas e banhos romanos da cidade. Os arqueólogos defendem que esta descoberta pode revelar mais detalhes sobre antigas práticas religiosas gregas.

Patara já foi capital e porto da Liga Lícia, uma aliança de cidades-estados gregas, antes de fazer parte do Império Romano. Devido à sua grande convergência cultural, a cidade ficou conhecida como o “berço das civilizações”. Além disso, foi governada por vários imperadores, incluindo Alexandre, o Grande, em 333 a.C..

O altar cilíndrico, esculpido em mármore, contém uma cobra em espiral e letras gravadas no corpo. O artefacto data da época do domínio romano e pode estar relacionado com a adoração de deuses subterrâneos associados à agricultura.

Os especialistas acreditam que o altar era também usado para rituais funerários para “apaziguar” os deuses dos mortos, uma vez que se acreditava que os deuses subterrâneos também governavam os defuntos.

“As pessoas traziam líquidos ou alimentos, como pão e carne, e colocavam no altar. Este é um artefacto da cultura funerária dos povos antigos. Foram encontradas estruturas semelhantes em algumas cidades no sudoeste da província de Mugla, mas nunca encontramos tal exemplo em Patara”, explicou Mustafa Koçak, do Departamento de Arqueologia da Universidade Antalya Bilim, citado pelo All That’s Interesting.

Os arqueólogos retiraram o altar do local para evitar danos. A equipa quer realizar mais análises e investigações para averiguar o significado das inscrições no corpo da cobra.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.